Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br:8080/jspui/handle/2011/10563
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creatorVILHENA, Allana Cristine Nascimento-
dc.date.accessioned2019-02-05T16:16:22Z-
dc.date.available2019-02-05T16:16:22Z-
dc.date.issued2015-08-17-
dc.identifier.citationVILHENA, Allana Cristine Nascimento. Práticas parentais maternas no Brasil e na Alemanha. 2015. 40 f. Orientador: Fernando Augusto Ramos Pontes. Dissertação (Mestrado em Teoria e Pesquisa do Comportamento) - Núcleo de Teoria e Pesquisa do Comportamento, Universidade Federal do Pará, Belém, 2015. Disponível em: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/10563. Acesso em:.pt_BR
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/10563-
dc.description.abstractSpecific parental standard, effective in a culture and identified as beneficial to other cultures, can be used to enable the learning of this pattern in other cultures and promote improvements in the life quality and children development (Keller, Voelker, Yovsi, Lohaus & Jensen, 2005). The aim of this study was to describe parenting practices of Brazilian and German mothers. The partnership between researchers from the Federal University of Pará - UFPA, in Brazil and the University of Osnabrück in Germany made possible collect the data for this study from Brazilian and German cities: Castanhal and Sao Paulo with Brazilian participants; Münster, with German participants; and many locations in Germany, consisting of Brazilian participants living in several German cities. The dimensions used were Responsibility Transference, Collaboration Sense, Care with other, Dominance, Compliment, Social Recognition, Empathy and the dimensions Love Taking out and Punishment. It was observed that the most significant differences were compared Brazilian in Germany (several places in Germany) with the other groups of participants. While the other samples (Castanhal, São Paulo and Münster) also have performed in concordant groups, they were not so consensual way Brazilian participants in Germany, as they had moderately high to high scores in five of the six dimensions analyzed.pt_BR
dc.description.sponsorshipCAPES - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superiorpt_BR
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Parápt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.source1 CD-ROMpt_BR
dc.subjectMãe e filhospt_BR
dc.subjectMães - Alemanhapt_BR
dc.subjectMães - Brasilpt_BR
dc.subjectCrianças - Desenvolvimentopt_BR
dc.subjectpráticas parentaispt_BR
dc.subjectParentalidadept_BR
dc.subjectMaternapt_BR
dc.subjectTransculturalpt_BR
dc.titlePráticas parentais maternas no Brasil e na Alemanhapt_BR
dc.title.alternativeMaternal parental practices in Brazil and Germanypt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentNúcleo de Teoria e Pesquisa do Comportamentopt_BR
dc.publisher.initialsUFPApt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIApt_BR
dc.contributor.advisor1PONTES, Fernando Augusto Ramos-
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/1225408485576678pt_BR
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/7718324775422265pt_BR
dc.description.resumoInformações de um determinado padrão parental, eficaz em uma cultura e identificado como benéfico em outras, podem ser empregadas para possibilitar a aprendizagem deste padrão nas outras culturas e promover melhorias na qualidade de vida e desenvolvimento das crianças (Keller, Voelker, Yovsi, Lohaus & Jensen, 2005). Assim, o objetivo deste estudo foi descrever práticas parentais de mães brasileiras e alemãs. A parceria entre pesquisadores da Universidade Federal do Pará - UFPA, no Brasil e da Universidade de Osnabrück, na Alemanha possibilitou que os dados desta pesquisa fossem coletados com participantes residentes em cidades brasileiras e alemãs. Sendo estas: Castanhal e São Paulo, com participantes brasileiras; Münster, com participantes alemãs e; várias localidades na Alemanha, constituído de participantes brasileiras residentes em várias cidades da Alemanha. Foram utilizadas as dimensões transferências de responsabilidade, Senso de Colaboração, Cuidado com o outro, Dominância, Elogio, Reconhecimento Social, Empatia e as dimensões Retirada do Amor e Punição. Observou-se que as diferenças mais significativas foram na comparação das brasileiras na Alemanha (várias localidades na Alemanha) com os outros grupos de participantes. Embora as outras amostras (Castanhal, São Paulo e Münster) também tenham se apresentado em grupos de concordantes, não o foram de modo tão consensual como as participantes brasileiras na Alemanha, já que estas apresentaram escores moderadamente altos a altos nestas cinco das seis dimensões analisadas.pt_BR
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Teoria e Pesquisa do Comportamentopt_BR
dc.subject.linhadepesquisaECOLOGIA DO DESENVOLVIMENTO HUMANOpt_BR
dc.subject.areadeconcentracaoECOETOLOGIApt_BR
Appears in Collections:Dissertações em Teoria e Pesquisa do Comportamento (Mestrado) - PPGTPC/NTPC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_PraticasParentaisMaternas.pdf900,97 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons