Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/3487
Compartilhar:
Type: Dissertação
Issue Date: 10-Jun-2009
Authors: GIRARD, Thátila Celestino
First Advisor: ROSA FILHO, José Souto
First Co-Advisor: FRÉDOU, Flávia Lucena
Title: Dinâmica populacional de Lepidophthalmus siriboia Felder & Rodrigues, 1993 (Decapoda: Callianassidae) da Ilha de Maiandeua-PA
Sponsor: FAPESPA - Fundação Amazônia de Amparo a Estudos e Pesquisas
Citation: GIRARD, Thátila Celestino. Dinâmica populacional de Lepidophthalmus siriboia Felder & Rodrigues, 1993 (Decapoda: Callianassidae) da Ilha de Maiandeua-PA. 2009. 56 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Pará, Instituto de Ciências Biológicas, Belém, 2009. Programa de Pós-Graduação em Ecologia Aquática e Pesca.
Resumo: Os Thalassinidea são invertebrados marinhos de grande importância na ecologia de ambientes de fundos moles, especialmente dado sua influência nos fluxos de oxigênio, energia e nutrientes e, atividades bioturbadoras. Estes organismos vivem em galerias das quais dependem para diversas necessidades, como proteção, reprodução e alimentação. Em alguns lugares do mundo este grupo tem sido explorado para utilização como isca. A espécie Lepidophthalmus siriboia Felder & Rodrigues, 1993 (Crustacea: Callianassidae) ocorre desde a Flórida até o Brasil. Este estudo tem como objetivo avaliar a dinâmica e a estrutura populacional de L. siriboia na ilha de Maiandeua (PA), associando os processos observados com características ambientais ligadas ao sedimento e à água. As coletas ocorreram mensalmente entre junho de 2007 e maio de 2008, sendo os organismos capturados utilizando bomba de sucção. Em laboratório, os animais foram sexados, medidos e pesados. Nas fêmeas ovígeras foi contado o número de ovos aderidos aos pleópodos. O crescimento foi estimado através da equação de crescimento de Von Bertalanffy que estabelece a relação entre o comprimento total (CT) e a idade (t). Foi capturado um total de 1268 indivíduos (753 machos e 515 fêmeas), cujos comprimentos variaram de 0,3 a 1,85 cm e o peso de 0,01 a 3,09 g. Os comprimentos médios mensais das fêmeas foram significantemente maiores do que dos machos (p<0.05) em quase todos os meses do ano. O comprimento da carapaça e o comprimento do propódio para os machos tiveram alta e significante correlação, com crescimento alométrico positivo para ambos os sexos. O tamanho de primeira maturação obtido foi de 0,7 cm para as fêmeas e 0,6 cm para os machos. Os machos foram proporcionalmente mais abundantes, totalizando 59,4% de todos os organismos capturados (proporção sexual de 1,46 machos: 1 fêmea). Houve predomínio significativo de machos nas classes de comprimento entre 0,2 e 1,2 cm e de fêmeas nas classes de comprimento maior/igual a 1,2 cm. Foram registradas 139 fêmeas ovígeras, na qual a maioria (48,2% do total) ocorreu no intervalo de classe 1,1 a 1,2 cm de comprimento da carapaça. A fecundidade absoluta variou de 0 a 1546 ovos/fêmea, com valor médio de 826,25 ovos/fêmea. Observou-se correlação significativa entre o número de ovos, peso e comprimento da carapaça. As fêmeas tiveram crescimento maior que dos machos, sendo observados valores para machos de L_: 1,63 , K: 1, C: 0,2, WP: 0,18 e para fêmeas; L_: 1,68, K: 0,8, C: 0,2 e WP: 0,09. As estimativas de mortalidade dos machos foram maiores que para as fêmeas em todos os métodos utilizados: curva de captura (Z=1,67 e Z=0,11 para machos e fêmeas), Beverton e Holt (Z=1,9 e Z= 1,76 para machos e fêmeas) e Powell–Wetherall (Z/K=3,98 e Z/K= 2,25 para machos e fêmeas). Foram registrados três pulsos principais, sendo um pulso registrado em novembro, um em fevereiro e outro em maio. Os resultados obtidos permitem concluir: 1. comprimento médio dos machos é inferior ao das fêmeas ao longo do ano; 2. fêmeas são dominantes nas classes de comprimento superiores (_1,2 cm); 3. a reprodução é contínua com a ocorrência de fêmeas ovígeras ao longo do ano; 4. parâmetros de crescimento estimados foram maiores para as fêmeas do que para machos; 5. Fêmeas tiveram redução da taxa de crescimento em janeiro (WP: 0,09) e machos em fevereiro (WP: 0,18); 6. a mortalidade é maior para os machos; 7. Recrutamento ocorre ao longo do ano com três picos pronunciados em novembro, fevereiro e maio.
Abstract: Thalassinidea is marine invertebrate of great importance in the ecology of softbottom environments, especially given its influence on the flow of oxygen, energy and nutrients, and bioturbate activities. These ghost shrimps live in burrows of which depends for your needs, like protection, reproduction and feeding. In some places of the world this group has been exploited as bait. The burrowin shrimp Lepidophthalmus siriboia Felder & Lovett, 1993 (Crustacea: Callianassidae) occurs from Florida to Brazil. This study aim evaluate the structure and dynamic population of L.siriboia in the Maiandeua island (PA), associating processes observed with environmental characteristics related to sediment and water. Samples were taken monthly between June 2007 and May 2008, with a suction pump. In laboratory, animals were sexed, measured and weighed. In ovigerous females was counted the numbers of eggs in pleopods. The growth was estimated through the von Bertalanffy model that determines the relationship between carapace length (CC) and age (t). A total of 1268 organisms were captured (753 males and 515 females), which lengths ranged from 0,3 to 1,85 cm and the weight from 0,01 to 3,09g. The females monthly mean length was significantly higher than males (p<0,05) in almost months of the year. The carapace length and weight was high and significant correlation to males and females, with length positive allometric to both sexes. The size of first maturation reached was 0,7 cm to females and 0,6 cm to males. Males were proportionally more abundant, totalizing 59,4% of all organisms captured (sex ratio of 1,46 males: 1 female). There was a significant predominance of males in size classes between 0,3 and 1,2 cm and females in the size classes higher/equal than 1,2 cm. There was registred 139 ovigerous females, in which the majority (48,2%) occurred in the class interval 1,1 to 1,2 cm of carapace length. Absolute fecundity ranged of 0 to 1546 eggs/female, with average 826,25 eggs/female. There was positive and significative correlation between the numbers of eggs and the female weight. The growth female was smaller than males, and observed values for males of L_: 1,63 , K: 1, C: 0,2, WP: 0,18 e to females; L_: 1,68, K: 0,8, C: 0,2 e WP: 0,09. Mortality estimates of males were higher than females in all method used: catch curve (Z=1,67 e Z=0,11 to males and females), Beverton & Holt (Z=1,9 e Z= 1,76 to males and females) and Powell-Wetherall (Z/K=3,98 e Z/K= 2,25 to males and females). There was registered three recruitment pulses in November, February and May. The results showed : 1. males mean length is smallest than females throughout the year; 2. females are dominants in the size classes higher (_1,2 cm); 3. The reproduction is continuous with ovigerous females throughout the year; 4. growth parameters calculated was higher for males than females; 5. Females had reduced growth rate in January (WP:0,09) and males in February (WP:0,18); 6. the mortality is higher to males; 7. recruitment occurs throughout the year with three pronounced peaks in November, February and May.
Keywords: Crustáceo
Thalassinidea
Dinâmica populacional
Ecologia aquática
Praia da Beira - PA
Ilha de Algodoal/Maiandeua - PA
Pará - Estado
Amazônia brasileira
CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::ECOLOGIA::ECOLOGIA DE ECOSSISTEMAS
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
Institution Acronym: UFPA
Department: Instituto de Ciências Biológicas
Program: Programa de Pós-Graduação em Ecologia Aquática e Pesca
Appears in Collections:Dissertações em Ecologia Aquática e Pesca (Mestrado) - PPGEAP/ICB

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_DinamicaPopulacionalLepidophthalmus.pdf433.93 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons