Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br:8080/jspui/handle/2011/12263
metadata.dc.type: Tese
Issue Date: 6-Dec-2019
metadata.dc.creator: BATALHA, Iury da Silva
metadata.dc.contributor.advisor1: CAVALCANTE, Gervásio Protásio dos Santos
metadata.dc.contributor.advisor-co1: BARROS, Fabrício José Brito
Title: Análise e modelagem em larga escala para as frequências 8, 9, 10 e 11 ghz em ambientes indoor
Other Titles: Large-scale analysis and modeling for frequencies 8, 9, 10 and 11 ghz indoor
metadata.dc.description.sponsorship: CNPq - Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico
Citation: BATALHA, Iury da Silva. Análise e modelagem em larga escala para as frequências 8, 9, 10 e 11 ghz em ambientes indoor. Orientador: Gervásio Protásio dos Santos Cavalcante. Coorientador: .Fabrício José Brito Barros. 2019. 84 f. Tese (Doutorado em Engenharia Elétrica) - Universidade Federal do Pará, Instituto de Tecnologia, Belém, 2019. Disponível em:http://repositorio.ufpa.br:8080/jspui/handle/2011/12263 . Acesso em:.
metadata.dc.description.resumo: Dentro do contexto de estudos relacionados a radio propagação, esta tese apresenta uma proposta de modelagem em larga-escala da perda de propagação para as bandas 8, 9, 10 e 11 GHz em relação ao número de paredes, distância e polarização. Foram feitas campanhas de medições no corredor do Anexo II e em laboratório de ensino localizados na Universidade Federal do Pará. A campanha de medições foi realizada utilizando antenas cornetas direcionais co-polarizadas em V-V e H-H e com polarização cruzada V-H em condições de Linha de visada (LoS - Line-of-sight) e sem Linha de Visada (NLoS - non-line-of-sight), o transmissor foi fixado dentro do ambiente com potência de transmissão de 0 dBm com disposição de antenas em V-V e H-H e 15 dBm para V-H. Foram utilizadas antenas direcionais para transmissor e receptor com elevação de 29.3∘ e azimute de 29∘ para as frequências 8, 9, 10 e 11 GHz. Foi aplicada a técnica Mínimos Quadrados Lineares (Minimum Mean Square Error - MMSE) para determinar os valores dos parâmetros das equações como: PLE, XPD, HHPD e OPLE. O modelo proposto para perda de propagação apresentou resultados satisfatórios em comparação com os dados medidos apresentando um desvio padrão baixo. Também é apresentada uma análise de desvio padrão pontoa- ponto dentro dos dois ambientes para as frequências estudadas. Para o corredor os valores de desvio padrão utilizando antenas polarizadas V-V foram de 7, 7.5, 5.6 e 5 dB e para antenas com polarização cruzada V-H foram de 5, 6.2, 2.3 e 3.5 dB para as frequências 8, 9, 10 e 11 GHz respectivamente. Para o laboratório os valores de desvio padrão para antenas V-V obteve 7, 7, 6.5 e 7.3 dB e para antenas com polarização H-H resultaram os valores de 9.3, 6.1, 6.1 e 6 dB. O fator de perda por polarização (XPD) apresentado na extensão do modelo CIX para o corredor apresentaram valores de 19.3, 28.7, 21.3 e 14.3 para as frequências de 8, 9, 10 e 11 GHz, respectivamente.
Abstract: Within the context of studies related to radiopropagation, this work presents a proposal for large-scale modeling of propagation loss for 8, 9, 10 and 11 GHz bands in relation to the number of walls, distance and polarization. Measurement campaigns were conducted in the Annex II corridor and in a teaching laboratory located at the Federal University of Pará. The measurement campaign was performed using VV and HH co-polarized directional horn antennas and VH cross polarization nantennas in Line of Sight (LoS) and Line of Sight (NLoS) conditions, the transmitter was fixed within the environment with 0 dBm transmission with VV and HH antenna array and 15 dBm for VH. Directional antennas for transmitter and receiver with 29.3∘ elevation and 29∘ azimuth were used for frequencies 8, 9, 10 and 11 GHz. The Minium Mean Square Error (MMSE) technique was applied to determine the values of the equation parameters as: PLE , XPD, HHPD, and OPLE. The proposed propagation loss model presented satisfactory results compared to the measured data presenting a low standard deviation. A point-to-point standard deviation analysis is also presented within the two environments for the studied frequencies. For the corridor the standard deviation values using polarized V-V antennas were 7, 7.5, 5.6 and 5 dB, and for cross-polarized V-H antennas were 5, 6.2, 2.3 and 3.5 dB for studies frequencies. For the laboratory the values of standard deviation for polarized V-V antennas were 7, 7, 6.5 and 7.3 dB and for polarized H-H antennas were 9.3, 6.1, 6.1 and 6 dB. The polarization loss factor (XPD) presented in the extension of the CIX model for the corridor present values of 19.3, 28.7, 21.3 and 14.3 for the frequencies of 8, 9, 10 and 11 GHz, respectively.
Keywords: Radio propagação
larga escala
LoS
NLoS
V-V
H-H
V-H
Mínimos Quadrados Lineares
metadata.dc.subject.areadeconcentracao: TELECOMUNICAÇÕES
metadata.dc.subject.linhadepesquisa: ELETROMAGNETISMO APLICADO
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::ENGENHARIAS::ENGENHARIA ELETRICA
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
metadata.dc.publisher.initials: UFPA
metadata.dc.publisher.department: Instituto de Tecnologia
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Engenharia Elétrica
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
metadata.dc.source: 1 CD-ROM
Appears in Collections:Teses em Engenharia Elétrica (Doutorado) - PPGEE/ITEC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese_AnaliseModelagemLarga.pdf7,04 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons