Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/1911
metadata.dc.type: Dissertação
Issue Date: Mar-2008
metadata.dc.creator: SILVA, Flávia Teresa Neves
metadata.dc.contributor.advisor1: SOUZA, Carlos Barbosa Alves de
Title: Discriminação simples com mudanças sucessivas na função dos estímulos em bebês
Other Titles: Sucessive shifts of simple discrimination in infants
metadata.dc.description.sponsorship: CNPq - Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico
Citation: SILVA, Flávia Teresa Neves. Discriminação simples com mudanças sucessivas na função dos estímulos em bebês. 2008. 36 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Pará, Instituto de Filosofia e Ciências Humanas, Belém, 2008. Programa de Pós-Graduação em Teoria e Pesquisa do Comportamento.
metadata.dc.description.resumo: Este trabalho investigou em três bebês, que tinham entre 10 e 14 meses no início do estudo, a aprendizagem de discriminações simples com mudanças sucessivas na função dos estímulos (DSMS), considerando que esse repertório pode facilitar a aprendizagem de discriminações condicionais por identidade (DCI), um possível pré-requisito no desenvolvimento de repertórios simbólicos mais complexos. A tarefa consistia na apresentação de figuras animadas (GIFs) em uma tela sensível ao toque, com um arranjo que simulava a configuração de um treino de DCI: em uma tentativa de discriminação simples, primeiro um estímulo (estímulo isolado EI) era apresentado e responder a ele produzia seu desaparecimento, reforço e a apresentação simultâneas de dois ou três estímulos, um deles o EI, o estímulo correto (S+). Foram programadas oito tentativas por sessão. O treino foi planejado para iniciar com uma discriminação simples com dois estímulos, com mudança na função dos estímulos, até que três estímulos diferentes tivessem funcionado uma vez como S+ e outra como S-. Após essa etapa passaria a ser apresentado três estímulos na mesma tentativa, até que cada um deles tivesse funcionado como S+ e S- (um ciclo de treino de DSMS). Depois disso o mesmo procedimento seria repetido com a redução de 50% do reforçamento nas apresentações do EI a cada ciclo de treino, até sua retirada total. Os resultados mostraram que as crianças somente alcançaram a etapa inicial do treino de DSMS planejado: duas mostraram evidência de aprendizagem de DSMS com dois estímulos e uma de discriminação simples também com dois estímulos. Das diversas manipulações que foram feitas procurando favorecer a permanência das crianças na tarefa e a aprendizagem da mesma, a que pareceu gerar melhores resultados foi a substituição dos conjuntos de estímulos ao longo do treino. Discute-se como essa manipulação, caracterizada como um treino de múltiplos exemplares de determinado repertório discriminativo, pode ser usada para ensinar DCI para crianças com menos de dois anos.
Abstract: This study investigated with three infants, 10 to 14 months-old at the beginning of the experiment, the acquisition of successive shifts of simple discrimination (SSSD), considering that this repertoire can facilitate the identity matching-to-sample (IDMTS) learning, a potential prerequisite for the development of more complex symbolic repertoires. The task consisted of presenting GIFs figures on a touchscreen with a display simulating an IDMTS training: in a simple discrimination trial, first one stimulus alone (SA) was showed and responses to it produced its disappearance, reinforcement and simultaneous presentation of two or three stimuli, one of them the SA, the correct stimulus (S+). Eight trials were programmed by session. The training was intended to initiate by simple discrimination with two stimuli with successive shifts until three different stimuli had functioned once as S+ and once as S- once. Afterwards, simple discrimination training with three stimuli was carried out, until each stimulus had functioned as S+ and S- (one SSSD training cycle). Later, the same procedure would be repeated with a decrease of 50% in reinforcement of the SA presentations for each training cycle, until its total withdraw. Infants reached only the first stage of SSSD training: two participants have learned SSSD with two stimuli and one simple discrimination with two stimuli. The replacement of the stimulus sets throughout the training seems to have generated the best results between the several manipulations intended to favor infants engagement in the task as well as the acquisition of the discriminations. That manipulation, characterized as multiple-exemplar training of certain discriminative repertoire, could be used to teach IDMTS to infants.
Keywords: Aprendizagem discriminativa
Aquisição de linguagem
Estímulo/resposta
Psicologia infantil
Crianças
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA::PSICOLOGIA EXPERIMENTAL
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
metadata.dc.publisher.initials: UFPA
metadata.dc.publisher.department: Núcleo de Teoria e Pesquisa do Comportamento
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Teoria e Pesquisa do Comportamento
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Dissertações em Teoria e Pesquisa do Comportamento (Mestrado) - PPGTPC/NTPC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_DiscriminacaoSimplesMudancas.pdf316,62 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons