Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/1893
Compartilhar:
Type: Dissertação
Issue Date: 1-Jun-2007
Authors: BEZERRA, Márcia Elena Soares
First Advisor: PIMENTEL, Adelma do Socorro Gonçalves
Title: Um estudo crítico das psicoterapias fenomenológico - existenciais: terapia centrada na pessoa e gestalt-terapia
Other Titles: A critical study of the psycotherapies fenomenológico - existenciais: therapy centered in the person and gestalt-therapy
Citation: BEZERRA, Márcia Elena Soares. Um Estudo crítico das psicoterapias fenomenológico - existenciais: terapia centrada na pessoa e Gestalt. 2007. 125 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Pará, Instituto de Filosofia e Ciências Humanas, Belém, 2007. Programa de Pós-Graduação em Psicologia Clínica e Social.
Resumo: Este estudo consiste em uma pesquisa teórica que objetiva desenvolver reflexões críticas sobre as bases epistemológicas da terapia centrada na pessoa e da gestaltterapia, configuradas nas matrizes conceituais elaboradas por Carl Rogers e por Frederick Perls. Analisa algumas reconfigurações teóricas dessas psicoterapias propostas por autores brasileiros a partir da articulação com determinados conceitos da fenomenologia de Martin Heidegger. As teorias psicoterápicas, de um modo geral, ainda mantêm uma concepção de sujeito abstrato e descontextualizado historicamente. O mundo hoje nos coloca diante de grandes desafios, em que são necessárias novas formas de compreensão da existência humana e um fazer clínico que dê suporte aos sofrimentos do homem contemporâneo. O percurso metodológico utilizado no estudo constou de: 1. Seleção de textos clássicos para compor as matrizes epistemológicas das psicoterapias centrada na pessoa e gestáltica; 2. Triagem de material produzido por autores que apresentam análise crítica referente ao tema; 3. Sistematização de categorias conceituais da matriz das respectivas psicoterapias; 4. Análise e discussão de alguns temas presentes em publicações nacionais que indicam pontos de re-configurações das matrizes. Dentre os indicativos apontados pelos autores investigados, foi possível destacar: a necessidade de incluir na teoria centrada na pessoa, o estranho, à falta, como condição de possibilidade da existência; superação do conceito de essência, na teoria gestáltica; ressonâncias da concepção heideggeriana de angústia para a prática clínica, já que esta não é concebida enquanto um sintoma psicopatológico a ser extinto ou um distúrbio funcional; assim como dos conceitos de abertura e cuidado, que possibilita pensar a função terapêutica como a de ajudar o cliente a interpretar-se a si mesmo, devolvendo-o ao seu próprio cuidado de maneira mais livre e responsável. Concluímos que, apesar da necessidade de mais estudos a respeito do tema, já há na atualidade um movimento por parte de alguns psicólogos em lançar um olhar contemporâneo sobre a terapia centrada na pessoa e gestáltica, afastando-se de uma concepção essencialista de sujeito e de uma subjetividade enclausurada.
Abstract: This study consists on a theoretical research which aims to develop critical reflections on the epistemological bases of the person centered therapy and of the gestalttherapy configured in the conceptual matrices elaborated by Carl Rogers and by Frederick Perls. It analyzes some psychotherapies' theoretical new configurations proposed by Brazilian authors, starting from the articulation with Martin Heidegger's certain phenomenology concepts. The psychotherapeutic theories, in general, still maintain a conception of abstract existence out of the historical context. The world today puts us before great challenges, so it is necessary new ways of understanding the human existence and a clinical labor which gives support to the contemporary man's sufferings. The methodological path used in the study consists of: 1. Selection of classic texts to compose the epistemological matrices of the person centered therapy and gestalt; 2. selection of material produced by authors that present critical analysis regarding the theme; 3. systemization of conceptual categories of the matrix of the respective psychotherapies; 4. analysis and discussion of some present themes in national publications which indicate points of new configurations of the matrices. Among the indicatives pointed by the investigated authors, it was possible to highlight: the need to include the stranger, the lack, in the person centered therapy as condition of possibility of the existence; overcoming the essence concept in the gestalt therapy; Heidegger's anguish concept resonances for the clinical practice, since that is not understood as a psychopathological symptom to be extinct or a functional disturbance; the opening and care concepts as well which make possible to think the therapeutic function as an aid to the customer to interpret himself, returning to his own care in a free and responsible way. We have come to the conclusion that although more studies regarding the theme are needed, there is already, at the present time, a movement on the part of some psychologists in throwing a contemporary glance on the person centered therapy and gestalt, standing away from an essencialist conception of subject and of a cloistered subjectivity.
Keywords: Epistemologia
Fenomenologia
Terapia Gestalt
Terapia não dirigida
CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA::FUNDAMENTOS E MEDIDAS DA PSICOLOGIA::HISTORIA, TEORIAS E SISTEMAS EM PSICOLOGIA
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
Institution Acronym: UFPA
Department: Instituto de Filosofia e Ciências Humanas
Program: Programa de Pós-Graduação em Psicologia Clínica e Social
Appears in Collections:Dissertações em Psicologia (Mestrado) - PPGP/IFCH

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_EstudoCriticoPsicoterapias.pdf494,15 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons