Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/10634
metadata.dc.type: Tese
Issue Date: 7-Aug-2017
metadata.dc.creator: GUERREIRO, Quêzia Leandro de Moura
metadata.dc.contributor.advisor1: RUIVO, Maria de Lourdes Pinheiro
Title: Castanhal nativo da Floresta Nacional do Tapajós: atributos edáficos, produção de serapilheira e perfil socioeconômico dos extrativistas
Citation: GUERREIRO, Quêzia Leandro de Moura. Castanhal nativo da Floresta Nacional do Tapajós: atributos edáficos, produção de serapilheira e perfil socioeconômico dos extrativistas. Orientadora: Maria de Lourdes Pinheiro Ruivo. 2017. 116 f. Tese (Doutorado em Ciências Ambientais) – Instituto de Geociências, Universidade Federal do Pará, Museu Paraense Emílio Goeldi, Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, Belém, 2017. Disponível em: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/10634. Acesso em:.
metadata.dc.description.resumo: A semente castanha-do-brasil possui alto valor alimentar e é considerada um dos principais produtos extrativistas da pauta de exportação da região norte do Brasil. O estudo dos aspectos ecológicos e biológicos da castanheira-do-brasil (Bertholletia excelsa) tem sido objetivo de muitos trabalhos, porém é incipiente a quantidade de pesquisas que abordam as variáveis sociais e ambientais dessa relacionadas a espécie. Neste contexto, a presente tese buscou avaliar os atributos edáficos que mais influenciam no desenvolvimento vegetal e a produção de serapilheira em área de castanhal nativo da Floresta Nacional do Tapajós (FLONA do Tapajós) além de estudar os fatores socioeconômicos e as práticas de manejo, coleta e a produção dos extrativistas de castanha-do-brasil que residem próximo dessa área. A apresentação dos resultados obtidos foi exposta em três capítulos: o primeiro capítulo compreende uma análise geoestatística dos fatores físico-químicos do solo; o segundo apresenta uma estimativa da produção de serapilheira em relação à média mensal da temperatura máxima e os totais mensais de precipitação e insolação e o terceiro demonstra uma análise dos aspectos econômicos, sociais e das práticas de manejo dos coletores de castanha-do-brasil que atuam na FLONA do Tapajós. As amostragens de campo foram realizadas em uma parcela permanente de 300 m x 300 m do projeto MapCast, instalada no km 84 da FLONA do Tapajós. As coletas de amostras de solo para as análises físico-químicas seguiram as recomendações descritas no “Manual de laboratório: solo, água, nutrição vegetal, nutrição animal e alimentos” da Embrapa, bem como os procedimentos para as determinações analíticas. Para a coleta da serapilheira foram utilizados 12 recipientes em formato circular e o material depositado era recolhido a cada 30 dias e separado em classes (Folhas, Flores e frutos, Madeira, Miscelânia). Os dados socioeconômicos, de produção e a forma de extração das castanhas-do-brasil foram obtidos por meio de entrevista estruturada realizada com 24 extrativistas da região. Por meio da Krigagem Simples pode-se estimar a concentração dos nutrientes estudados para toda a área da grade amostral. O adensamento de castanheiras-do-brasil foi identificado nas áreas com maiores valores de silte e argila e menores valores para as variáveis macroporosidade, pH, fósforo, zinco e cobre. A produção de folhas variou entre 169,9 a 965,6 kg ha-1 mês-1, a de madeira entre 26,7 e 501,3 kg ha-1 mês-1 e a de flores e frutos entre 0,6 e 19,6 kg ha-1 mês-1. As classes madeira e flores e frutos não apresentaram variação significativa (p>0,05) e nem correlação significativa com nenhuma variável meteorológica. As três variáveis ambientais analisadas explicam 40,7% da variabilidade temporal da produção de serapilheira. Ao todo foram contabilizados 39 extrativistas de castanha-do-brasil. A maioria desses possui baixo nível de escolaridade e é contemplada pelo Programa Bolsa Família. A produção variou significativamente entre as safras 2013/2014, 2014/2015 e 2015/2016 e as práticas de extração são tradicionais. A Análise Geoestatística permitiu o conhecimento da atual distribuição espacial dos atributos físico-químicos do solo na área estudada, a qual servirá como base de comparação para futuras avaliações no mesmo local e também para ajudar a compreender aspectos ambientais em áreas com aglomerações de castanheira-do-brasil. As variáveis ambientais temperatura e insolação influenciam na produção de folhas e na produção total de serapilheira em área de castanhal nativo. As práticas de manejo dos castanhais e de coleta e beneficiamento das sementes aplicadas pelos extrativistas das comunidades estudadas não apresentam nenhuma inovação em relação às práticas tradicionais e rudimentares já informadas na literatura. A variação entre as safras foi influenciada pela a redução de chuvas (ocasionadas por um evento de El Niño instalado em 2015) e pelas frequentes queimadas, conforme a percepção dos entrevistados.
Abstract: The seed Brazil nuts has high food value and is considered one of the main extractive products of the export zone of the northern region of Brazil. The study of the ecological and biological aspects of Brazil nuts (Bertholletia excelsa) has been the objective of many studies, but the amount of research that approach the social and environmental variables related to the species is incipient. In this context, the present thesis sought to evaluate the edaphic attributes that most influence in plant development and litter production in the native castanhal area of the Tapajós National Forest (Tapajós FLONA), in addition to studying the socioeconomic factors and management practices, collection and the production of extractivists of Brazil nuts that reside in this area. The presentation of the obtained results was exposed in three chapters: the first chapter includes a geostatistical analysis of the physical-chemical factors of the soil; the second presents an estimate of the litter production in relation to the monthly average of the maximum temperature and the monthly totals of precipitation and insolation; and the third shows an analysis of the economic, social and management aspects of the Brazil nuts collectors that work in the Tapajós FLONA. The field samples were performed in a permanent 300 m x 300 m portion of the MapCast project, installed at km 84 of the Tapajós FLONA. The soil sample collections for the physico-chemical analyzes followed the recommendations described in the "Manual of laboratory: soil, water, plant nutrition, animal nutrition and food" of Embrapa, as well as the procedures for analytical determinations. For the litter collection, 12 containers were used in circular format and the deposited material was collected every 30 days and separated into classes (leaves, flowers and fruits, woody, miscellaneous). Socioeconomic, production and the form of extraction data of Brazil nuts were obtained through a structured interview conducted with 24 extractivists from the region. By Simple Kriging it was possible to estimate the concentration of nutrients studied for the entire area of the sample grid. The densification of Brazil nut trees was identified in areas with higher silt and clay values and lower values for macroporosity, pH, phosphorus, zinc and copper. Leaf production ranged from 169.9 to 965.6 kg ha-1 month-1, wood between 26.7 and 501.3 kg ha-1 month-1 and flowers and fruits between 0.6 and 19.6 kg ha-1 month-1. The wood and flowers and fruit classes presented no significant variation (p> 0.05) and no significant correlation with any meteorological variable. The three environmental variables analyzed explain 40.7% of the temporal variability of litter production. In all, 39 Brazil nuts extractivists were recorded. Most of these have a low level of education and are covered by the “Bolsa Família Program”. The production varied significantly between the 2013/2014, 2014/2015 and 2015/2016 harvests, and extraction practices are traditional. The Geostatistical Analysis allowed the knowledge of the current spatial distribution of the physical and chemical attributes of the soil in the studied area, which will serve as a basis of comparison for future evaluations in the same place and also to help understand environmental aspects in areas with agglomerations of Brazil nuts. The environmental variables temperature and insolation influence leaf production and total litter production in native castanhal area. The management practices of the castanhal and the collection and processing of the seeds applied by the extractivists of the studied communities do not present any innovation in relation to the traditional and rudimentary practices already informed in the literature. The variation between the harvests was influenced by the reduction of rains (caused by an event of El Niño installed in 2015) and by the frequent burned, according to the perception of the interviewees.
Keywords: Castanha-do-Pará
Reservas florestais
Floresta Nacional do Tapajós - PA
Serapilheira
Pará - Estado
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::GEOCIENCIAS
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária
Museu Paraense Emílio Goeldi
metadata.dc.publisher.initials: UFPA
EMBRAPA
MPEG
metadata.dc.publisher.department: Instituto de Geociências
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Ciências Ambientais
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
metadata.dc.source: 1 CD-ROM
Appears in Collections:Teses em Ciências Ambientais (Doutorado) - PPGCA/IG

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese_CastanhalNativoFloresta.pdf3,83 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons