Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/1682
Compartilhar:
Type: Dissertação
Issue Date: 29-May-2002
Authors: MENEZES, Antonio José Elias Amorim de
First Advisor: HOMMA, Alfredo Kingo Oyama
Title: Análise econômica da “produção invisível” nos estabelecimentos agrícolas familiares no Projeto de Assentamento Agroextrativista Praialta e Piranheira, Município de Nova Ipixuna, Pará
Other Titles: Economic analysis of the "invisible production" on family farms of the Praia Alta and Piranheira Agroextractivism settlement project, municipality of Nova Ipixuna, Pará
Sponsor: EMBRAPA - Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária
PRODETAB - Projeto de Apoio ao Desenvolvimento de Tecnologia Agropecuária para o Brasil
Citation: MENEZES, Antonio José Elias Amorim de. Análise econômica da “produção invisível” nos estabelecimentos agrícolas familiares no Projeto de Assentamento Agroextrativista Praialta e Piranheira, Município de Nova Ipixuna, Pará. 2002. 130 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Pará, Centro Agropecuário, Núcleo de Estudos Integrados sobre Agricultura Familiar, Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, Belém, 2002. Curso de Pós-Graduação em Agriculturas Familiares e Desenvolvimento Sustentável.
Resumo: Este trabalho discute a importância da "produção invisível" na composição da renda total dos agricultores familiares de uma reigião de fronteira da Amazônia, como é o caso do sudeste paraense que é fortemente marcado pelos conflitos agrários. os dados utilizados neste estudo foram obtidos a partir de uma pesquisa de campo realizada junto a 78 agricultores familiares do Projeto de Assentamento Agroextrativista Praialta e Piranheira, Município de Nova Ipixuna, Pará, em 2001. O objetivo geral deste trabalho foi conhecer de que forma a "produção invisível" contribui para composição da renda familiar e da estratégia de reprodução da agricultura familiar na mesorregião do sudeste paraense. A escolha dos produtores entrevistados foi intencional, que se constitui na identificação da renda agrícola, bem como na caracterização dos sistemas de produção desenvolvidos por estes agricultores. Este procedimento permitiu a elaboração de uma tipologia dos sistemas de produção a partir de alguns indicadores socioeconômicos e agronômicos. Os resultados desta pesquisa desta pesquisa comprovam a forte participação da "produção invisível" no conjunto das atividades da agricultura familiar. Produtos com mercado definido, têm uma parte da produção retida para consumo familiar, dos produtos sem mercado voltados exclusivamente para o autoconsumo e, uma componente importante, refer-se à venda da mão-de-obra familiar, essencial na sua estratégia de sobrevivência. Uma conclusão imediata é que a produção agrícola e extrativa é muito superior àquela que vem sendo estimada ou desconhecida nas estatística oficiais. O conhecimento da participação da "produção invisível" torna-se importante no delineamento de políticas públicas, primeiro pela subestimação dos dados estatísticos oficiais, tanto pela quantidade como pela não-inclusão de diversos produtos, tanto produzidos ou coletados, pela agricultura familiar, na propriedade ou fora dela. Desta forma, pode-se verificar que os agricultores familiares do Projeto de Assentamento Agroextrativista Praialta e Piranheira possuem uma renda total equivalente a 1,48 salário mínimo/mês. É interessante destacar que a contribução da "produção invisível" na renda familiar chega a 0,28 salário mínimo/mês que representa 18,77 % total da renda invisível. A drenagem da renda não-agrícola autônoma, decorente da aposentadoria do INSS, representa 10,55 % da renda monetária dos agricultores, constituindo em importante fator de sustentabilidade das comunidades locais. Espera-se que estes resultados sejam importantes para aumentar a sustentabilidade da agricultura familiar de fronteira estimadas em mais de 600 mil unidades familiares na Amazônia, responsáveis pela maior parcela das derrubadas e queimadas crônicas.
Abstract: This work discusses the importance of invisible production in the composition of total income of small farmers at the agricultural frontier in the Amazon, marked strongly by agrarian conflicts, as is the case of southeast Pará State. The data used in this study were obtained from field research undertaken with 78 small farmers of the Praialta and Piranheira Agroextractivist Settlement Project, Nova Ipixuna municipality, Pará, in 2001. The general objective of this work was to know in what form the invisible production contributes to composition of family income and to the reproduction strategy of small farm agriculture in the southeast of Pará State. The choice of farmers interviewed was intentional, so that it enabled the identification of agricultural income, as well as in the characterization of the production systems developed by these small farmers. This procedure allowed the elaboration of a typology of the production systems starting from some social, economic and agronomic indicators. The results of this research proved a strong participation of invisible production in the group of the activities of the family agriculture. Products with defined markets, have a part of the production retained for family consumption, non-markets products are directed exclusively to own consumption and, an important component, refers to the sale of family labour, essential in their survival strategy. An immediate conclusion is that the agricultural and extractive production is very superior to that being estimated or unknown in the official statistics. Knowledge of the participation of invisible production becomes important for the policymakers, first due to the under estimation of official statistical data, as much for the amount as for the non-inclusion of various products, produced or collected, in family agriculture, on or off the property. This way, it can be verified that the small farmers of the Praialta and Piranheira Agroextractivist Settlement Project possess an equivalent total income to 1,48 minimum wage/ month. It is interesting to highlight that the contribution of invisible production to family income reaches 0,28 minimum wage/month that represents 18,77%, of the total estimated income. The drainage of the autonomous non-agricultural income, from government welfare pensions, represents 10,55% of the farmers' monetary income, constituting an important factor of the local communities' sustainability. It is expected that these results are important to define public policies to increase the sustainability of frontier family agriculture estimated as more than 600 thousand family units in the Amazon, responsible for the largest portion of the chronic deforestation and burning.
Keywords: Agricultura familiar
Economia agrícola
Desenvolvimento sustentável
Mão-de-obra
Produtividade agrícola
Nova Ipixuna - PA
Pará - Estado
Amazônia brasileira
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA:ECONOMIA AGRARIA
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária
Institution Acronym: UFPA
EMBRAPA
Department: Instituto Amazônico de Agriculturas Familiares
Program: Programa de Pós-Graduação em Agriculturas Amazônicas
Appears in Collections:Dissertações em Agriculturas Amazônicas (Mestrado) - PPGAA/INEAF

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_AnaliseEconomicaProducao.pdf804.83 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons