Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/10107
Compartilhar:
Type: Dissertação
Issue Date: 22-Sep-2012
Authors: MÉLO, Flávia Maria Lessa
First Advisor: QUARESMA, Juarez Antônio Simões
Title: Aspectos hematológicos e clínicos de crianças leucêmicas no período de indução da quimioterapia
Citation: MÉLO, Flávia Maria Lessa. Aspectos hematológicos e clínicos de crianças leucêmicas no período de indução da quimioterapia. 2012. 97 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Pará, Instituto de Ciências Biológicas, Belém, 2012. Programa de Pós-Graduação em Saúde, Sociedade e Endemias na Amazônia. Disponível em: <http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/10107>. Acesso em:.
Resumo: A leucemia é responsável por aproximadamente 30% dos casos de doenças malignas pediátricas, envolvendo o sistema hematopoiético, acometendo preferencialmente os leucócitos, caracterizando-se pela substituição de células sanguíneas normais por células jovens anormais na medula óssea. Na infância é a causa mais comum de óbitos oncológicos, sendo os principais tipos: linfóide aguda (LLA) e mielóide aguda (LMA) ou crônica (LMC). A quimioterapia é o tratamento específico mais utilizado para alcançar a cura ou prolongar a vida desses pacientes, sendo necessária muitas vezes a internação hospitalar, uma vez que estes pacientes apresentam alterações significativas no hemograma, tornando-os imunocomprometidos. Isto aumenta o risco de infecções potencialmente graves além de outras complicações, que muitas vezes prolongam o tempo de internação hospitalar e elevam as taxas de morbi-mortalidade. Com o intuito de ampliar os conhecimentos sobre o hemograma e as características clínicas dos pacientes pediátricos leucêmicos no período de indução da quimioterapia internados em um hospital de referência em oncologia na região norte do Brasil de 2005 a 2010 com idade de 0 a 12 anos. Para tanto foi realizado um estudo retrospectivo com coleta de dados secundários de prontuários arquivados na divisão de arquivo médico e estatístico do hospital envolvido no estudo. Na analise estatística dos resultados obteve-se média, desvio padrão e mediana das variáveis contínuas e frequência das variáveis categóricas, sendo a significância estatística verificada por meio da obtenção de Intervalos de Confiança a 95% e pelos testes de ANOVA 1 critério e Wilcoxon considerado α=5%. Tais análises foram executadas no software Epi-Info 3.5.1. Dos 556 prontuários, 141 encontravam-se completos, sendo observada maior prevalência de acometimentos no sexo masculino, faixa etária de 1 a 4 anos, procedentes do interior do estado do Pará, com classificação clínica para LLA, com protocolo brasileiro GBTLI selecionado na maioria dos casos, fazendo uso de antibioticoterapia empírica, principalmente de ceftazidima, amicacina e ceftriaxona, além de registro de uso de bolsa de sangue no decorrer da internação, com desfecho de internação do tipo alta hospitalar. O estudo revelou ainda alteração dos dados encontrados em todas as variáveis analisadas no hemograma para série branca e vermelha, tanto no primeiro como no décimo quinto dia de internação, períodos estes escolhidos para a coleta dos dados hematológicos, sendo constatada utilização de bolsas de sangue em praticamente todos os pacientes internados (92,20%) com predomínio de concentrado de plaquetas (CP5), hemácias pobre em leucócitos (CHPL) e hemácias. Diante do exposto, recomenda-se a elaboração de ações estratégicas e políticas públicas regionalizadas que contemplem não somente o nível terciário especializado em oncologia pediátrica, mas todos os níveis de atenção à saúde da criança, visando reduzir o impacto causado por esta doença na população infantil da região norte do país.
Abstract: The leukemia happens in approximately 30% of cases of pediatric malignant diseases involving the hematopoietic system, affects preferentially the white blood cells, characterized by replacement of normal blood cells to young abnormal cells in the bone marrow. Te leukemia is the most common cause of cancer deaths in childhood, and the main types are: acute lymphoblastic leukemia (ALL) and acute myeloid leukemia (AML) or chronic (CML). Chemotherapy is a specific treatment and the most used for healing or prolong life of these patients, often requiring hospitalization, since these patients show significant changes in blood counts, making them immunocompromised. This increases the risk of potentially serious infections and other complications that often prolong hospital stay and increase the rates of morbidity and mortality. In order to broaden the knowledge about the hematology and clinical characteristics of pediatric leukemia patients during chemotherapy induction in an oncology hospital reference in the northern region of Brazil from 2005 to 2010 aged 0-12 years. Therefore was made a retrospective study with secondary data collection from records filed on the division of medical records and statistics of the hospital involved in the study. In the statistical analysis of the results we obtained mean, standard deviation and median of continuous variables and frequency of categorical variables, and statistical significance assessed by means of obtaining confidence intervals at 95% and by an ANOVA test and Wilcoxon considered α = 5%. These analyzes were performed in Epi-Info software 3.5.1. Of the 556 medical records, 141 were complete, and observed higher prevalence in masculine gender, age group between 1-4 years, coming from the state of Pará, with clinical classification for ALL, with Brazilian protocol GBTLI selected in most cases, making use of empirical antibiotic therapy, especially ceftazidime, amikacin and ceftriaxone, and records of use of blood bag during hospitalization, and the outcome of the type of hospital discharge. The study also revealed alteration of the data found in all variables in the blood count to the white and red, both the first and the fifteenth day of hospitalization these periods chosen for data collection hematological, and found use in blood bags virtually all hospitalized patients (92.20%) with predominance of platelet concentrate (CP5), leukocyte-poor red blood cells (CHPL) and red blood cells. Given the above, it is recommended the development of strategic actions and local policies that address not only the tertiary specialist in pediatric oncology, but all levels of health care for the child, to reduce the impact of this disease in the pediatric population the northern region.
Keywords: Oncologia
Leucemia
Contagem de células sanguíneas
Quimioterapia
Criança
Concentration Area: CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE
CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::MEDICINA::CLINICA MEDICA::HEMATOLOGIA
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
Institution Acronym: UFPA
Department: Instituto de Ciências Biológicas
Program: Programa de Pós-Graduação em Saúde, Sociedade e Endemias na Amazônia
Source: 1 CD-ROM
Appears in Collections:Dissertações em Saúde, Sociedade e Endemias na Amazônia (Mestrado) - PPGSSEA/ICB

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_AspectosHematologicosClinicos.pdf1,76 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons