Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/4063
metadata.dc.type: Tese
Issue Date: 25-Mar-2013
metadata.dc.creator: COSTA, Ghislaine Dias da
metadata.dc.contributor.advisor1: ROCHA, Genylton Odilon Rêgo da
Title: A educação como transgressão: nos horizontes da escolarização de hansenianos no Pará do século XX a (re) criação da experiência de si
Citation: COSTA, Ghislaine Dias da. A educação como transgressão: nos horizontes da escolarização de hansenianos no Pará do século XX a (re) criação da experiência de si. 2013. 210 f. Tese (Doutorado) - Universidade Federal do Pará, Instituto de Ciências da Educação, Belém, 2013. Programa de Pós-Graduação em Educação.
metadata.dc.description.resumo: A presente Tese que se insere no conjunto de pesquisas desenvolvidas pela Linha de Pesquisa Educação: Currículo, Epistemologia e História do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal do Pará, objetiva problematizar a experiência de escolarização de ex-Hansenianos, da antiga colônia de Marituba no Pará do século XX. Toma como corpus de estudo as narrativas de memórias de escolarização de cinco ex-Hansenianos, documentos e fontes históricas para analisar pela tríade poder-saber-sujeito, aquela experiência como transgressora. Os aportes teóricos da pesquisa partem das contribuições de autores que transitam pelo Pós-estruturalismo, especialmente o pensamento de Michel Foucault onde busca-se um diálogo sobre vidas paralelas, escolarização, subjetivação, transgressão e estetização. As análises da pesquisa apontam que a experiência de escolarização não apenas apresenta algumas especificidades quanto aos modos e ao contexto em que ela se efetivou, mas, também, quanto ao significado singular e existencial que adquiriu para os Hansenianos que inseriram a escola em suas vidas, e com isso abriram margens para processos transgressores tanto da experiência de si como no convívio coletivo social da colônia ao diminuir a força do dispositivo de subjetivação; possibilitam pensar que a Transgressão no campo da educação, assume um papel importante na Escolarização ao possibilitar a criação de passagens, fendas para novas configurações de sentidos, novos modos de existência, como espaço para o reconhecimento da multiplicidade do existir, da diferença na constituição de subjetividades resistentes, transgressoras, criadoras; revelam uma experiência singular de escolarização capaz de contribuir para reproblematizar saberes e práticas educativas ética e politicamente comprometidas com as diferenças e contribuir para resgatar certas imagens por vezes esquecidas, história menores, vidas de homens infames, vozes negadas, silenciadas em contextos de escolarização; finalmente apontam para a perspectiva de uma docência ética e esteticamente orientada, capaz de atos de criação e transgressão.
Abstract: To present Thesis that interferes in the group of researches developed by Pesquisa Education's Line: Curriculum, Epistemologia and History of the Program of Masters degree in Education of the Federal University of Pará, the 20TH century. Takes as corpus of study the narratives of five education ex-Hansenianos memories, documents and historical sources to analyze by triad power-know-subject, that experience as a transgressor. The theoretical research depart of contributions from authors transiting by post-structuralism, especially the thought of Michel Foucault where search-if a dialogue about parallel lives, education, subjectivation, transgression and aestheticization. The survey analyses show that the experience of schooling not only presents some specifics about the modes and the context in which it was carried, but, also, as for the singular and existential meaning that acquired for the hansenianos patients that entered the school in their lives, and with this they opened banks to experience both of transgressors processes itself as in the collective social life of the colony by decreasing the strength of subjectivation: make it possible to think that the Transgression in the field of education, plays an important role in Education to enable the creation of passages, gaps for new configurations of senses, new modes of existence, as a space for the recognition of the multiplicity of existence, the difference in the formation of subjectivities resistant, transgressive, creators; reveal a unique experience of schooling can contribute to re questioning knowledge and educational practice ethics and politically committed to the differences and contribute to redeem certain images sometimes forgotten history, the lives of infamous men, denied, silenced voices in contexts of schooling; Finally point to the prospect of teaching ethics and aesthetically oriented, capable of acts of creation and the transgression.
Keywords: Educação e Estado
Escolarização
Hansenianos
Existencialismo
Transgressão
Pará - Estado
Amazônia brasileira
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO::FUNDAMENTOS DA EDUCACAO::FILOSOFIA DA EDUCACAO
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
metadata.dc.publisher.initials: UFPA
metadata.dc.publisher.department: Instituto de Ciências da Educação
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Educação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Teses em Educação (Doutorado) - PPGED/ICED

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese_EducacaoTransgressaoHorizontes.pdf1,48 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons