Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/4496
Compartilhar:
Type: Dissertação
Issue Date: 14-Sep-2012
Authors: BARRETO, Adriana Gisely Tavares
First Advisor: SZLAFSZTEIN, Claudio Fabian
Title: Vulnerabilidade de agricultores familiares da cadeia de produção de biodiesel de dendê à extremos de precipitação na comunidade Águas Pretas, Moju (PA)
Citation: BARRETO, Adriana Gisely Tavares. Vulnerabilidade de agricultores familiares da cadeia de produção de biodiesel de dendê à extremos de precipitação na comunidade Águas Pretas, Moju (PA). 2012. 114 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Pará, Núcleo de Meio Ambiente, Belém, 2012. Programa de Pós-Graduação em Gestão dos Recursos Naturais e Desenvolvimento Local na Amazônia.
Resumo: Os extremos climáticos impactam negativamente o agronegócio brasileiro e ameaçam o desenvolvimento das comunidades rurais que são altamente dos recursos naturais. Por isso é fundamental estudar-se a cadeia produtiva de dendê (Elais guineensis Jacq.) de óleo diante de futuros riscos climáticos, devido o Estado do Pará ser o maior produtor nacional de dendê e a cadeia ser estruturada com a integração da agricultura familiar á cadeia agrícola. O objetivo desta pesquisa foi de analisar as vulnerabilidades dos agricultores familiares da Comunidade Águas Pretas do município de Moju, Estado do Pará, inseridos na cadeia de produção de biodiesel de dendê, diante dos extremos de precipitação. A pesquisa foi desenvolvida em dois momentos: o primeiro analisou os extremos climáticos da série temporal de precipitação de 1981 a 2009 empregando o método descritivo e dos quantis, e o segundo momento analisou a vulnerabilidade dos agricultores através de variáveis/indicadores de desvantagem socioeconômica, tecnológica e de percepção, que representavam situação de vulnerabilidade. Para a identificação de vulnerabilidade dos agricultores foi utilizado a análise fatorial por componentes principais, a elaboração de índices de vulnerabilidade climática e a análise agrupamento, onde foram alocados 22 agricultores em cinco categorias de classificação rédefinidas. Os resultados obtidos mostraram que a ocorrência de extremos muito secos e muito chuvosos na série de dados entre os anos de 1981 a 2009 do município de Moju (PA). O risco climático identificado no município representa grande ameaça à produção de dendê, uma vez que os impactos dos extremos de precipitação sobre a planta vão desde distúrbios nas fases de desenvolvimento até, a redução parcial e total da produção dos cachos de dendê. Estes impactos em longo prazo, afeta diretamente os agricultores familiares que são dependentes da venda exclusiva dos cachos de dendê á agroindústria, assim como compromete aos objetivos de inclusão social e produção de energia renovável do Programa de biodiesel. Os agricultores familiares da comunidade Águas Pretas integrados a cadeia de produção de biodiesel de dendê reagiram de formas distintas, considerando fatores socioeconômico, tecnológico e de percepção, sendo distribuídos em cinco categorias de vulnerabilidade (alta, média alta, média, média baixa e baixa). Os grupos de vulnerabilidade de maior interesse na pesquisa foram de alta e baixa vulnerabilidade, correspondentes a 14% (3 agricultores) e 18% (agricultores), respectivamente, do total de agricultores entrevistados. O grupo de alta vulnerabilidade foi caracterizado por agricultores que utilizaram com baixa eficiência a maior parte das variáveis de desvantagens, indicando dificuldades de competir e adaptar-se, em caso de extremos climáticos. No grupo de baixa vulnerabilidade foi caracterizado por agricultores que usam com eficiência todas as macrovariáveis estudadas, mostrando vantagens socioeconômicas, tecnológicas e de percepção. Este grupo se mostrou mais adaptado em caso de extremos de clima, dentro da cadeia de biodiesel, podendo ser parâmetros para elaborações de estratégias de adaptação local. A percepção do risco e os fatores levantados mostraram-se ser um forte recurso para analisar a situação de vulnerabilidade dos agricultores locais. A percepção do agricultor é orientada segundo suas convicções e experiências diárias, sendo determinantes para elaboração de estratégias adaptativas para enfrentar extremos climáticos.
Abstract: The climate extremes have a negative impact in the Brazilian agribusiness and threaten the development of the rural communities that are mainly of the natural resources. That’s why it’s necessary to study the productive chain of oil palm (Elais guineensis Jacq.) based on future climatic risks, because the state of Pará is the largest domestical producer of oil plam and the structured chain with the integration of the family agriculture to the agricultural chain. The objective of this research was to analyze the vulnerabilities of family farmers of the “Aguas Pretas” community in the city of Moju, state of Pará, inserted in the production chain of biodiesel of oil palm, facing the precipitation extremes. The research was made in two steps: the first analyzed the climatic extremes of the precipitation series from 1981 to 2009 applying the descriptive method and the quantis, and the second step analyzed the vulnerability of the farmers through the variable/indicators of socioeconomic disadvantage, technological and of perception, that represented a vulnerable situation. To identify farmers’ vulnerability, the factorial analyses for main components was used, the index elaboration of climatic vulnerability and the group analyses, where 22 farmers were placed in five categories of predefined classification. The results have shown that the occurrence of very dry extremes and very rainy in the data series in the years of 1981 to 2009 in the city of Moju (PA). The identified climatic risk in the city represents a great threat to oil palm production, because the extreme impacts of precipitation over the plant are not only development stages but also the partial and total reduction of oil palm bunches. Those impacts in long term, directly affects the family farmers that are dependants of the exclusive selling of palm oil bunches to the industry, as well as it compromises the inclusion objectives of social inclusion and renewable energy production of the biodiesel Program. The family farmers from “Águas Pretas” community in the production chain of palm oil biodiesel reacted in different ways, considering the socioeconomic factors, technological and of perception factors, being distributed in five different categories of vulnerability (high, middle high, middle low and low). The groups of vulnerability of higher interest in the research were of high and low vulnerability, corresponding to 14% (3 farmers) and 18% (farmers), respectively, of the total interviewed farmers. The group of high vulnerability was characterized by farmers that used with low efficiency the highest part of the variables of disadvantages, indicating difficulties to compete and adapt, in case of climate extremes. The group of low vulnerability was characterized by farmers that uses with efficiency all the macro variables studied, showing socioeconomics advantages, technological and of perception. This group appeared to be more adapted in case of climate extremes, in the biodiesel chain, with the possibility to be a parameter to strategies elaboration of local adaptation. The risk perception and the raised factors have appeared to be a strong resource to analyze the vulnerability situation of local farmers. The farmer perception is oriented based on his convictions and daily experiences, being of great importance to the adaptable strategies elaboration to face climate extremes.
Keywords: Análise de risco
Impacto ambiental
Agricultura familiar
Desenvolvimento local
Clima
Dendê
Elaeis guineensis
Biodiesel
Moju - PA
Pará - Estado
Amazônia brasileira
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::RECURSOS FLORESTAIS E ENGENHARIA FLORESTAL::CONSERVACAO DA NATUREZA
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
Institution Acronym: UFPA
Department: Núcleo de Meio Ambiente
Program: Programa de Pós-Graduação em Gestão de Recursos Naturais e Desenvolvimento Local na Amazônia
Appears in Collections:Dissertações em Gestão de Recursos Naturais e Desenvolvimento Local na Amazônia (Mestrado) - PPGEDAM/NUMA

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_VulnerabilidadeAgricultoresFamiliares.pdf3.44 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons