Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br:8080/jspui/handle/2011/3959
metadata.dc.type: Tese
Issue Date: 27-Jun-2011
metadata.dc.creator: AMORAS, Walter Wanderley
metadata.dc.contributor.advisor1: SILVEIRA, Luiz Carlos de Lima
Title: Interferentes bio-sócio-ambientais na exposição ao mercúrio em crianças ribeirinhas de diferentes regiões da Amazônia
Citation: AMORAS, Walter Wanderley. Interferentes bio-sócio-ambientais na exposição ao mercúrio em crianças ribeirinhas de diferentes regiões da Amazônia. 2011. 103 f. Tese (Doutorado) - Universidade Federal do Pará, Núcleo de Medicina Tropical, Belém, 2011. Programa de Pós-Graduação em Doenças Tropicais.
metadata.dc.description.resumo: No presente estudo foram analisados possíveis fatores bio-sócio-ambientais interferentes na exposição ao mercúrio em crianças ribeirinhas. Participaram 103 crianças das regiões do rio Tapajós, rio Acará e ilha do Marajó. O tipo de estudo foi seccional analítico. Foram colhidas amostras de cabelo para análise dos teores de Hgtotal, de sangue (análise de hemoglobina e hematócrito) e fezes. Foram utilizados índices antropométricos na análise do crescimento das crianças. Na avaliação do desenvolvimento neuropsicomotor foi aplicado o teste de triagem Denver II modificado. A maior média dos teores de Hgtotal em amostras de cabelo das crianças foi na região do Tapajós (5,58 μg/g) e 0,65 μg/g nas demais localidades. A prevalência de Hgtotal >10 μg/g foi 25% e 7,5% em São Luiz do Tapajós e Barreira. O consumo diário de peixes pelas famílias das crianças quando relacionado com teores de Hgtotal p(valor) foi < 0,05. A prevalência do tempo de amamentação das crianças nos grupos com menos de 12 meses e maior de 6 meses para as localidades do rio Tapajós, quando relacionadas com teores de Hgtotal no cabelo das crianças apresentou p(valor) <0,05. A prevalência de anemia nas crianças da região Tapajós era de 46,7% e quando relacionada com teores de Hgtotal p(valor) <0,0001.Os exames coproscópicos indicaram que 68,3% eram poliparasitadas, quando relacionadas com Hgtotal p(valor) <0,05. O perfil do crescimento observado através dos indicadores do estado nutricional era 82,6% com peso adequado para idade e 14,5% com peso muito baixo e baixo. O desempenho neuropsicomotor examinado pelo teste de triagem Denver II modificado apresentou cinco crianças como suspeitas de atraso no desenvolvimento. Concluiu-se que localidades no entorno de atividades garimpeira as crianças ribeirinhas são expostas ao risco de contaminação mercurial. Fatores bio-sócio-ambientais interferentes na exposição ao mercúrio tais como consumo diário de peixes, tempo de amamentação, anemia, enteroparasitoses apresentaram relações estatísticas significativas com o Hgtotal no cabelo das crianças.
Abstract: The present study examined possible bio-socio-environmental factors interfering in mercury exposure in children riverside. 103 children participated in the regions of the Tapajos and Acará Rivers and Marajó Island. The type of study was performed cross-sectional analysis. Hair samples were collected for analysis of the Hgtotal levels, blood (hemoglobin and hematocrit analysis) and faeces. Anthropometric indices were used to analyze children's growth. In the evaluation of psychomotor development test was applied modified Denver II screening. The highest average of Hgtotal levels in hair samples of children was in the Tapajós region (5.58 mg / g) and 0.65 g / g in other locations. The prevalence of Hgtotal> 10 mg / g was 25% and 7.5% in São Luiz do Tapajós and Barreiras. Daily consumption of fish by the families of the children as it relates to levels of Hgtotal p (value) was <0.05. The prevalence of breastfeeding duration in the groups of children under 12 months and greater than 6 months for locations in the Tapajos River, when Hgtotal related contents in hair of children with p (value) <0.05. The prevalence of anemia in the Tapajós region was 46.7% and when related to Hgtotal levels p (value) <0.0001. The parasitological tests indicated that 68.3% were multiinfested frequent when related Hgtotal p (value) <0.05. The profile of growth observed through the nutritional indicators status was 82.6% normal weight for age and 14.5% with very low weight and low. Psychomotor performance assessed by the Denver II screening test had changed five children as suspicions of developmental delays. It was concluded that in locations around the gold mining activities riverine children are at risk of mercury contamination. Bio-social- environmental factors interfering in exposure to mercury such as daily consumption of fish, length of breastfeeding, anemia, intestinal parasites showed significant statistical relationships with Hgtotal in the children's hair.
Keywords: Mercúrio
Crianças
Fatores interferentes
População ribeirinha
Poluição ambiental
Rio Acará - PA
Rio Tapajós - PA
Ilha de Marajó - PA
Pará - Estado
Amazônia brasileira
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::SAUDE COLETIVA::SAUDE PUBLICA
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
metadata.dc.publisher.initials: UFPA
metadata.dc.publisher.department: Núcleo de Medicina Tropical
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Doenças Tropicais
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Teses em Doenças Tropicais (Doutorado) - PPGDT/NMT

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese_InterferentesBioSocio.pdf878,89 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons