Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/10675
metadata.dc.type: Dissertação
Issue Date: 26-Mar-2015
metadata.dc.creator: LEÃO, Eduardo Araujo de Souza
metadata.dc.contributor.advisor1: ABREU, Francisco de Assis Matos de
Title: Análise comparativa hidroambiental das bacias do Una e da Estrada Nova, em Belém-PA, e suas implicações socioeconômicas
Citation: LEÃO, Eduardo Araújo de Souza. Análise comparativa hidroambiental das bacias do Una e da Estrada Nova, em Belém-PA, e suas implicações socioeconômicas. Orientador: Francisco de Assis Matos de Abreu. 2015. 230 f. Dissertação (Mestrado em Geologia e Geoquímica) – Instituto de Geociências, Universidade Federal do Pará, Belém, 2015. Disponível em: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/10675. Acesso em:.
metadata.dc.description.resumo: Para se avaliar a efetividade das intervenções públicas no que se refere a alterar a dinâmica social e a melhorar a qualidade de vida de uma população é necessário a construção e aplicação de indicadores sociais no monitoramento da gestão pública, principalmente quando se tratam de grandes intervenções ambientais. Por mais que tais indicadores sejam mapeados, na grande maioria dos estudos ambientais onde ocorrem essas intervenções, observa-se que o poder público não tem se dedicado ou não consegue realizar e monitorar, de forma eficiente o comportamento destes indicadores ao longo do tempo. Em Belém, as inundações em áreas urbanas representam um sério problema para grande parte do município, principalmente quando atingem áreas densamente ocupadas, ocasião em que geram prejuízos consideráveis e muitas vezes irreparáveis, com perdas inclusive de vidas humanas. A inundação tem sido um problema frequente nos períodos de chuvas, tanto nas áreas mais antigas e consolidadas da cidade, como nas áreas de expansão urbana, fato esse agravado em função das características geológicas e geomorfológicas das áreas bem como do seu alto índice pluviométrico, pela impermeabilização do solo, ocupação das várzeas e retirada das matas ciliares, o que dificulta a infiltração das águas das chuvas. Em decorrência desses fatores ambientais e da desatenção do poder público em prover equipamentos sociais e intervenções físicas na área da metrópole, as populações que ocupam as partes mais vulneráveis da cidade de Belém, têm no geral, uma baixa qualidade de vida, no que se refere à questão do ambiente em que vivem. Com vistas a avaliar comparativamente duas realidades distintas e analisar se realmente a intervenção pública foi efetiva e eficiente e a partir da mesma incluir, como prática a aplicação de indicadores de qualidade hidro ambientais no monitoramento da gestão pública, utilizou-se como “case” para essa pesquisa a intervenção realizada pelo governo estadual na bacia do Una, onde foi executado a implantação da Macro Drenagem da Bacia Hidrográfica do Una que contemplou os serviços de abastecimento de água potável, esgotamento sanitário, drenagem de águas pluviais e sistema viário, comparativamente com a intervenção do governo municipal para a bacia hidrográfica da Estrada Nova, em execução, com a implantação dos mesmos serviços. Para desenvolver a pesquisa, o estudo levantou dados e informações obtidas na bacia do Una e projetou cenários futuros para a bacia da Estrada Nova, utilizando os mesmos indicadores. Estes indicadores socioambientais, nesse estudo, ainda foram contemplados e fortalecidos com uma avaliação hidrogeologica das duas bacias, a análise de qualidade das águas superficiais e subterrâneas, a consideração sobre a incidência de doenças de veiculação hídrica, a vulnerabilidade dos aquíferos, com o objetivo de avaliar a espacialização de criticidade das bacias e identificar quais regiões precisam de mais atenção ou apresentam os melhores resultados. O estudo demonstrou que as características físicas e socioeconômicas das duas bacias de estudo são similares e que após a intervenção na bacia do Una, nenhum tipo de indicador foi monitorado, com vistas a comprovar a eficiência da intervenção. O estudo ainda apresentou que os indicadores de saúde, ligados a veiculação hídrica (motivo pelo qual também foi feito a intervenção) escolhidos para monitoramento antes e após a intervenção, têm, parcialmente, conexões diretas com a qualidade ambiental da bacia, porém muitos indicadores não puderam ser escolhidos pela inexistência de dados do poder público. A vulnerabilidade do aquífero superior também é preocupante em alguns bairros, na medida em que grande parte da população se abastece deste aquífero, o qual tem sua recarga provida, em boa parte, pelos canais drenantes de Belém, sabidamente detentores de índices de qualidade muito ruins de suas águas, podendo mesmo serem caracterizados como verdadeiros esgotos a céu aberto. Os canais drenantes e igarapés de Belém, são responsáveis assim pelo direcionamento deste excesso de esgoto, para a Baia do Guajará e para o rio Guamá por meio da interligação que têm com esses elementos fisiográficos. Em virtude do município ter grande parte da sua área situada em cotas de até 4 metros, que é também a amplitude média anual das marés regionais, essas áreas estão sujeitas à inundações. Por via de consequência todo o aquífero superior fica vulnerável a infiltração das águas contaminadas dos canais, as quais nos momentos de cheias ficam represadas, aumentando o tempo de residência nos mesmos. A pesquisa ora em apresentação avaliou cenários e indicadores, dessa realidade, deixando em aberto a necessidade de serem construídos e monitorados outros indicadores para que o ato de avaliar a efetividade da intervenção pública possa ser mais consistente. Por fim o estudo também constata que vários indicadores não puderam ser considerados no estudo devido à insuficiência e a qualidade de dados existentes disponibilizados pelo poder público.
Abstract: To evaluate the effectiveness of public interventions in relation to changing social dynamics and improve the quality of life of a population is necessary to the built and application of social indicators in monitoring public management, especially when dealing with large environmental interventions. As much as these indicators are mapped, the vast majority of environmental studies where these interventions occur, the government has dedicated itself or if it does not perform and monitor efficiently the behavior of these indicators over time. In Belém, the floods in urban areas pose a serious problem for most of the municipality, especially when involving densely occupied areas, at which generate considerable damage and often irreparable, even with losses of human lives. Flooding has been a problem during periods of frequent rainfall, both in the oldest areas of the city and consolidated, as in the areas of urban sprawl, a fact compounded by soil sealing, occupation of wetlands and removal of riparian vegetation, which hinders the infiltration rainwater. Due to these environmental factors and the inattention of government in providing social amenities and physical interventions in the area of the metropolis, populations that occupy the most vulnerable parts of the city of Belém, in general have a poor quality of life, as regards the issue of the environment in which they live. In order to comparatively evaluate two different realities and really consider whether public intervention was effective and efficient and from the same include as practical application of social indicators in monitoring the public administration, was used as case for this research performed by government intervention state in the basin of Una, where he was executed the deployment of Macro Drainage Basin of Una and services contemplated drinking water supply, sewerage, storm water drainage and road system, compared with the intervention of the municipal government to bowl Estrada Nova, running, with the deployment of these services. To develop the research, the study gathered data and information collected in the basin of Una and projected future scenarios for the basin of Estrada Nova, using the same indicators. These indicators in this study were also addressed and strengthened with a hydrogeological assessment of the two basins, the analysis of quality of surface and groundwater, consideration of the incidence of waterborne diseases, the vulnerability of aquifers, configured together in a GIS specifically built for it, with the aim of evaluating the criticality of spatialization basins and identify which areas need more attention or have the best results. The study demonstrated that the physical and socioeconomic study of the two basins are similar and after the intervention in the basin of Una, any kind of indicator was monitored with a view to demonstrate the effectiveness of the intervention. The study also showed that health indicators linked to waterborne (why the intervention was also made) chosen for monitoring before and after the intervention, have partially direct connections to the environmental quality of the basin, but many indicators not could be chosen by the lack of government data. The vulnerability of the aquifer top is also concern in some quarters, in that much of the population obtains its supplies from this aquifer, which has its recharge provided, in part, by draining channels of Belém, known holders of very bad quality indices its waters and can even be characterized as true open sewers. The drainage channels and creeks of Belém, are thus responsible for directing this excess sewage into the Bay of Guajará and river Guamá through interconnection with those that have physiographic elements. Because the city has much of its area located in quotas of up to 4 meters, which is also the average annual tidal amplitude regional, these areas are subject to flooding. By way of consequence throughout the upper aquifer is vulnerable to infiltration of contaminated water channels, which in times of floods are dammed increasing the residence time in them,. The research now being evaluated scenarios and presentation indicators, this reality, leaving open the need to be constructed and monitored indicators other than the act of evaluating the effectiveness of public intervention can be more consistent. Finally the study also notes that several indicators could not be considered in the study due to insufficient and the quality of data provided by the government.
Keywords: Bacias hidrográficas - Belém (PA)
Hidrogeologia - Belém
Saneamento - Política governamental
Bacia hidrográfica
Indicadores de saúde
Intervenções urbanas
metadata.dc.subject.areadeconcentracao: GEOLOGIA
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::GEOCIENCIAS::GEOLOGIA::HIDROGEOLOGIA
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
metadata.dc.publisher.initials: UFPA
metadata.dc.publisher.department: Instituto de Geociências
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Geologia e Geoquímica
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
metadata.dc.source: 1 CD-ROM
Appears in Collections:Dissertações em Geologia e Geoquímica (Mestrado) - PPGG/IG

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_AnaliseComparativaHidroambiental.pdf13,05 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons