Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br:8080/jspui/handle/2011/2870
metadata.dc.type: Tese
Issue Date: 29-Jul-2011
metadata.dc.creator: MACCHI, Barbarella de Matos
metadata.dc.contributor.advisor1: NASCIMENTO, José Luiz Martins do
metadata.dc.contributor.advisor-co1: DAMATTA, Renato Augusto
Title: Alterações hematológicas, bioquímicas e histopatológicas no modelo de malária aviária Gallus gallus por Plasmodium gallinaceum: papel do óxido nítrico
metadata.dc.description.sponsorship: CAPES - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
FAPESPA - Fundação Amazônia de Amparo a Estudos e Pesquisas
FAPERJ - Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro
Citation: MACCHI, Barbarella de Matos. Alterações hematológicas, bioquímicas e histopatológicas no modelo de malária aviária Gallus gallus por Plasmodium gallinaceum: papel do óxido nítrico. 2011. 117 f. Tese (Doutorado) - Universidade Federal do Pará, Instituto de Ciências Biológicas, Belém, 2011. Programa de Pós-Graduação em Neurociências e Biologia Celular.
metadata.dc.description.resumo: Malária é uma das doenças infecciosas de maior causa de morte no mundo. Modelos experimentais são necessários para melhor compreensão de mecanismos envolvidos na patogênese de doenças e desenvolvimento de novos tratamentos. Galinhas infectadas com Plasmodium gallinaceum fornecem bom modelo de malária devido a proximidade filogenética com o Plasmodium de humano assim como aspectos clínicos comuns, como a malária cerebral. O presente estudo objetivou investigar a participação do óxido nítrico no desenvolvimento da malária aviária, através do tratamento ou não com aminoguanidina (AG - inibidor da enzima Óxido Nítrico Sintase) in vivo de galinhas infectadas experimentalmente com P. gallinaceum. Foi verificado sobrevida, hematologia clássica, bioquímica sérica e patologia nos animais no percurso da infecção. Observou-se maior sobrevida nos animais tratados com AG, apesar de parasitemias mais elevadas. Houve ainda diminuição nos parâmetros hematológicos e aumento no Volume Corpuscular Médio de hemácias, indicando resposta medular para anemia. Linfopenia e trombocitopenia foram detectadas em animais infectados, com menor proporção nos animais tratados. Monócitos, linfócitos e heterófilos apresentaram aumento de tamanho e alterações que indicam ativação. Trombócitos também aumentaram de tamanho durante a infecção e apresentaram morfologia atípica. Os animais tratados mostraram lesões mais brandas nas secções histopatológicas de cérebro, fígado e baço, além de produção diminuída de NO, mesmo em alta parasitemia, em relação aos animais não tratados. Esses resultados confirmam a participação do mediador químico óxido nítrico na patogênese da malária no modelo experimental aviário.
Abstract: Malaria causes major losses to human populations in the world. Experimental models are needed for a better understanding of the pathological mechanisms of the diseases and the development of new treatments. Chickens infected with Plasmodium gallinaceum constitute an adequate malaria model due to the phylogenetic proximity of this parasite to human Plasmodium as well as similarities in disease manifestation, as cerebral malaria. The aim of the present study was to investigate the role of nitric oxide in avian malaria development in chickens experimentally infected with P. gallinaceum, treated or not with aminoguanidine (AG - nitric oxide synthase inhibitor). Survival, classical hematology, serum biochemistry and pathology was assayed during the development of the disease. The greatest survival was observed in animals treated with AG that also presented higher parasitemia. Decrease in hematological parameters and Mean Corspucular Volume of erythrocytes increase was showed, indicating bone marrow response to anemia. Lymphopenia and thrombocytopenia were detected in infected animals, but not at the same proportion in treated animals. Monocytes, lymphocytes and heterophils showed an increase in size and changes that indicated activation. Thrombocytes were also higher with the infection and with atypical morphology. Treated animals showed fewer lesions in histological sections of brain, liver and spleen, and NO production decreased, principally during high parasitemia, compared to untreated animals. These results characterize the participation of the chemistry mediator nitric oxide in the pathogenesis of malaria in the avian model.
Keywords: Malária
Óxido nítrico
Galinha
Plasmodium gallinaceum
Aminoguanidina
Trombócito
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::MORFOLOGIA
CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::BIOQUIMICA
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
metadata.dc.publisher.initials: UFPA
metadata.dc.publisher.department: Instituto de Ciências Biológicas
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Neurociências e Biologia Celular
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Teses em Neurociências e Biologia Celular (Doutorado) - PPGNBC/ICB

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese_AlteracoesHematologicasHistopatologicas.pdf2,43 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons