Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/1983
metadata.dc.type: Dissertação
Issue Date: 30-Mar-2009
metadata.dc.creator: SOUZA, Ana Paula Vieira e
metadata.dc.contributor.advisor1: ALVES, Laura Maria Silva Araújo
Title: As culturas infantis no espaço e tempo do recreio: constituindo singularidade sobre a criança
metadata.dc.description.sponsorship: CAPES - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
Citation: SOUZA, Ana Paula Vieira e. As culturas infantis no espaço e tempo do recreio: constituindo singularidade sobre a criança. 2009. 165 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Pará, Instituto de Ciências da Educação, Belém, 2009. Programa de Pós-Graduação em Educação.
metadata.dc.description.resumo: Esta pesquisa teve como objetivo investigar as culturas infantis no recreio e seguiu a linha sócio-histórica que entende a criança como sujeito histórico e social produtor de cultura. Objetivei como foco principal apreender as culturas infantis das crianças da escola pública do município de Belém por meio da emissão de enunciados discursivos no seu horário de recreio, as culturas produzidas no universo atual da infância. A abordagem discursiva foi a perspectiva adotada no processo de investigação, pois permitiu depreender o significado e sentido que as crianças atribuem ao tempo escolar destinado ao recreio; historiar como o tempo do recreio foi sendo estabelecido pela legislação brasileira, de um modo geral, e pelos documentos do Estado do Pará e da cidade de Belém, em particular. 93 crianças participaram do estudo na faixa etária de 09 a 11 anos das séries 3 e 4 do Ensino Fundamental. Utilizei como instrumentos de recolha de dados a observação exploratória e o questionário. As análises foram organizadas em 07 eixos temáticos que emergiram dos enunciados das crianças. O aporte teórico para as análises dos dados coletados fundamentou-se na perspectiva histórica e nas teorizações de Mikhail Bakhtin sobre discurso, as interações dialógicas e a constituição do sujeito. Os fundamentos teóricos sobre a infância e as culturas infantis vieram de Sarmento e Pinto, Steinberg e Kincheloe, Quinteiro, Kramer. Os enunciados das crianças revelam o sentido e significado do recreio como momento para o brincar, os jogos, as conversas, tempo de diversão, prazer e satisfação. As culturas infantis presentes e produzidas pelas crianças no recreio são as brincadeiras, os jogos, a televisão, a internet, a leitura, entre outros. Além disso, os dados apontam práticas de interações vinculadas ao trabalho infantil e atividades de aprendizagem no contexto escolar. Para algumas crianças é tempo de ficar sem fazer nada, é tudo igual, tempo de ficar triste. As crianças revelam as interações com os adultos como conversar com o guarda e com a professora Belinha. Portanto, o recreio é um espaço mágico e deve ter seu tempo independente do horário da merenda escolar.
Abstract: This research had as objective to investigate the infantile cultures in the recreation and followed the partner-historical line that the child understands as subject description and social producer of culture. I objectified as main focus to apprehend the infantile cultures of the children of the public school of the city of Belém by means of the emission of discursivos statements in its schedule of recreation, the cultures produced in the current universe of infancy. The discursiva boarding was the perspective adopted in the invetigação process, therefore it allowed to infer the meaning and sensible that the children attribute to the pertaining to school time destined to the recreation; to historiar as the time of the recreation was being established for the Brazilian legislation, in a general way, and for documents of the State of Pará and the city of Belém, in particular. 93 children had participated of the study in the etária band of 09 the 11 years of the series 3 and 4 of Basic Ensino. I used as instruments of retraction of data the exploratória comment and the questionnaire. The analyses had been organized in 07 thematic axles that had emerged of the statements of the children. It arrives in port it theoretical for the analyses of the collected data was based on the historical perspective and the dialógicas teorizações of Mikhail Bakhtin on speech, interactions and the constitution of the citizen. The theoretical beddings on the infantile infancy and cultures had come of Sarmento and Pinto, Steinberg and Kincheloe, Quinteiro, Kramer. The statements of the children disclose to the direction and meaning of the recreation as moment to play it, the games, the colloquies, time of diversion, pleasure and satisfaction. The cultures infantile gifts and produced by the children in the recreation are the tricks, the games, the television, the Internet, the reading, among others. Moreover, the data point practical of entailed interactions to the infantile work and activities of learning in the pertaining to school context. For some children it is time to be without making nothing, is all equal one, time to be sad. The children disclose the interactions with the adults as to talk with the guard and the Belinha teacher. Therefore, the recreation is a magical space and must have its independent time of the schedule of merenda pertaining to school.
Keywords: Belém - PA
Cultura
Crianças
Recreação
Educação
Pará - Estado
Amazônia brasileira
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO::FUNDAMENTOS DA EDUCACAO::ANTROPOLOGIA EDUCACIONAL
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
metadata.dc.publisher.initials: UFPA
metadata.dc.publisher.department: Instituto de Ciências da Educação
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Educação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Dissertações em Educação (Mestrado) - PPGED/ICED

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_CulturasInfantinsEspaco.pdf1,68 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons