Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufpa.br:8080/jspui/handle/2011/3986
Tipo: Artigo de Periódico
Data do documento: Jun-2001
Autor(es): ÁLVARES, Sandra Maria Miranda
ASSIS, Grauben José Alves de
ESTEVES, Isabel Paulino
SAMPAIO, Maria Elizângela Carvalho
Título: Discriminações condicionais sem conseqüências diferenciais em crianças: efeitos da história de treino precoce de simetria
Título(s) alternativo(s): Conditional discriminations without immediate differential consequences in children: effects of training and previous symmetry test history
Citar como: ÁLVARES, Sandra Maria Miranda, et al. Discriminações condicionais sem consequências diferenciais em crianças: efeitos da história de treino precoce de simetria. Estudos de Psicologia (Natal), Natal, v. 6, n. 1, p. 07-20, jan./jun. 2001. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/epsic/v6n1/5328.pdf>. Acesso em: 05 jun. 2013. <http://dx.doi.org/10.1590/S1413-294X2001000100002>.
Resumo: O presente estudo avaliou a formação de classes de estímulos através de um treino de duas discriminações condicionais (AB e AC) com pareamento consistente modelo-comparação correta, sem conseqüências diferenciais imediatas e fading, aplicando-se testes de simetria e de equivalência após cada bloco de treino. Participaram quatro crianças do pré-escolar que foram expostas ao procedimento de ensino, em duas etapas: na Etapa 1, com estímulos usuais e na Etapa 2 com estímulos não usuais Para cada modelo, três estímulos de comparação foram apresentados simultaneamente. Cada modelo foi emparelhado consistentemente, com os estímulos de comparação, sendo que o estímulo de comparação correto e o modelo apareceram em fading ao longo do treino. Relações simétricas foram demonstradas com dois participantes na Etapa 1, mas não ocorreram relações emergentes na Etapa 2. Dois participantes transferiram o desempenho obtido de uma etapa para outra com o treino discriminativo, como uma espécie de learning set arbitrário. Os resultados indicam que a sequência de treino com estímulos usuais e não usuais e a natureza dos estímulos na Etapa 1 foram variáveis relevantes.
Abstract: This study evaluated the formation of stimuli classes through two different conditional relations (AB and AC). It used the consistency matching procedure, without immediate differential reinforcement and fading. After each training block, a symmetry or equivalence test was applied. The participants were four pre-school children and were exposed to a teaching procedure divided in two separated steps. At Step 1, usual stimuli were used. And at Step 2, non-usual stimuli were presented. For each sample, three comparison stimuli were appeared at the same time, one of those was consistently matched with a established sample. Both stimuli (correct comparison and sample) were faded during the training. Symmetry was observed in the performances of two participants on Step 1, but there were not emergent relations obtained in Step 2. Two participants transferred the obtained acting in a step to the other, as a type of arbitrary learning set. The results indicate that the sequence of training and tests and the nature of the stimuli at the first step were important variable for successful performance.
Palavras-chave: Ensino pré-escolar
Crianças
Estímulo/resposta
Pareamento consistente
Relação de estímulo
ISSN: 1413-294X
1678-4669
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
Aparece nas coleções:Artigos Científicos - NTPC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo_DiscriminacoesCondicionaisSem.pdf196,58 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons