Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br:8080/jspui/handle/2011/12200
metadata.dc.type: Dissertação
Issue Date: 27-Jun-2018
metadata.dc.creator: LIMA, Maria Augusta de Jesus
metadata.dc.contributor.advisor1: BARBOSA, Wagner Luiz Ramos
metadata.dc.contributor.advisor-co1: BASTOS, Rodolpho Zahluth
Title: Uso de plantas medicinais na RESEX Marinha Mestre Lucindo: uma forma de diversificar a atividade extrativista local?
Citation: LIMA, Maria Augusta de Jesus. Uso de plantas medicinais na RESEX Marinha Mestre Lucindo: uma forma de diversificar a atividade extrativista local? Orientador: Wagner Luiz Ramos Barbosa. 2018. 106 f. Dissertação (Mestrado em Gestão de Recursos Naturais e Desenvolvimento Local na Amazônia) - Núcleo de Meio Ambiente, Universidade Federal do Pará, Belém, 2018. Disponível em: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/12200. Acesso em:.
metadata.dc.description.resumo: As Reservas Extrativistas (RESEX) são uma das 12 categorias do Sistema Nacional de Unidades de Conservação (SNUC) criado em 2000, estão no grupo de Unidades de Uso Sustentável e possuem como finalidade básica proteger os meios de vida e a cultura das populações extrativistas, e assegurar o uso sustentável dos recursos naturais da unidade. As RESEX Marinhas estão localizadas em áreas de transição entre o ambiente marinho e terrestre, onde prevalece o ecossistema de manguezal, essas reservas buscam proteger essas áreas da degradação antrópica, estimulando o uso sustentável dos recursos naturais, e protegendo a biodiversidade do local. O presente trabalho analisa a utilização de plantas medicinais por usuários da Reserva Extrativista Marinha Mestre Lucindo, buscando dimensionar a atividade extrativista local como uma forma de proporcionar uma fonte alternativa de renda para a comunidade. A pesquisa foi desenvolvida através de um estudo de caso com metodologia qualitativa e quantitativa. Os dados foram coletados por meio de entrevistas semiestruturadas e Diagnóstico Rápido Participativo, realizado em reuniões comunitárias, com anuência prévia via Termo de Consentimento Livre e Esclarecido e Termo de Autorização de Uso de Imagem e Depoimento. A pesquisa contou com participantes residentes das comunidades de Boa Esperança, Camará, Guarajubal, Livramento e Sossego (bairro localizado no distrito de Marudanópolis), e com os principais membros ligados gestão da Unidade, representante do órgão gestor (ICMBio) e da Associação de Usuários da Reserva (AUREMLUC). Os dados coletados junto aos participantes das comunidades foram utilizados para caracterização socioeconômica e delimitação do perfil etnofarmacêutico. Setenta e quatro por cento dos participantes da pesquisa são do sexo feminino, com idade variando entre 18 e 92 anos. A média de idade entre as mulheres é de 42,6 anos e para os homens 65,4 anos. A fonte de renda principal varia de acordo com a comunidade, e 69% dos entrevistados recebem o auxílio governamental Bolsa Família. Em relação a utilização de plantas medicinais, os entrevistados citaram 69 espécies diferentes, distribuídas em pelo menos 32 famílias botânicas. A finalidade e a forma de uso foram diversas, incluindo chás, banho e garrafadas. A maioria dos entrevistados aprendeu a utilizar plantas com a finalidade medicinal com as mães ou avós e não enxergam esse recurso como uma fonte de renda para a família. Devido a ação antrópica de desmatamento e manejo incorreto dos recursos, várias espécies estão se tornaram escassas ou muito dispersas. Buscando minimizar os problemas encontrados, foi elaborado um relatório com as principais plantas medicinais encontradas na área e uma proposta de reposição da flora medicinal nas comunidades da RESEX. Esse documento foi encaminhado ao órgão gestor, ICMBio.
Abstract: Extractive Reserves (RESEX) are one of 12 categories of the National System of Conservation Units (NSCU) created in 2000, they belong to the group of Sustainable Use Units and have the basic purpose to protect livelihoods and the associated culture of extractivist communities, and ensure the sustainable use of the unit's natural resources. The Marine RESEX are located in transitional areas between marine and terrestrial environment, where the mangrove ecosystem prevails, the creation of these reserves seeks to protect them from anthropic degradation, stimulating the sustainable use of natural resources, and protecting the local biodiversity. The present work analyzes the use of medicinal plants by users of the Mestre Lucindo Marine Extractivist Reserve, seeking to shape it as an additional local extractive activity in order to provide a complementary source of income for the community. The research was developed as a case study with qualitative and quantitative methodology. The data were collected through semi- structured interviews and Rapid Participatory Diagnosis, carried out during community meetings, with prior consent via an Informed Consent Term and Authorization Term for Testimony and Image Use . The survey included residents from the communities of Boa Esperança, Camará, Guarajubal, Livramento and Sossego (a neighborhood located in the district of Marudanópolis), and with the main members of the unit management, representative of the managing body (ICMBio) of the Reserve (AUREMLUC). The data informed by the participants of the communities were used for their socioeconomic characterization and ethnopharmaceutical profile definition. Seventy-four percent of the participants are female, ranging in age from 18 to 92 years. The mean age of women is 42.6 years and for men 65.4 years. The main income source varies according to the community, and 69% of the respondents receive government aid Bolsa Família. Regarding the use of medicinal plants, the interviewees cited 69 different species, distributed in, at least, 32 botanical families. The use allegation is very wide and the usage form is diverse, including teas, bath and garrafadas. Most interviewees have learned to use medicinal plants with their mothers or grandparents and do not see this as a source of income for the family. Due to the anthropogenic deforestation and mismanagement of resources, several species are becoming scarce or very dispersed. In order to minimize the identified problems, a report was prepared on the main medicinal plants found in the area and also a proposal to restore the medicinal flora in RESEX communities. This document was sent to the managing office, ICMBio.
Keywords: Fitoterapia
Etnofarmacologia
Gestão
metadata.dc.subject.areadeconcentracao: GESTÃO DOS RECURSOS NATURAIS E DESENVOLVIMENTO LOCAL
metadata.dc.subject.linhadepesquisa: USO E APROVEITAMENTO DOS RECURSOS NATURAIS
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ECONOMIA::ECONOMIA AMBIENTAL::ECONOMIA DOS RECURSOS NATURAIS
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
metadata.dc.publisher.initials: UFPA
metadata.dc.publisher.department: Núcleo de Meio Ambiente
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Gestão de Recursos Naturais e Desenvolvimento Local na Amazônia
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
metadata.dc.source: 1 CD-ROM
Appears in Collections:Dissertações em Gestão de Recursos Naturais e Desenvolvimento Local na Amazônia (Mestrado) - PPGEDAM/NUMA

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_UsoPlantasMedicinais.pdf3,48 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons