Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufpa.br:8080/jspui/handle/2011/4233
Tipo: Dissertação
Data do documento: 10-Mar-2005
Autor(es): COSTA, Sue Anne Regina Ferreira da
Primeiro(a) Orientador(a): TOLEDO, Peter Mann de
Primeiro(a) coorientador(a): RICHTER, Martha
Título: A comunidade de tubarões (Chondrichthyes : selachii : Galea) da formação pirabas, Neógeno da Amazônia Oriental
Citar como: COSTA, Sue Anne Regina Ferreira da. A comunidade de tubarões (Chondrichthyes : selachii : Galea) da formação pirabas, Neógeno da Amazônia Oriental. 2005. 81 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Pará, Museu Paraense Emílio Goeldi, Belém, 2005. Programa de Pós-Graduação em Zoologia.
Resumo: A comunidade de tubarões (Selachii:Galea) proveniente da Formação Pirabas pode ser considerada como uma das mais representativas e de maior diversidade entre as unidades do Neógeno da América do Sul. A presença de 8 gêneros permitiu elaborar hipóteses sobre a reconstrução da cadeia trófica envolvendo outros elementos da paleofauna de vertebrados, assim como também serviu como um indicador paleoecológico adicional que corrobora dados anteriores sobre a reconstituição dos parâmetros paleoambientais da unidade geológica. Foi realizado uma revisão taxonômica das espécies previamente conhecidos para a Formação Pirabas, cuja composição da paleocomun idade de tubarões foi a seguinte: Carcharhinus spl Carcharhinus sp2, Carcharhinus sp3, Carcharhinus priscus, Sphyma magna, Hemipristis serra, Carcharodon megalodon, Isurus sp, Ginglyrnostoma serra, Ginglymostoma obliquum. Novas coletas possibilitaram a expansão de 31 exemplares depositados em museus brasileiros para 231 novos indivíduos, incluindo material microscópico. Esta coleta serviu para aumentar o conhecimento sobre a diversidade e aspectos paleoecológicos dos grupos representados.
Abstract: The shark community (Selachii:Galea) from the Pirabas Formation in one of the most representative of the Neogene in South America due to its high diversity of taxa and range of ecological components. The presence of eight known genera enabled to establish hypothesis about the trophic chain of the vertebrate palaeocommunity, as well as to corroborate previous reconstructions about the paleoenvironmental parameters of this geologic unit. This study dealt with the taxonomic revision of the shark community on both generic and species leveis, allowing the following composition: Carcharhinus spl, Carcharhinus sp2, Carcharhinus sp3, Carcharhinus priscus, Sphyrna magna, Hemipristis serra, Carcharodon megalodon, Isurus sp, Ginglymostoma serra, Ginglymostoma obliquum. The analyses of newly collected specimens and microscopic material allowed a considerable expansion of identified individuals up to 231 teeth. This work is a contribution to refine the knowledge about the regional patterns of shark paleobiogeography.
Palavras-chave: Peixe
Tubarão (Peixe)
Selachimorpha
Paleofauna
Taxonomia animal
Paleoecologia
Formação Pirabas
Pará - Estado
Amazônia brasileira
CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::ECOLOGIA
CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::ZOOLOGIA::TAXONOMIA DOS GRUPOS RECENTES
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Pará
Museu Paraense Emílio Goeldi
Sigla da Instituição: UFPA
MPEG
Instituto: Instituto de Ciências Biológicas
Programa: Programa de Pós-Graduação em Zoologia
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
Aparece nas coleções:Dissertações em Zoologia (Mestrado) - PPGZOOL/ICB

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertacao_ComunidadeTubaroesChondrichthyes.pdf32,64 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons