Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufpa.br:8080/jspui/handle/2011/2835
Tipo: Dissertação
Data do documento: 1-Nov-2011
Autor(es): PINTO, Álvaro José de Almeida
Primeiro(a) Orientador(a): ROSA FILHO, José Souto
Primeiro(a) coorientador(a): FERREIRA, Maria Auxiliadora Pantoja
Título: Biologia reprodutiva de Sabellaria wilsoni (Polychaeta: Sabellaridae) na ilha de Algodoal-Maiandeua (Pará)
Agência de fomento: CAPES - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
Citar como: PINTO, Álvaro José de Almeida. Biologia reprodutiva de Sabellaria wilsoni (Polychaeta: Sabellaridae) na ilha de Algodoal-Maiandeua (Pará). 2011. 64 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Pará, Instituto de Estudos Costeiros, Bragança, 2011. Programa de Pós-Graduação em Biologia Ambiental.
Resumo: O Polychaeta Sabellaria wilsoni ocorre a partir do Golfo do México até a Argentina, e constrói recifes de areia da zona intertidal até 25 m de profundidade. Esses recifes desempenham um papel importante na estruturação e funcionamento dos ecossistemas de praias arenosas na Costa da Amazônia. Este trabalho estudou a biologia reprodutiva de S. wilsoni na Ilha de Algodoal (PA, Brasil), descrevendo proporção entre os sexos, o processo gametogénicos e o período de reprodução. A amostragem ocorreu mensalmente entre maio de 2008 e abril de 2009. No laboratório 100 indivíduos foram escolhidos aleatoriamente e medidos (comprimento total - a partir do opérculo até o início do funil anal), e destes, 20 foram preparados para estudo histológico. As lâminas foram observadas em microscópio óptico para descrever estruturas reprodutivas, e para determinar o sexo e estágio de maturação. O tamanho dos organismos variou de 4,5 ± 1,89 milímetros para 11,5 ± 2,83 mm, com as fêmeas maiores e mais numerosas do que os machos (razão sexual 0.6:1 - M: F). Os gametas femininos se desenvolvem nas projeções dos vasos sanguíneos e são posteriormente liberadas no celoma. Nos machos a espermatogênese é associada aos septos intersegmentares, e o esperma é liberado no celoma. Gametas são liberados no meio externo por meio de nefrídios e a fecundação é externa. A reprodução ocorre durante todo o ano com picos em setembro-novembro e março-abril. Mas o principal fator para reprodução, é um aumento na hidrodinâmica em agosto, como uma adaptação do Polychaeta para a destruição de recifes futuro, que ocorre entre outubro e novembro, e um aumento de espaço disponível para a colonização, depois da destruição de recifes.
Abstract: The Polychaeta Sabellaria wilsoni occurs from the Gulf of Mexico to Argentina, building sandy reefs from the intertidal zone to 25 m depth. These reefs play an important role in structuring and functioning of sandy beach ecosystems in the Amazon Coast. This work studied the reproductive biology of S. wilsoni in Algodoal Island (PA, Brazil), describing sex ratio, gametogenic process and breeding period. Sampling occurred monthly between May 2008 and April 2009. In the laboratory 100 individuals were randomly chosen and measured (total length – from the operculum to the beginning of the anal funnel); and from these, 20 specimens were prepared for histological studies. Slides were observed under optical microscope to describe reproductive structures, and to determine sex and maturation stage (based on a four grade scale). The size of organisms ranged from 4.5 ± 1.89 mm to 11.5 ± 2.83 mm, with females larger and more numerous than males (sex ratio 0.6:1 - M:F). Female gametes develop on projection of blood vessels and are subsequently released into the coelom. In males spermatogenesis is associated with intersegmental septa wall, and sperm is released into the coelom. Gametes are released to the environment through nephridia and fertilization is external. Reproduction occurs all year round with peaks on September-November and March-April. The main cues to reproduction are an increase in hydrodynamics on August, as an adaptation of the Polychaeta to the future reef destruction, which occurs between October and November; and an increase of space available for colonization, after the reef destruction.
Palavras-chave: Polychaeta Sabellaria
Organismos marinhos
Biologia reprodutiva
Costa - Ilha de Algodoal/Maiandeua (PA)
CNPq: CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::OCEANOGRAFIA::OCEANOGRAFIA BIOLOGICA:: INTERACAO ENTRE OS ORGANISMOS MARINHOS E OS PARAMETROS AMBIENTAIS
CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::ECOLOGIA::ECOLOGIA DE ECOSSISTEMAS
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Pará
Sigla da Instituição: UFPA
Instituto: Instituto de Estudos Costeiros
Programa: Programa de Pós-Graduação em Biologia Ambiental
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
Aparece nas coleções:Dissertações em Biologia Ambiental (Mestrado) - PPBA/IECOS

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertacao_BiologiaReprodutivaSabellaria.pdf2,68 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons