Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/3892
Compartilhar:
Type: Dissertação
Issue Date: 2010
Authors: ATAIDE, Patrícia Marques de
First Advisor: VIEIRA, José Luiz Fernandes
Title: Validação de metodologia analítica por cromatografia liquida de alta eficiencia (CLAE), para determinação de mefloquina e carboximefloquina em amostras de sangue total adsorvidas em papel de filtro, em pacientes com malária por Plasmodium falciparum
Citation: ATAIDE, Patrícia Marques de. Validação de metodologia analítica por cromatografia liquida de alta eficiencia (CLAE), para determinação de mefloquina e carboximefloquina em amostras de sangue total adsorvidas em papel de filtro, em pacientes com malária por Plasmodium falciparum. 2010. 65 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Pará, Núcleo de Medicina tropical, Belém, 2010. Programa de Pós-Graduação em Doenças Tropicais.
Resumo: Dentre os principais desafios para o controle da malária no Brasil e no mundo, o advento da resistência do plasmódio, em especial do Plasmodium falciparum, se apresenta como o de maior relevância. A mefloquina é o fármaco de primeira linha para o tratamento da malária falciparum, e a disponibilidade de métodos sensíveis e baixo custo para monitorização das concentrações sanguíneas do fármaco e da carboximefloquina auxilia na otimização dos esquemas terapêuticos. Neste sentido, foi validada metodologia analítica, de acordo com parâmetros sugeridos pelos órgãos regulamentadores oficiais, para determinação de mefloquina e seu derivado carboxilado em amostra de sangue total adsorvida em papel de filtro. Foi empregado cromatografia líquida de alta eficiência após extração líquido-líquido dos analitos de interesse. A detecção foi realizada em λ = 222nm. Não foi observada interferência de outros antimaláricos comumente utilizados. O método foi linear em intervalo de concentração de 0,25 a 2,5 μg/mL, para mefloquina e seu derivado carboxilado. O limite de detecção foi de 35 ng/mL e do de quantificação de. 70 ng/mL, para mefloquina e carboximefloquina, respectivamente. A precisão intra ensaio média foi 31±4 % para mefloquina e de 21±5 % para carboximefloquina. A precisão inter ensaio média foi de e 38±4% para mefloquina e de 25±7% para carboximefloquina. A recuperação média para concentrações de mefloquina variando de 0,25 a 2,5 μg/mL foi de 83± 14%, e de carboximefloquina nas concentrações de 0,375 a 3740 μg/mL foi de 88±11%. O fármaco foi estável nas amostras adsorvidas em papel de filtro pelo período de um mês. O método foi robusto para pequenas variações de pH da fase móvel. Para avaliar a aplicabilidade do método foi realizada determinação dos analítos em amostras de sangue adsorvidas em papel de filtro de pacientes com malária falciparum. A concentração média de mefloquina foi de 0,861±0,723 μg/mL e de carboximefloquina de 0,472±0,086 μg/mL. Os parâmetros de validação da metodologia analítica seguem as recomendações propostas pelos órgãos oficiais sendo o método adequado para determinação de mefloquina e carboximefloquina em amostras de sangue total adsorvidas em papel de filtro.
Abstract: Among the main challenges for malaria control in Brazil and in the world, the advent of resistance to the Plasmodium, particularly Plasmodium falciparum, is presented as the most relevant. Mefloquine is a drug of first line for the treatment of falciparum malaria, and the availability of sensitive methods and low cost for monitoring of blood concentrations of the drug and carboxymefloquine assists in the optimization of drug regimens. In this sense, analytical methodology was validated in accordance with the parameters suggested by official regulatory agency for determination of mefloquine and its carboxylated derivative on the whole blood sample adsorbed on filter paper. The method was employed using High Performance Liquid Chromatography after liquid-liquid extraction of the analytes. The detection was performed at 222nm. No interference was observed in other antimalarials commonly used. The method was linear in concentration range from 0.25 to 2.5 μg/mL for mefloquine and its carboxylated derivative. The detection and quantification limits were 35 ng/mL and 70 ng/mL for mefloquine and carboxymefloquine, respectively. The average intra assay precision was 31±4% for mefloquine and 21±5% for carboxymefloquine. The average inter assay precision was 38±4% for mefloquine and 25±7% for carboxymefloquine. The average of recovery for concentrations of mefloquine ranging from 0.25 to 2.5μg/mL was 83±14% and carboxymefloquine varying from 0.375 to 3740 μg/mL was 88±11%. The drug was stable in samples adsorbed on filter paper for a period of a month. . The method showed to be robust for small changes on pH of the mobile phase. To evaluate the applicability of the method was performed determination of analytes in blood samples adsorbed on filter paper from patients with falciparum malaria. The average concentration of mefloquine was 0.861±0.723 μg/mL and carboxymefloquine 0.472±0.086 μg/mL. The validation parameters of the analytical methodology followed the recommendations proposed by the official agencies and the method showed to be appropriate for determination of mefloquine and carboxymefloquine in whole blood samples adsorbed on filter paper.
Keywords: Malária falciparum
Plasmodium falciparum
Mefloquina
Carboximefloquina
Monitorização
CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::FARMACIA::ANALISE E CONTROLE E MEDICAMENTOS
CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::MEDICINA::CLINICA MEDICA::DOENCAS INFECCIOSAS E PARASITARIAS
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
Institution Acronym: UFPA
Department: Núcleo de Medicina Tropical
Program: Programa de Pós-Graduação em Doenças Tropicais
Appears in Collections:Dissertações em Doenças Tropicais (Mestrado) - PPGDT/NMT

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_ValidacaoMetodologiaAnalitica.pdf631,93 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons