Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br:8080/jspui/handle/2011/3769
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creatorMATOS, Gyselly de Cássia Bastos de-
dc.date.accessioned2013-04-30T14:41:59Z-
dc.date.available2013-04-30T14:41:59Z-
dc.date.issued2009-
dc.identifier.citationMATOS, Gyselly de Cássia Bastos de. Características epidemiológicas relativas à doença dental e infecção por Helicobacter pylori na cavidade oral de estudantes em Belém-Pará. 2009. 89 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Pará, Núcleo de Medicina tropical, Belém, 2009. Programa de Pós-Graduação em Doenças Tropicais.pt_BR
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/3769-
dc.description.abstractThe infection by Helicobacter pylori is one of the most common in humans and despite having tropism by stomach, can be found in the oral cavity, maintaining a commensal relationship with the host, while dental caries is also an infectious disease and results from the metabolism of the bacterial plaque. Both infections are highly prevalent in developing countries, since these populations are more exposed to environmental risk factors, and are usually acquired during childhood. The prevalence of these infections was investigated in the oral cavity of school children with no symptoms of gastric diseases, from a population of Belém-Pa, in relation to some parameters of oral hygiene and health, socioeconomic conditions and genetic susceptibility factors like the ABO and Lewis blood groups. Were investigated 104 patients, with average age of 17 years. Of all the participants were collected saliva samples and dental plaque. Saliva was collected to identify the ABO and Lewis state secretor and estimation of salivary parameters, and both, saliva and plaque samples were collected for molecular analysis of 16S rRNA genes of H. pylori and FUT2. H. pylori was detected in 79.8% of the students, with a frequency of 66.35% in dental plaque and 58.65% in saliva. The caries prevalence was 82.8% in the population studied. The clinical evaluation of oral health showed that the average CPO-D found was 3.53. It was observed that the caries experience tends to increase as in addition to age and the H. pylori infection was higher in early childhood. The education level and number of dentist visits showed significant differences in relation to the presence of H. pylori. The phenotypic distribution of ABO and Lewis blood groups did not differ significantly between infected and uninfected individuals, explaining there is greater genetic susceptibility to infection by H. pylori and dental caries. Throughout this analysis, the high frequencies found prove the need for care and treatment of dental diseases, such as caries and it is suggested that H. pylori in the oral cavity can contribute to infection and re-infection of the stomach after treatment.pt_BR
dc.description.sponsorshipCAPES - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior-
dc.language.isoporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Pará-
dc.rightsAcesso Aberto-
dc.subjectHelicobacter pyloript_BR
dc.subjectCárie dentáriapt_BR
dc.subjectSaúde bucalpt_BR
dc.subjectBocapt_BR
dc.subjectPrevalênciapt_BR
dc.subjectBelém - PApt_BR
dc.subjectPará - Estadopt_BR
dc.subjectAmazônia brasileirapt_BR
dc.titleCaracterísticas epidemiológicas relativas à doença dental e infecção por Helicobacter pylori na cavidade oral de estudantes em Belém-Parápt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR
dc.publisher.countryBrasil-
dc.publisher.departmentNúcleo de Medicina Tropical-
dc.publisher.initialsUFPA-
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::SAUDE COLETIVA-
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::GENETICA::GENETICA MOLECULAR E DE MICROORGANISMOS-
dc.contributor.advisor1CORVELO, Tereza Cristina de Oliveira-
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/7253864056606024-
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/5590768175795741-
dc.description.resumoA infecção pela Helicobacter pylori é uma das mais comuns em humanos e apesar de possuir tropismo pelo estômago, pode ser encontrada na cavidade oral, mantendo uma relação comensal com o hospedeiro, enquanto a cárie dental também é uma doença infecciosa e resulta do metabolismo da placa bacteriana. Ambas as infecções apresentam alta prevalência em países em desenvolvimento, pois estas populações estão mais expostas a fatores ambientais de risco, e normalmente são adquiridas durante a infância. A prevalência destas infecções foi investigada na cavidade oral de escolares assintomáticos para doenças gástricas, provenientes de uma população de Belém-Pa, relacionando-se a alguns parâmetros de higiene e saúde bucal, condição socioeconômica e fatores de susceptibilidade genética como os grupos sanguíneos ABO e Lewis. Foram investigados 104 indivíduos, com idade média de 17 anos. De todos os participantes foram coletadas amostras de saliva e placa dental. A saliva foi coletada para identificação do estado secretor ABO e Lewis e estimação dos parâmetros salivares, e ambas, saliva e placa dental, foram coletadas para analise molecular dos genes 16S RNAr da H. pylori e FUT2. A H. pylori foi detectada em 79,8% dos escolares, com freqüência de 66,35% na placa dental e 58,65% na saliva. A prevalência de cárie foi de 82,8% na população estudada. A avaliação clínica da saúde bucal mostrou que o CPO-D médio encontrado foi de 3,53. Observou-se que a experiência de cárie tende a aumentar à medida que acresce a idade e que a infecção por H. pylori foi maior na primeira infância. O grau de instrução e o número de visitas ao dentista mostraram diferenças significantes em relação a presença de H. pylori. A distribuição fenotípica dos grupos sanguíneos ABO e Lewis não mostrou diferenças significantes entre indivíduos infectados e não-infectados, que expliquem haver maior susceptibilidade genética para infecção por H. pylori e cárie dental. No conjunto desta analise as elevadas freqüências encontradas denotam a necessidade de cuidados e tratamento das doenças dentais, como a cárie e sugere-se que a H. pylori na cavidade oral pode contribuir para a infecção e re-infecção do estômago após tratamento.pt_BR
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Doenças Tropicais-
Appears in Collections:Dissertações em Doenças Tropicais (Mestrado) - PPGDT/NMT

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_CaracteristicasEpidemiologicasRelativas.pdf736,21 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons