Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/4270
metadata.dc.type: Dissertação
Issue Date: 2008
metadata.dc.creator: SARMENTO, João Fabrício de Melo
metadata.dc.contributor.advisor1: GALATTI, Ulisses
Title: Colonização por anfíbios e lagartos de áreas reflorestadas no Platô Saracá, região de Porto Trombetas-Pará
Citation: SARMENTO, João Fabrício de Melo. Colonização por anfíbios e lagartos de áreas reflorestadas no Platô Saracá, região de Porto Trombetas-Pará. 2008. 101 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Pará, Museu Paraense Emílio Goeldi, Belém, 2008. Programa de Pós-Graduação em Zoologia.
metadata.dc.description.resumo: Poucos estudos têm considerado a colonização pela fauna em áreas reflorestadas após mineração. Para determinar os padrões de colonização por anfíbios e lagartos de áreas de reflorestamento em Porto Trombetas, Pará, foram examinadas a composição, riqueza e abundância de espécies, e as características biológicas de anfíbios e lagartos que ocupam áreas reflorestadas. Também foi avaliado o efeito da estrutura da vegetação e da distância da floresta nativa sobre a comunidade de anfíbios dos reflorestamentos. Anfíbios e lagartos foram amostrados ao longo de oito campanhas em oito áreas de reflorestamento e quatro áreas de floresta nativa através de procura ativa e com a utilização de poças artificiais para a reprodução de anfíbios. Foram registradas 20 espécies de anfíbios e 20 espécies de lagartos, sendo 14 espécies de anfíbios e 11 de lagartos em reflorestamentos e 19 espécies de anfíbios e 16 de lagartos em floresta nativa. Entre os anfíbios, Leptodactylus sp., Osteocephalus oophagus e Allobates femoralis foram as espécies mais abundantes nos dois ambientes e entre os lagartos, Gonatodes humeralis e Leposoma guianense foram as espécies mais abundantes em reflorestamentos e floresta nativa, respectivamente. Espécies de anfíbios de reprodução terrestre ou que utilizam pequenos corpos d’água temporários para a desova e lagartos arborícolas foram os grupos mais abundantes nos reflorestamentos. Espécies fossoriais e semifossoriais de anfíbios e lagartos de liteira foram os principais grupos ausentes nos reflorestamentos, sugerindo que o atual estágio da sucessão da vegetação ainda não oferece microhábitats apropriados para algumas espécies. A riqueza de espécies de anfíbios foi maior em áreas com maior cobertura do dossel. Áreas com maior cobertura de dossel tiveram maior abundância de Leptodactylus sp., Osteocephalus oophagus e Allobates femoralis. Apenas quatro espécies de anfíbios utilizaram as poças artificiais para desova e não houve relação significativa do número de espécies que utilizaram estas poças com a distância para a floresta nativa ou com a cobertura do dossel. Osteocephalus oophagus desovou em poças a maiores distâncias e A. femoralis em poças mais próximas em relação à floresta nativa. Os resultados evidenciam que a fauna de anfíbios e lagartos nas diferentes áreas de reflorestamento é um subconjunto da fauna da floresta nativa, e compreendem espécies florestais que indicam a importância relativa destas áreas para a conservação da fauna local.
Abstract: Few studies have considered faunal colonization of reforested areas after mining. To determine patterns of colonization of reforestation areas in Porto Trombetas, Pará, we examined species composition, richness, abundance and biological characteristics of amphibian and lizard species. Also I evaluated the effect of vegetation structure and distance to native forests on the community of amphibians in reforested areas. Amphibians and lizards were sampled along eight occasions in four-eight reforestation areas and four areas of native forests through active search and using artificial ponds for amphibian reproduction. Twenty species of amphibians and 20 species of lizards were registered, with 14 species of amphibians and 11 species of lizards in reforestations and 19 species of amphibians and 16 species of lizards in native forests. Among amphibians, Leptodactylus sp., Osteocephalus oophagus e Allobates femoralis were the most abundant species in the two environments. Among lizards, Gonatodes humeralis and Leposoma guianense were the most abundant species in reforestations and native forests, respectively. Amphibians with terrestrial reproduction or which use small temporary ponds to spawn and arboreal lizards were the most abundant groups in the reforested areas. Fossorial and semifossorial amphibians and litter lizards were the main absent groups in the reforested areas, suggesting that the current stage of vegetation succession does not offer appropriate microhabitats for some species. Species richness of amphibians was higher in areas with larger canopy cover. Areas with larger canopy cover had also higher abundance of Leptodactylus sp., A. femoralis and O. oophagus. Only four species of amphibians have used the artificial ponds for spawning and there was no significant relationship between the number of species that used the ponds and the distance to native forest or the canopy cover. Osteocephalus oophagus spawn in ponds most farer and A. femoralis in ponds closer to the native forest. Results show that amphibian and lizard fauna in reforestation areas is a subgroup of the native forest fauna and encompasses forest species which indicate the relative importance of these areas for the conservation of the local fauna.
Keywords: Réptil
Anfíbio
Lagarto (Animal)
Colonização animal
Habitat
Conservação animal
Floresta Nacional de Saracá-Taquera - PA
Porto Trombetas - PA
Oriximiná - PA
Amazônia brasileira
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::ZOOLOGIA::ZOOLOGIA APLICADA::CONSERVACAO DAS ESPECIES ANIMAIS
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
Museu Paraense Emílio Goeldi
metadata.dc.publisher.initials: UFPA
MPEG
metadata.dc.publisher.department: Instituto de Ciências Biológicas
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Zoologia
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Dissertações em Zoologia (Mestrado) - PPGZOOL/ICB

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_ColonizacaoAnfibiosLagartos.pdf1,43 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons