Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br:8080/jspui/handle/2011/3275
metadata.dc.type: Dissertação
Issue Date: 30-Apr-2012
metadata.dc.creator: PEREIRA, Gerlany de Fátima dos Santos
metadata.dc.contributor.advisor1: FREITAS, Nádia Magalhães da Silva
Title: Apropriação de conhecimentos científicos: uma abordagem aos alimentos transgênicos
metadata.dc.description.sponsorship: CAPES - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
Citation: PEREIRA, Gerlany de Fatima dos Santos. Apropriação de conhecimentos científicos: uma abordagem aos alimentos transgênicos. 2012. 120 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Pará, Instituto de Educação Matemática e Científica, Belém, 2012. Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências e Matemáticas.
metadata.dc.description.resumo: A abordagem aos alimentos transgênicos (AT) tem adquirido grande importância na sociedade contemporânea, apresentando-se como um tema muito debatido e controverso. Esses debates ocorrem fundamentalmente nos campos ambiental, da saúde, da economia e da ética, entre outros. A presente pesquisa traz no seu âmbito os conhecimentos científicos dos alunos de um curso de Licenciatura em Ciências Biológicas, sobre AT. Sentimos a necessidade de compreender “Quais conhecimentos científicos os discentes do curso de Licenciatura em Ciências Biológicas da Universidade Federal do Pará (UFPA) mobilizam em relação aos alimentos transgênicos?” E, considerando tais conhecimentos “Como se posicionam quando solicitados à tomada de decisão?” Trata-se de estudo qualitativo, realizado no período que compreendeu maio a agosto de 2011, nas dependências do Instituto de Educação Matemática e Científica (IEMCI) da UFPA, mediante o desenvolvimento do Curso de Extensão: “Controvérsias Sociocientíficas no Ensino de Ciências”, com o tema AT. Para o levantamento dos conhecimentos dos discentes, elaboramos um questionário no qual contemplamos também uma questão que solicitava a tomada de decisão em relação ao tema em questão. Os dados relativos aos conhecimentos dos alunos foram organizados e analisados mediante a construção de “Matriz de Cognição Comparada”. Em nossa avaliação, a maioria dos sujeitos da presente pesquisa apresenta conhecimentos pertinentes a respeito do que seja transgênico. A compreensão dos discentes sobre a produção de um AT, em geral, é apresentada de forma coerente ao que encontramos na literatura da área. Observamos quanto aos aspectos positivos da produção desses alimentos, que os argumentos utilizados pelos educandos são muito parecidos com aqueles veiculados pelos proponentes dos AT na literatura específica da área. Quando indagados sobre os aspectos negativos da produção dos AT, observamos preocupações dos sujeitos quanto aos danos ao ambiente e quanto à insuficiência de resultados de estudos conclusivos, no que diz respeito aos benefícios e/ou malefícios desses alimentos. Alguns alunos expressaram preocupações no que diz respeito ao consumo de AT, notadamente dos riscos à saúde. Eles mencionam também nessa questão, a carência de estudos conclusivos em relação à questão dos possíveis maléficos do consumo dos AT. Várias foram as justificativas apontadas pelos alunos para apoio ao consumo dos AT, tais como: o combate à fome, preços mais acessíveis, maior qualidade, durabilidade, maior teor de vitaminas, melhoria na qualidade nutricional desses alimentos e benefícios econômicos. Sobre a tomada de decisão, as respostas foram divididas em favoráveis e contrárias. Para os favoráveis, as respostas foram desde aqueles que acreditam que os transgênicos podem beneficiar a população mundial no combate a fome, até os que pensam nas melhorias nutricionais desses alimentos. Em relação aos alunos que se manifestaram contrários, destacamos os que consideraram a existência de outras formas de melhorar a produção natural de alimentos, e acreditam ser muito mais benéfico para a população o incentivo desta sem o uso de agrotóxicos e pesticidas.
Abstract: The approach to Transgenic Foods (TF) has acquired great importance in contemporary society, presenting itself as a subject much debated and controversial. These discussions occur primarily in the fields: environmental health, economics and ethics, among others. This research presents the scope of scientific knowledge of students in a Bachelor's Degree in Biological Sciences about TF. We feel the need to understand "What the scientific students of the Bachelor's Degree in Biological Sciences, Federal University of Pará mobilize in relation to TF?" And, given such knowledge "How stand when asked to decision making?" This is a qualitative study conducted in the period comprised from may to august 2011, at the premises of the Institute of Education Math and Science, Federal University of Pará, through the development of the Extension Course: "Socio-scientific controversies in Science Teaching," with the TF issue. To survey the knowledge of students, we developed a questionnaire form in which we contemplate also a question calling for decision making in relation to the subject. Data on knowledge of the students were organized and analyzed through the construction of "Matrix of Comparative Cognition". In our evaluation, most subjects of this study provides relevant knowledge about what is transgenic. The understanding of students on the production of an TF, in general, is presented consistently to that found in the literature. We observed about the positive aspects of the production of these foods, the arguments used by students are very similar to those transmitted by the proponents of TF in the literature of the area. When asked about the negative aspects of the production of TF, we observed the subjects' concerns about the damage to the environment and about the lack of conclusive research results, with regard to benefits and / or harmful effects of these foods. Some students expressed concerns regarding the consumption of TF, especially health risks. They also mention that issue, the lack of conclusive studies on the question of possible harmful consumption of TF. There were several reasons cited by students to support the consumption of these foods, such as: the fight against hunger, more affordable, higher quality, durability, higher content of vitamins, improved nutritional quality of food and economic benefits. About the decision, the responses were divided into for and against. For the favorable, responses were from those who believe that GM crops can benefit the world population in the fight against hunger, even those who think these foods in nutritional improvements. Regarding students who protested against those who considered highlight the existence of other ways to improve the natural production of food, and believe to be much more beneficial for the population to encourage this without the use of agrochemicals and pesticides.
Keywords: Alimento transgênico
Conhecimento (Filosofia)
Ciência
Ensino
Curso de Licenciatura em Ciências Biológicas
Pará - Estado
Amazônia brasileira
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO::FUNDAMENTOS DA EDUCACAO::PSICOLOGIA EDUCACIONAL
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
metadata.dc.publisher.initials: UFPA
metadata.dc.publisher.department: Instituto de Educação Matemática e Científica
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências e Matemáticas
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Dissertações em Educação em Ciências e Matemáticas (Mestrado) - PPGECM/IEMCI

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_ApropriacaoConhecimentosCientificos.pdf799,28 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons