Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br:8080/jspui/handle/2011/13540
metadata.dc.type: Dissertação
Issue Date: Jun-2019
metadata.dc.creator: SOTOMAYOR, Omar Santiago Erazo
metadata.dc.contributor.advisor1: OLIVEIRA, Ana Cristina Mendes de
metadata.dc.contributor.advisor1ORCID: https://orcid.org/0000-0002-7863-9678
Title: Influência da perturbação ambiental na assembleia de pequenos mamíferos nãovoadores na Amazônia Oriental
Other Titles: Influence of environmental disturbance on the assembly of small mammals nonflying in the Eastern Amazon
Citation: SOTOMAYOR, Omar Santiago Erazo. Influência da perturbação ambiental na assembleia de pequenos mamíferos não voadores na Amazônia Oriental. Orientador(a): Ana Cristina Mendes de Oliveira. 2019. 42 f. Dissertação (Mestrado em Ecologia) - Universidade Federal do Pará, Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, Instituto de Ciências Biológicas, Belém, 2019. Disponível em: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/13540. Acesso em:.
metadata.dc.description.resumo: A perturbação ambiental antropogênica resulta em diferentes modificações estruturais da floresta, que podem gerar alterações nos padrões de composição de espécies, diversidade taxonômica e funcional. Nós avaliamos a influência da perturbação ambiental na estrutura e diversidade de assembleias de pequenos mamíferos não voadores na Amazônia oriental. Analisamos a composição, riqueza e abundância de espécies e seus caracteres funcionais como descritores de assembleias, considerando suas variações ambientais, em três níveis de perturbação ambiental: (i) interior da floresta; (ii) borda da floresta; e (iii) espaço rural. A diversidade α (taxonômica e funcional) permaneceu relativamente constante através dos níveis de perturbação ambiental antropogênica. No entanto na diversidade taxonômica β, na assembleia da comunidade de floresta-borda apresenta gradientes de abundância, onde compartilham a maioria de suas espécies, mas alguns indivíduos da borda são perdidos na floresta. Por outro lado, as assembleias de floresta-rural e borda-rural apresentam variação equilibrada da abundância, em que os indivíduos de algumas espécies das áreas de floresta e de borda são substituídos por indivíduos de espécies diferentes nas áreas rurais. Entre os atributos morfológicos observamos respostas mais sutis da comunidade, pequenos mamíferos caracterizados por uma cauda maior predominam nas áreas de floresta e, aqueles caracterizados por um pé maior predominam nas áreas rurais. Concluímos que os atributos morfológicos (comprimento da cauda e do pé), são fatores determinantes nos padrões de composição da assembleia dos pequenos mamíferos não-voadores e, de sua seleção de habitat em ambientes que enfrentam impactos antrópicos. As alterações e os padrões identificados em nosso estudo são de importância crucial para planos de manejo e conservação da biodiversidade.
Abstract: Anthropogenic environmental disturbance results in different structural modifications of the forest, which can lead to changes in species composition patterns, taxonomic and functional diversity. We evaluated the influence of environmental disturbance on the structure and diversity of assemblies of non-flying small mammals in the eastern Amazon. We analyzed species composition, richness and abundance and their functional characters as assemblage descriptors, considering their environmental variations, in three levels of environmental disturbance: (i) forest interior; (ii) edge of the forest; and (iii) rural space. The diversity α (taxonomic and functional) remained relatively constant through the levels of anthropogenic environmental disturbance. However, in the taxonomic diversity β, the assemblage of the forest-edge community presents abundance gradients, where they share most of their species, but some individuals of the edge are lost in the forest. On the other hand, the rural forest and rural edge assemblages present a balanced variation of abundance, in which individuals of some species of forest and border areas are replaced by individuals of different species in rural space. Among the morphological attributes we observed subtler responses of the community, small mammals characterized by a larger tail predominate in forest areas and those characterized by a larger foot predominate in rural areas. We conclude that the morphological attributes (tail and foot length) are determining factors in the assemblage composition patterns of the small non-flying mammals and their habitat selection in environments facing anthropic impacts. The changes and patterns identified in our study are of crucial importance for biodiversity management and conservation plans.
Keywords: Ecologia florestal - Amazônia
Mamíferos - ecologia
Natureza - influência do homem
Indicadores ambientais
metadata.dc.subject.areadeconcentracao: ECOLOGIA
metadata.dc.subject.linhadepesquisa: ECOLOGIA DE COMUNIDADES E ECOSSISTEMAS
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::ECOLOGIA
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária
metadata.dc.publisher.initials: UFPA
EMBRAPA
metadata.dc.publisher.department: Instituto de Ciências Biológicas
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Ecologia
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Brazil
metadata.dc.source: 1 CD-ROM
Appears in Collections:Dissertações em Ecologia (Mestrado) - PPGECO/ICB

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Disserta_InfluenciaPerturbacaoAmbiental.pdf472,94 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons