Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/1901
Compartilhar:
Type: Dissertação
Issue Date: 19-Apr-2007
Authors: VASCONCELOS NETO, Aécio de Borba
First Advisor: TOURINHO, Emmanuel Zagury
Title: Uma discussão dos usos do termo eventos privados na análise do comportamento à luz de proposições do pragmatismo
Other Titles: A discussion on the uses of the term private events in behavior analysis in light of propositions of pragmatism
Sponsor: CAPES - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
Citation: VASCONCELOS NETO, Aécio de Borba. Uma Discussão dos usos do termo eventos privados na análise do comportamento à luz de proposições do pragmatismo. 2007. 120 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Pará, Centro de Filosofia e Ciências Humanas, Belém, 2007. Programa de Pós-Graduação em Teoria e Pesquisa do Comportamento.
Resumo: A Análise do Comportamento distingue-se de outras modalidades de behaviorismo por seu tratamento original para a subjetividade. O conceito de eventos privados tem sido trabalhado na literatura analítico-comportamental como central para a abordagem desse tema, permitindo ao cientista e profissional lidar com eventos inacessíveis à observação pública graças a um critério instrumental de verdade. Este trabalho discute o conceito de eventos privados a partir de questões levantadas pelo pragmatismo, filosofia com a qual a Análise do Comportamento tem sido consistentemente associada. A partir dos escritos de James e Rorty, são examinados os aspectos relevantes do(s) uso(s) do conceito de eventos privados, discutindo-se a validade do conceito para abordar os problemas relacionados à subjetividade a partir de três categorias de análise: 1) Implicações de um enfoque relacional verbal na análise dos conceitos relativos à subjetividade, 2) Ausência de visão consensual sobre coerência do conceito de eventos privados com sistema explicativo analítico-comportamental; e 3) Funções do conceito de eventos privados. Apontamos como é elaborada na literatura analítico-comportamental a importância da linguagem na definição do mundo privado, e a influência disso para um enfoque relacional da subjetividade. Argumentamos ainda que analistas do comportamento têm usado o termo eventos privados sob controle de fenômenos de natureza e complexidade variável, gerando uma falta de consenso sobre a coerência do conceito de eventos privados com o sistema explicativo analítico-comportamental e, quando há algum, a falta consenso sobre sua instrumentalidade. Com isso, a coerência e a instrumentalidade do uso do termo eventos privados é condicionada a que eventos o pesquisador ou profissional está se referindo, ao recorte de análise utilizado (molar ou molecular), e ao método empregado na pesquisa. Encontramos que, quando há concordância sobre a coerência e instrumentalidade do conceito, esta é encontrada entre os autores que trabalham principalmente com o contexto de aplicação clínica. Concluímos salientando que a idéia de que o conceito de eventos privados é útil à análise do comportamento não é completamente aceita por toda a área, refletindo que ainda são necessárias discussões sobre o conceito de eventos privados e sobre o tratamento analítico-comportamental da subjetividade.
Abstract: Behavior Analysis distinguishes itself from other kinds of behaviorism by its original treatment for subjectivity. The concept of private events has been used in behavior-analytic literature as a major topic in the theme, allowing the scientist and the professional to deal with events inaccessible to public observation because of an instrumental criterion of truth. This paper aims to discuss the concept of private events from the standpoint of Pragmatism, a philosophy with which Behavior Analysis has been associated. Considering James and Rortys publications, the relevant implications of using the term private events are examined and the validity of such a concept to approach problems related to subjectivity is discussed using three analytical categories: (1) Implications of a relational verbal approach to the analysis of the issues concerning privacy; 2) Absence of a consensual view on the coherence between the concept of private events and the behavioral-analytic system; and 3) Functions of the concept of private events. We point out how is elaborated the importance of language for the definition of private world in behavior-analytic and also we point out the influence of that for a relational approach of subjectivity. We argue that behavior analysts have been using the term private events under control of phenomena with different nature and complexity, resulting in an absence of consensus about the coherence of the term with Behavior Analysis. When there is some consensus on this, there is a lack of consensus about the instrumentality of the concept. Thus, the coherence and the instrumentality of the concept of private events is conditioned to (1) which events the scientist or the professional is referring to, (2) the level of analysis (molar or molecular), and (3) the method used in the research. We found that, when there is some agreement about the coherence and the instrumentality of the concept, it is restricted to the papers dealing mainly with the context of clinical application. We conclude by stressing that the idea that the concept of private events is useful for Behavior Analysis is not fully accepted in the area, showing that more discussion on the concept of private events and the conceptual treatment of subjectivity is still needed.
Keywords: Behaviorismo
Subjetividade
Comportamento
Eventos privados
Pragmatismo
CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA::PSICOLOGIA EXPERIMENTAL::ESTADOS SUBJETIVOS E EMOCAO
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
Institution Acronym: UFPA
Department: Núcleo de Teoria e Pesquisa do Comportamento
Program: Programa de Pós-Graduação em Teoria e Pesquisa do Comportamento
Appears in Collections:Dissertações em Teoria e Pesquisa do Comportamento (Mestrado) - PPGTPC/NTPC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_DiscussaoUsosTermo.pdf773.36 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons