Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/3653
metadata.dc.type: Dissertação
Issue Date: 2003
metadata.dc.creator: GADELHA, Maria Apolônia da Costa
metadata.dc.contributor.advisor1: REZENDE, Manoel Barbosa de
Title: Prevalência da infecção pelo vírus da hepatite B em duas comunidades ribeirinhas de afluentes do Tocantins
Citation: GADELHA, Maria Apolônia da Costa. Prevalência da infecção pelo vírus da hepatite B em duas comunidades ribeirinhas de afluentes do Tocantins. 2003. 36 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Pará, Núcleo de Medicina Tropical, Belém, 2003. Programa de Pós-Graduação em Doenças Tropicais.
metadata.dc.description.resumo: A infecção pelo vírus da hepatite B atinge cerca de 5% da população mundial, existindo áreas de alta, intermediária e baixa endemicidade de acordo com a variação dos índices de prevalência. O estudo objetiva avaliar a prevalência da infecção pelo vírus da hepatite B (HBV) em duas comunidades ribeirinhas de afluentes do Tocantins, com o intuito de contribuir com programas de controle de hepatites virais para a região amazônica. Foram avaliados 58 pacientes residentes no município de Igarapé-Miri (Panacuera e Pindobal Grande). A pesquisa dos marcadores sorológicos para HBV (HBsAg, anti-HBs e anti-HBc), revelou ausência do HBsAg em ambas as comunidades; enquanto que o anti-HBc mostrou-se positivo em 3,84% dos pacientes em Panacuera e em 12,5% no Pindobal Grande. O anti-HBs apresentou positividade de 3,4% em Panacauera e de 6,25% em Pindobal Grande. Diante destes resultados, constatamos que os índices de prevalência da infecção pelo HBV em ambas as comunidades foram baixos em relação aos encontrados em outras áreas da Amazônia. No entanto, esses marcadores devem ser considerados durante a escolha de doadores dentro da comunidade em virtude do risco de hepatite pós-transfusional. A prevenção por meio de vacinas deve ser realizada, pois os indivíduos dessas comunidades por apresentarem fatores de risco, ficam predispostos ao contágio e a possibilidade de evolução para a cirrose, e a hepatocarcinomas.
Abstract: The infection by the hepatitis B virus reaches 5% of the world population, with areas of low, intermediate, and high endemism according to the variation in prevalence rates. The study aims to evaluate the prevalence of infection with hepatitis B virus (HBV) in two tributaries of the river communities of Tocantins, in order to assist with control of viral hepatitis for the Amazon region. We evaluated 58 patients living in the city of Igarapé-Miri (Panacuera and Pindobal Grande). The survey of serological markers for HBV (HBsAg, anti-HBs and anti-HBc), revealed the absence of HBsAg in both communities, while anti-HBc was positive in 3.84% of patients and in 12 Panacuera 5% at Pindobal Grande. The anti-HBs was positive in 3.4% and 6.25% Panacauera in Pindobal Grande. Given these results, we found that the prevalence rates of HBV infection in both communities were low compared to those found in other areas of the Amazon. However, these markers should be considered during the selection of donors within the community because of the risk of post-transfusion hepatitis. Prevention through vaccination should be done because individuals in these communities because they have risk factors, are predisposed to infection and may progress to cirrhosis, and hepatocellular carcinoma.
Keywords: Vírus da hepatite B
Prevalência
Diagnóstico laboratorial
Doenças transmissíveis
Igarapé-Miri - PA
Manaus - AM
Pará - Estado
Amazonas - Estado
Amazônia brasileira
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::SAUDE COLETIVA::SAUDE PUBLICA
CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::MEDICINA::CLINICA MEDICA::DOENCAS INFECCIOSAS E PARASITARIAS
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
metadata.dc.publisher.initials: UFPA
metadata.dc.publisher.department: Núcleo de Medicina Tropical
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Doenças Tropicais
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Dissertações em Doenças Tropicais (Mestrado) - PPGDT/NMT

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_PrevalenciaInfeccaoVirus.pdf185,5 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons