Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br:8080/jspui/handle/2011/3009
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creatorJANGOUX, Izabela de Almeida Alves-
dc.date.accessioned2012-10-01T14:20:32Z-
dc.date.available2012-10-01T14:20:32Z-
dc.date.issued2012-02-02-
dc.identifier.citationJANGOUX, Izabela de Almeida Alves. Antônio Tavernard: vida em versos de um flâneur estático. 2011. 103 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Pará, Instituto de Letras e Comunicação, Belém, 2012. Programa de Pós-Graduação em Letras.pt_BR
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/3009-
dc.description.abstractAntônioTavernard is a poet whose literary work has not inspired many cientific studies. The little that is known about him is the little part taught: a sad poet and pessimist and romantic poetry. Therefore, Tavernard´s writing brings more elements than we use to think. The real drama the poet lived represents a lot for the ones who aims to understand his texts, but it shall not be the only way to be followed by Tavernard´s readers. The life he lived on the backyard of his house and the social segregation due to an uncurable illness made possible the revelation of new views over a common situation. This research proposes a different path through Tavernard’s poetry work, recognizing its poetic spaces. With Walter Benjamin’s definition of flâneur, this adjective is applied to the poet on a metaphoric way, because even on a physically static form, he wanders through Belém in the beginning of the 20th century using his feelings and readings, showing the city singularly, much like Baudelaire has once done to Paris.By the reading of many editions of the now exctinct ‘A Semana’ magazine, this research also shows the relation the poet’s work had with a contemporary audience made up by many famous writers from the local scene like, for example, Bruno the Menezes.pt_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Pará-
dc.rightsAcesso Aberto-
dc.subjectTavernard, Antônio, 1908-1936pt_BR
dc.subjectPoeta brasileiropt_BR
dc.subjectBiobibliogafiapt_BR
dc.subjectPará - Estadopt_BR
dc.subjectAmazônia brasileirapt_BR
dc.titleAntônio Tavernard: vida em versos de um flâneur estáticopt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR
dc.publisher.countryBrasil-
dc.publisher.departmentInstituto de Letras e Comunicação-
dc.publisher.initialsUFPA-
dc.subject.cnpqCNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES-
dc.contributor.advisor1CASTILO, Luís Heleno Montoril del-
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/3519128535996125-
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/0236331919303696-
dc.description.resumoAntônio Tavernard é um poeta que até então não inspirou muitos estudos acadêmicos a respeito de sua obra literária. O pouco que se sabe dele é o pouco que se repassou até hoje: um poeta triste, uma poesia pessimista e romântica. No entanto, há muito mais do que parece haver nos versos deixados por Tavernard. A vivência guardada em um chalé no fundo do quintal, o afastamento social por conta de uma doença incurável, possibilitou ao poeta a revelação de outros olhares seus sobre a realidade externa. Este trabalho propõe um percurso diferente pela obra poética de Tavernard, reconhecendo os espaços poéticos existentes na mesma. A partir da definição de flâneur dita por Walter Benjamin, aplica-se ao poeta paraense tal adjetivo de forma metafórica, já que ele, mesmo estático fisicamente, passeia pela Belém do início do século XX através de suas sensações e leituras e retrata, em seus poemas, a cidade de uma forma muito singular, como um dia, Baudelaire fez com Paris. Através da leitura de várias edições da extinta revista A Semana, a pesquisa trata também da relação que a obra do poeta tinha com um público contemporâneo formado por escritores famosos da cena literária local como, por exemplo, Bruno de Menezes.pt_BR
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Letras-
Appears in Collections:Dissertações em Letras (Mestrado) - PPGL/ILC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_AntonioTavernardVida.pdf3,88 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons