Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br:8080/jspui/handle/2011/10545
metadata.dc.type: Dissertação
Issue Date: 2017
metadata.dc.creator: FEITOSA, Keith Brabo Tavares
metadata.dc.contributor.advisor1: ANDRADE, Marcieni Ataíde de
metadata.dc.contributor.advisor-co1: MARTINS, Valéria de Carvalho
Title: Avaliação da adesão ao tratamento com alfadornase em pacientes com fibrose cística
Citation: FEITOSA, Keith Brabo Tavares. Avaliação da adesão ao tratamento com alfadornase em pacientes com fibrose cística. Orientadora: Marcieni Ataíde de Andrade. 2017. 72 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Farmacêuticas) - Instituto de Ciências da Saúde, Universidade Federal do Pará, Belém, 2017. Disponível em: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/10545. Acesso em:.
metadata.dc.description.resumo: A Fibrose Cística (FC) é uma doença hereditária, que se manifesta clinicamente por sintomas digestivos e respiratórios. O diagnóstico precoce oferece a possibilidade de um melhor controle terapêutico do paciente favorecendo o prognóstico e contribuindo para uma melhor qualidade de vida. O objetivo do estudo foi demonstrar o comportamento dos pacientes frente à doença e avaliar a adesão ao tratamento com a enzima alfadornase. Foi feito um estudo prospectivo, transversal e observacional por meio de dados epidemiológicos coletados através de entrevistas com pacientes e/ou responsáveis e por análise de prontuários. Para a avaliação da adesão ao tratamento e conhecimento da doença foram aplicados os testes Morisky- Green e Batalla Martinez. Para avaliar o perfil clínico foi utilizado o escore de Shwachman-Kulczyki. Foram recrutados 51 pacientes com fibrose cística atendidos no ambulatório do Hospital Universitário João de Barros Barreto em uso de alfadornase. Participaram do estudo 47 pacientes no período de julho de 2015 a junho de 2016. A maioria dos pacientes (53,2%) tinha idade inferior a 18 anos, 56,6% eram do sexo masculino e 40,4% provenientes do interior. Pacientes em tratamento com alfadornase por mais de 5 anos, apresentaram maior adesão do que os demais com menor período de tratamento e o sexo masculino esteve associado a maior adesão, assim como a maior escolaridade e renda familiar. Após a aplicação do teste de Batalla Martinez, apenas 40,42% demonstraram conhecimento sobre a doença. Deste modo foram observados como fatores associados à baixa adesão: uso de mais de cinco medicamentos, baixa escolaridade e sexo. Por outro lado, os resultados mostram que a adesão à medicação esteve associada ao melhor escore clínico.
Abstract: Cystic Fibrosis is an inherited disease, clinically manifested by digestive and respiratory symptoms. The early diagnosis offers the possibility of a better therapeutic control of the disease’s symptoms in favor of the prognosis and contributing to increasing quality of life. The aim of this study was to demonstrate the patient's behavior towards the disease and to evaluate the adherence to the treatment with the alfadornase enzyme. A cross-sectional study was carried out using epidemiological data collected through direct interviews with patients and/or their caregivers and by medical records analysis. Morisky-Green and Batalla Martinez tests were employed in order to evaluate the patient’s adhesion and knowledge of the disease, respectively. In addition, the clinical profile was assayed by Shwachman-Kulczyki score. Fifty-one (51) patients with cystic fibrosis in treatment with alfadornase were recruited at the outpatient clinic of the Hospital Universitário João de Barros Barreto. At final, forty-seven (47) patients participated in the study. Most of the patients (53.2%) were under 18 years of age, male (56.6%) and were from countryside (40.4%). Patients with long term use of alfadornase (> 5 years) show possess greater adherence than the others with a shorter treatment period. The male sex was associated with higher adherence, as well as greater education level and family income. The Batalla Martinez test demonstrates that only 40.42% of patients had some knowledgement about their disease. Thus, the factors associated with low adherence were: use of more than five medications, low education and gender. On the other way, these results shows that adherence to the medication was associated with the best clinical score.
Keywords: Fibrose cística
Expectorantes
Adesão à medicação
metadata.dc.subject.areadeconcentracao: FÁRMACOS E MEDICAMENTOS
metadata.dc.subject.linhadepesquisa: AVALIAÇÃO BIOLÓGICA DE PRINCÍPIOS ATIVOS, NATURAIS E SINTÉTICOS
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::FARMACIA::ANALISE E CONTROLE E MEDICAMENTOS
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
metadata.dc.publisher.initials: UFPA
metadata.dc.publisher.department: Instituto de Ciências da Saúde
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Ciências Farmacêuticas
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
metadata.dc.source: 1 CD-ROM
Appears in Collections:Dissertações em Ciências Farmacêuticas (Mestrado) - PPGCF/ICS

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_AvaliacaoAdesaoTratamento.pdf1,3 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons