Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/11379
metadata.dc.type: Tese
Issue Date: 26-May-2015
metadata.dc.creator: VIEIRA, Wildney Wallacy da Silva
metadata.dc.description.affiliation: UFPA - Universidade Federal do Pará
metadata.dc.contributor.advisor1: LEITE, Lourenildo Williame Barbosa
Title: Post-imaging analysis of pressure prediction in productive sedimentary basins for oil and gas exploration
metadata.dc.description.sponsorship: CAPES - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
FINEP - Financiadora de Estudos e Projetos
INCT - Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia
Citation: VIEIRA, Wildney Wallacy da Silva. Post-imaging analysis of pressure prediction in productive sedimentary basins for oil and gas exploration. Orientador: Lourenildo Williame Barbosa Leite. 2015. 181 f. Tese (Doutorado em Geofísica) - Instituto de Geociências, Universidade Federal do Pará, Belém, 2015. Disponível em: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/11379. Acesso em:.
metadata.dc.description.resumo: Esta tese tem vários aspectos relacionados à modelagem de bacia sedimentar na exploração de óleo e gás, e com duas divisões gerais: estimativa de parâmetros, e predição de pressão. Para a estrutura do presente trabalho, o primeiro tópico está relacionada com a análise de velocidade e meios efetivos, onde se estima uma distribuição para a velocidade da onda P no tempo, seguido da transformação para a profundidade, e usar um modelo efetivo para a densidade e para a distribuição de velocidades da onda S. A razão para esta focalização inicialmente destas estimativas é porque eles representam a principal informação de base que se pode ter a partir do domínio sísmico, de onde os outros parâmetros sísmicos podem ser calculados, e que serve de base para a segunda parte deste trabalho. O segundo tópico está relacionado à cálculo de tensão, deformação e pressão na subsuperfície utilizando os dados das velocidades das ondas P e S e os modelos de densidade, com a finalidade de localizar áreas de altas e baixas pressões que atuam como bombas de sucção naturais para a mecânica da acumulação de óleo e gás em zonas produtivas e camadas reservatórios. Destacamos na segunda parte para a apresentação, chamar atenção para a sensibilidade do mapeamento de pressão em função da variação de velocidade e densidade. Classificamos a primeira divisão como dedicado ao processamento e imageamento sísmico convencional, e nomeamos a segunda divisão como predição de tensão-deformação-pressão pós-imageamento. Como o objetivo final da geofísica é obter imagens da subsuperfície sob diferentes propriedades, o cálculo de tensão só faz total sentido para o caso de dados reais, e isto faz com que os dados adquiridos seja obrigatoriamente em três componentes. Uma conclusão importante dos experimentos numéricos, mostramos que a pressão não tem um comportamento trivial, uma vez que pode diminuir com a profundidade e criar bombas naturais responsáveis pelo acúmulo de fluidos. A teoria de meios porosos baseia-se integralmente em geometria diferencial, porque esta disciplina matemática lida com propriedades geométricas coletivos para reservatórios reais. Mostrouse que tais propriedades coletivas são, nomeadamente, a porosidade, a área da superfície específica, a curvatura média e a curvatura Gaussiana. Por exemplo, meios fraturados tem, como regra, uma pequena porosidade, mas área da superfície específica muito grande, o que cria a razão 𝛾 = 𝑣𝑆/𝑣𝑃 anômala e alta, e isto significa um coeficiente de Poisson, 𝜎, negativo. Outra conclusão é relacionado ao cálculo da descontinuidade de pressão entre sólido e líquido, o que depende da estrutura de poros.
Abstract: This thesis has several aspects related to the problem of basin modeling towards oil and gas exploration, and with two general divisions: parameter estimation, and pressure prediction. For the structure of this work, the first topic is related to velocity analysis and effective media, where estimated a distribution for the P wave velocity in time, the transformation to depth, and the use an effective model for the density and for the S wave velocity distributions. The reason for initially focusing on these estimations is because they represent one of the most basic information that one can have from the seismic domain, from where the other seismic parameters can be calculated, and from where the second part of this is totally based. The second topic is related to computing stress, strain and pressure distribution in the subsurface using the information from the P and S wave velocities and the density models, in order to localize areas of high and low pressures that act as natural suction pumps for the mechanics of oil and gas accumulation into productive zones and layers. We have highlighted this second part for the final work presentation, and call attention to the sensitivity of pressure mapping to the velocity and density variations. We also classify the first division as dedicated to the conventional seismic processing and imaging, and have clled the second division as post-imaging stressstrain-pressure prediction. As for the final aim of geophysics is to create images of the subsurface under different properties, the stress calculation only makes total sense for real data, and this makes mandatory the acquired seismic data be three component. As an important conclusion from the numerical experiments, we show that pressure does not have a trivial behavior, since it can decrease with depth and create natural pumps that are responsible for accumulating fluids. The theory of porous media is based on integral geometry, because this mathematical discipline deals with collective geometrical properties for real reservoirs. It was shown that such collective properties are namely for porosity, specific surface, average curvature and Gaussian curvature. For example, cracked media has, as a rule, small porosity, but very large specific surface area that creates anomalous high 𝛾 = 𝑣𝑆/𝑣𝑃 ratio, what means a negative 𝜎 Poisson coefficient. Another conclusion is related to calculating discontinuity in pressure between solid and fluid, what depends on the structure of pore space.
Keywords: Sísmica de meios estruturados
Distribuição de velocidades P e S e Densidade
Predição de pressão pós-imageamento
Modelagem de bacia
Pressão
Porosidade
Equação de onda - Soluções numéricas
Pressure
Density
Wave equations - Numerical solution
Porosity
metadata.dc.subject.areadeconcentracao: MÉTODOS SÍSMICOS
metadata.dc.subject.linhadepesquisa: PETROFÍSICA
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
metadata.dc.publisher.initials: UFPA
metadata.dc.publisher.department: Instituto de Geociências
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Geofísica
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
metadata.dc.source: 1 CD-ROM
Appears in Collections:Teses em Geofísica (Doutorado) - CPGF/IG

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese_PostImagingAnalysisPressure.pdf22,57 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons