Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br:8080/jspui/handle/2011/4177
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creatorTRAVASSOS, Alessandra Elisa Melo-
dc.date.accessioned2013-08-26T15:47:53Z-
dc.date.available2013-08-26T15:47:53Z-
dc.date.issued2003-06-
dc.identifier.citationTRAVASSOS, Alessandra Elisa Melo. Biologia reprodutiva e hábito alimentar de Dendrophryniscus minutus (Melin, 1941)(Amphibia : Bufonidae) na Floresta Nacional de Caxiuanã, Pará. 2003. 47 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Pará, Museu Paraense Emílio Goeldi, Belém, 2003. Programa de Pós-Graduação em Zoologia.pt_BR
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/4177-
dc.description.abstractThis study examined reproductive characteristics, nutritional status and feeding habits in the litter anuran Dendrophryniscus minutus through individuals collected in the Estação Cientifica Ferreira Pena, Caxiuanã National Forest from April 1997 to April 1998. In a sample of 166 specimens were measured snout - vent length (SVL), mass of fat bodies, diameter, mass and number of ova in females and testis volume in males. The feeding habit in this species was also determined through analyses of stomach contents. Population structure showed a pattern with most adult individuals, including gravid females, in the rainy months, and juvenile recruitment in the beginning of the dry season. Similarly, the diameter and mass ova in the mar', used as indexes of gonadal development stage, were greater in the rainy season. Among males, the biggest testis volume also appeared in february and april, but there was no evident pattern of correlation to rainfall. Food consumption also did not show any pattern in variation along months and it was not correlated to fat mass. Fat bodies measurements were positively correlated to ova development in females indicating that fat accumulation and gonadal development may occur simultaneously. The diet in specie was composed for ants, termites and mites, terrestrial invertebrates in a great number in a litter in the studied area.pt_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Pará-
dc.publisherMuseu Paraense Emílio Goeldi-
dc.rightsAcesso Aberto-
dc.subjectAnfíbiopt_BR
dc.subjectAnuropt_BR
dc.subjectDendrophryniscus minutuspt_BR
dc.subjectReprodução animalpt_BR
dc.subjectHábito alimentarpt_BR
dc.subjectEstação Científica Ferreira Penna - PApt_BR
dc.subjectFloresta Nacional de Caxiuanã - PApt_BR
dc.subjectPortel - PApt_BR
dc.subjectMelgaço - PApt_BR
dc.subjectPará - Estadopt_BR
dc.subjectAmazônia brasileirapt_BR
dc.titleBiologia reprodutiva e hábito alimentar de Dendrophryniscus minutus (Melin, 1941)(Amphibia : Bufonidae) na Floresta Nacional de Caxiuanã, Parápt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR
dc.publisher.countryBrasil-
dc.publisher.departmentInstituto de Ciências Biológicas-
dc.publisher.initialsUFPA-
dc.publisher.initialsMPEG-
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::ECOLOGIA-
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::ZOOLOGIA-
dc.contributor.advisor1GALATTI, Ulisses-
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/1040132527458660-
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/7116179551052390-
dc.description.resumoEste estudo teve como objetivo examinar características da biologia reprodutiva, condição nutricional e hábito alimentar do anuro de serrapilheira por meio de indivíduos coletados na Estação Científica Ferreira Pena, Floresta Nacional de Caxiuanã no período de abril de 1997 a abril de 1998. Uma amostragem de 166 espécimes foi examinada para obtenção de medidas de comprimento rostro-cloaca, massa de corpos de gordura, diâmetro, massa e número de óvulos nas fêmeas, e volume dos testículos em machos. O hábito alimentar da espécie foi determinado através da análise dos conteúdos estomacais. A estrutura da população amostrada indicou um padrão com a predominância de indivíduos adultos, incluindo fêmeas grávidas, nos meses de chuva, e o recrutamento de juvenis no início da estação seca. Igualmente, o diâmetro e a massa de óvulos no ovário, utilizados como indicadores de estágio de desenvolvimento gonadal, foram maiores na estação chuvosa. Entre os machos, os maiores valores de volume dos testículos também apareceram em fevereiro e abril, mas não houve um padrão evidente de correlação com a precipitação. O consumo de alimento não apresentou um padrão claro de variação entre os meses e não foi correlacionado à massa do corpo de gordura. As medidas de corpos de gordura foram positivamente correlacionadas aos estágios de desenvolvimento dos óvulos em fêmeas, indicando que acúmulo de gordura e desenvolvimento gonadal podem ocorrer simultaneamente. A composição da dieta da espécie foi constituída basicamente de formigas, ácaros e cupins, invertebrados abundantes no folhiço na área de estudo.pt_BR
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Zoologia-
Appears in Collections:Dissertações em Zoologia (Mestrado) - PPGZOOL/ICB

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_BiologiaReprodutivaHabito.pdf7,66 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons