Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/11963
metadata.dc.type: Dissertação
Issue Date: 6-Aug-2012
metadata.dc.creator: COSTA, Maria Arlete Matos da
metadata.dc.contributor.advisor1: NASCIMENTO, Marivaldo dos Santos
Title: Proveniência dos arenitos da Formação Águas Claras, Província Mineral de Carajás, SE do Cráton Amazônico
metadata.dc.description.sponsorship: CAPES - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
Citation: COSTA, Maria Arlete Matos da. Proveniência dos arenitos da Formação Águas Claras, Província Mineral de Carajás, SE do Cráton Amazônico. Orientador: Marivaldo dos Santos Nascimento. 2012. 70 f. Dissertação (Mestrado em Geologia e Geoquímica) - Instituto de Geociências, Universidade Federal do Pará, Belém, 2012. Disponível em: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/11963. Acesso em:.
metadata.dc.description.resumo: A Formação Águas Claras é uma das unidades litoestratigráficas pré-cambrianas mais importantes da Província Mineral de Carajás e compreendem arenitos, siltitos e pelitos depositados em um contexto geológico e paleogeográfico que ainda desperta discussões sobre a evolução, mecanismos tectônicos e ambientes sedimentares do sudeste do Cráton Amazônico. Esta sucessão silicilástica aflora ao longo da estrada do Igarapé Bahía, porção central do Sistema Transcorrente Carajás, onde as fácies sedimentares atestam ambientes fluvial entrelaçado a marinho raso. Este trabalho aborda a análise da proveniência da Formação Águas Claras com base na petrografia e geoquímica de quartzo-arenito, subarcoseo e grauvacas constituídos por quartzo mono e policristalinos, feldspato e fragmentos líticos. As composições modais no diagrama de Dickinson indicam fontes de blocos continentais. Os minerais acessórios incluem zircão, turmalina, opacos e muscovita. As evidências diagenéticas indicam transformações recorrentes dos regimes eo-, meso- e telodiagenéticos e incluem: infiltração mecânica de argila, geração precoce de pseudomatriz por compactação de grãos, cimentação de sílica, desenvolvimento de raros contatos suturados e côncavo-convexos (dissolução por pressão) e illitização da caulinita. A dissolução intraestratal dos feldspatos e dos minerais pesados favoreceu o enriquecimento dos arenitos em quartzo, produção de assembleia ultra-estáveis e a precipitação de minerais autigênicos. A illitização foi controlada pela quantidade de caulinita e feldspatos no arcabouço. O efeito telodiagenético na porosidade e permeabilidade dos arenitos é considerado significativo, especialmente, no topo dos afloramentos investigados. O índice CIA indica forte intemperísmo sobre sedimentos e o diagrama A-CN-K infere fontes graníticas e vulcânicas, também, sugeridas pelos dados de turmalina detrítica (shorlomita e dravita), padrão ETR, anomalia de Eu, como também, pela anomalia do Ce, que evidencia intemperismo de anfibolito, basalto, gabro e granito. Os diagramas Th-Sc-La e Th-Sc-Zr/10 sugerem fontes formadas em ambiente de arco de ilha continental, embora a deposição dos arenitos da Formação Águas Claras tenha evoluído em ambiente de bacia intracratônica, envolvendo lenta exumação do embasamento, constituído por granitos, gnaisses e granulitos arqueanos dos complexos Pium e Xingu. O relevo plano da área-fonte e a atuação do intemperismo produziram areias quartzo-feldspáticas que ainda preservam informações importantes das fontes primárias potenciais dos sedimentos.
Abstract: The Águas Claras Formation is a Precambrian lithostratigraphic unit of the Carajás Mineral Province and comprises sandstones, siltstones and pelites deposited in a geological and paleogeographic setting that encourage discussions about the evolution, the tectonic mechanisms and sedimentary environments of southeastern Amazoian Craton. This silicilastic succession is exposed in the central portion of the Carajás Province, where the sedimentary facies attest braided fluvial, deltaic to shallow marine environments. Petrography and geochemistry study of quartz-arenite, greywacke and subarkose improve provenance analysis of the Águas Claras. These sandstones are composed by mono-and polycrystalline quartz, feldspar and lithic fragments, whose modal data indicates sources from continental blocks. Accessory minerals include zircon, tourmaline, muscovite and opaque. Diagenetic vidences elucidate mineralogical changes attributed to the eo, meso and telodiagenetic regimes, including: mechanical infiltration of clays, generation of pseudomatrix, silica cement, development of sporadic sutured and concave-convex contacts (pressure dissolution) and illitization of kaolinite. Intraestratal dissolution of feldspars and heavy minerals favored the richer in quartz sandstones, production of ultra-stable assembly and precipitation of authigenic minerals. The illitization processes is controlled by the amount of kaolinite and feldspars in framework´s sandstones. Telodiagenetic regime effects the porosity and permeability of the sandstones and can be considered significant, particularly at the top of the outcrops. The CIA index indicates strong weathering of sediments and the A-CN-K diagram infer granitic and volcanic sources, as well as, suggested by detrital tourmaline data (dravite and shorlomite), standard REE, Eu anomaly, and Ce anomaly, which shows weathering of amphibolite, basalt, gabbro and granite. La-Th-Sc and Th-Sc-Zr/10 diagrams suggest sources rocks formed in an continental island environment, although the deposition of the sandstones of the Águas Claras Formation was developed in an environment of intracratonic basin, involving slow exhumation of the basement, consisting by granites, gneisses and granulites of the Archean complex Pium and Xingu. The relief of the source rocks and the subsequent weathering processes led to the quartz-feldspathic-rich sands that still preserve important information of the primary sources of sediment.
Keywords: Rochas sedimentares – Pará
Diagênese
Geoquímica
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::GEOCIENCIAS::GEOLOGIA
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
metadata.dc.publisher.initials: UFPA
metadata.dc.publisher.department: Instituto de Geociências
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Geologia e Geoquímica
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
metadata.dc.source: 1 CD-ROM
Appears in Collections:Dissertações em Geologia e Geoquímica (Mestrado) - PPGG/IG

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_ProvenienciaArenitosFormacao.pdf4,42 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons