Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br:8080/jspui/handle/2011/12245
metadata.dc.type: Dissertação
Issue Date: 18-Feb-2019
metadata.dc.creator: MACHUCA ESPÍRITU, José Guillermo
metadata.dc.contributor.advisor1: SOUZA, Everaldo Barreiros de
metadata.dc.contributor.advisor-co1: IMBIRIBA, Breno Cesar de Oliveira
Title: O aterro sanitário de Marituba: estimativa e dispersão das emissões de biogás e a percepção da mudança da qualidade do ar pela população do entorno.
Citation: MACHUCA ESPÍRITU, José Guillermo. O aterro sanitário de Marituba: estimativa e dispersão das emissões de biogás e a percepção da mudança da qualidade do ar pela população do entorno. Orientador: Everaldo Barreiros de Souza. 2019. 123 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Ambientais) – Instituto de Geociências, Universidade Federal do Pará, Museu Paraense Emílio Goeldi, Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, Belém, 2019. Disponível em: http://repositorio.ufpa.br:8080/jspui/handle/2011/12245. Acesso em: .
metadata.dc.description.resumo: Os Resíduos Sólidos Urbanos em aterros e lixões são uma importante fonte antropogênica de Gases de Efeito Estufa, principalmente o Metano (CH4), que possui alta capacidade de reter calor na atmosfera. Na Central de Processamento e Tratamento de Resíduos Sólidos (CPTR) Marituba localizada na Região Metropolitana de Belém, Pará, foi estimada a geração de metano atual e futura a partir do ano 2015 através do modelo do IPCC (Painel Intergovernamental de Mudanças Climáticas) considerando uma data mínima de operação de 15 anos. O aterro deverá gerar durante sua história em torno de 610 mil toneladas de CH4, das quais aproximadamente 95% serão emitidas nos próximos anos. Considerando o potencial de aquecimento global do metano que é 28 vezes maior do que o dióxido de carbono (CO2), ao longo dos anos, o não aproveitamento deste gás gerará uma quantidade equivalente a 17 milhões de toneladas de dióxido de carbono. A dispersão do gás metano como traçador de outros gases e odores gerados na CPTR Marituba utilizando um modelo de dispersão gaussiana mostra que no período noturno (18:00-06:00) a acumulação dos gases é maior na área circundante ao aterro e causa desconfortos na população validando esta informação com os resultados das entrevistas aos moradores da área circundante dos municípios de Ananindeua e Marituba, que sofrem maiores incômodos a causa dos maus odores neste mesmo período noturno. Os resultados desta pesquisa devem ser levados em conta na definição de políticas públicas para a localização de novos aterros sanitários e na implementação de ações para mitigar o impacto negativo dos aterros existentes. Apesar da relevância da temática abordada nesse trabalho, estudos sobre a geração e dispersão dos gases assim como o impacto na população circundante em aterros na Região Amazônica são escassos na literatura, portanto este trabalho acrescenta às pesquisas, a compreensão a respeito dos aterros e seus impactos na Amazônia assim como também o aproveitamento do biogás.
Abstract: Urban Solid Waste in landfills and dumps is an important anthropogenic source of Greenhouse Gases, mainly Methane (CH4), which has a high capacity of retaining heat in the atmosphere. At the Marituba Solid Waste Processing and Processing Center (SWPPC) located in the Metropolitan Region of Belém, Pará, current and future methane generation from the year 2015 were estimated through the Intergovernmental Panel on Climate Change (IPCC) model considering a minimum operation period of 15 years. The landfill will generate during its history approximately 610 thousand metric tons of CH4, of which approximately 95% will be produced in the coming years. Considering the global warming potential of methane that is 28 times higher than carbon dioxide (CO2) over the years, this will generate an amount equivalent to 17 million tons of carbon dioxide. The dispersion of methane gas as a tracer of other gases and odors generated at CPTR Marituba using a Gaussian dispersion model shows that at night time (18:00-06:00) gas accumulation is higher at the area surrounding the landfill and causes discomfort in the population, validating this information with the results of the interviews with the residents of the surrounding area of the municipalities of Ananindeua and Marituba, who suffer the greatest annoyances due to the bad odors in this same nocturnal period. The results of this research should be considered in the definition of public policies for the location of new landfills and in the implementation of actions to mitigate the negative impact of existing landfills. Despite the relevance of the topic addressed in this study, studies on the generation and dispersion of gases as well as the impact on the surrounding population in landfills in the Amazon Region are scarce in the literature, so this work will add to the understanding about landfills and its impacts on the Amazon as well as the use of biogas.
Keywords: Poluição atmosférica
Aterro sanitário
Efeito estufa (Atmosfera)
Metano
Região amazônica
metadata.dc.subject.areadeconcentracao: CLIMA E DINÂMICA SOCIOAMBIENTAL NA AMAZÔNIA
metadata.dc.subject.linhadepesquisa: ECOSSISTEMAS AMAZÔNICOS E DINÂMICAS SOCIOAMBIENTAIS
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::GEOCIENCIAS
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária
Museu Paraense Emílio Goeldi
metadata.dc.publisher.initials: UFPA
EMBRAPA
MPEG
metadata.dc.publisher.department: Instituto de Geociências
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Ciências Ambientais
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
metadata.dc.source: 1 CD-ROM
Appears in Collections:Dissertações em Ciências Ambientais (Mestrado) - PPGCA/IG

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_AterroSanitarioMarituba.pdf4,16 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons