Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/3321
Compartilhar:
Type: Artigo de Periódico
Issue Date: Aug-2012
Authors: MOURA, Edila Arnaud Ferreira
CASTRO, Edna Maria Ramos de
Title: Mudanças sociais e gestão ecológica em questão: a experiência de Mamirauá
Citation: MOURA, Edila Arnaud Ferreira; CASTRO, Edna Maria Ramos de. Mudanças sociais e gestão ecológica em questão: a experiência de Mamirauá. Ambiente & Sociedade, São Paulo, v. 15, n. 2, p. 23-50, ago. 2012. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/asoc/v15n2/03.pdf>. Acesso em: 26 dez. 2012. http://dx.doi.org/10.1590/S1414-753X2012000200003.
Resumo: Estudo sobre as mudanças sociais que envolveram as populações tradicionais desde a criação de uma unidade de conservação ambiental, no ano de 1990, na região do Médio Solimões, Amazônia brasileira, com o interesse de conservar uma área reconhecida como o maior ecossistema de várzea do mundo. A análise situa os produtores locais em relação ao mercado ecológico e aos agentes do desenvolvimento sustentável. O estudo se refere a 49 localidades da floresta alagada amazônica, com informações relativas aos anos de 1991 a 2006. A análise identifica os agentes sociais que integram o campo socioambiental que se constrói com as políticas de intervenção socioambiental.
Abstract: Study on the social changes involving traditional population after the creation, in 1990, of an environmental conservation unit in the Mid-Solimões River, Brazilian Amazon aimed to conserve an area known as the largest wetland ecosystem in the world. The analysis places local producers in relation to the ecological market and agents of sustainable development. The study covers 49 localities of the Amazon flooded forest, with information obtained between 1991 and 2006. The analysis identifies the social agents who integrate the socio environmental field constructed with social environmental intervention policies.
metadata.dc.description.resumen: Estudio sobre los cambios sociales que involucran a las poblaciones tradicionales mediante la creación de un ambiente protegido, en 1990, en el rio Solimões, Amazonia brasileña, en interés de la conservación de una zona reconocida como el ecosistema de humedal más grande del mundo . El análisis es los productores locales para el mercado y los agentes de desarrollo sostenible ecológico. El estudio se refiere a 49 ciudades en la selva amazónica inundada, que abarca los años 1991 a 2006. El análisis identifica los agentes sociales que integran el ámbito del medio ambiente, que se construye con políticas de intervención socioambiental.
Keywords: Gestão
Mudança social
Política sócioambiental
Mercado ecológico
Várzea
População ribeirinha
Rio Amazonas
Rio Solimões (Bacia do Amazonas)
Reserva de Desenvolvimento Sustentável Mamirauá - AM
Tefé - AM
Amazonas - Estado
Amazônia brasileira
ISSN: 1809-4422
Appears in Collections:Artigos Científicos - NAEA

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Artigo_MudancasSociaisGestao.pdf799.6 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons