Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/4673
metadata.dc.type: Dissertação
Issue Date: 30-Mar-2010
metadata.dc.creator: SIMÕES, André Reale
metadata.dc.contributor.advisor1: RIBEIRO, Haroldo Francisco Lobato
Title: Eficiência reprodutiva em vacas mestiças leiteiras em municípios do nordeste paraense
Citation: SIMÕES, André Reale. Eficiência reprodutiva em vacas mestiças leiteiras em municípios do nordeste paraense. 2010. 63 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Pará, Núcleo de Ciências Agrárias e Desenvolvimento Rural, Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, Universidade Federal Rural da Amazônia, Belém, 2010. Programa de Pós-Graduação em Ciência Animal.
metadata.dc.description.resumo: Foi avaliada a eficiência reprodutiva de vacas mestiças leiteiras criadas em sistema produtivo semi-intensivo de duas fazendas, uma no município de Irituia e outra em Mãe do Rio no nordeste paraense. Foram analisados registros reprodutivos colhidos durante setembro de 2006 a março de 2009. Foram analisadas 851 fêmeas, 106 (12,45%) novilhas e 745 (87,55%) vacas, com um total de 1.356 exames ginecológicos. A taxa de prenhez geral apresentou-se 87,74% para novilhas e 63,35% para vacas. De 1.356 exames realizados 66,41% dos animais apresentavam-se gestantes e 33,59% não gestantes. A taxa de prenhez em relação ao tipo de reprodução foi de 50,66%, 41,30% e 77,27% para Inseminação Artificial convencional (IA), IA em Tempo Fixo (IATF) e Monta natural (MN) respectivamente, com uma média de doses de sêmen por prenhez de 2,01. Os grupos genéticos Guzerá 87,03%, Gir 71,74% e Pardo Suíço 70,54% apresentaram diferenças (p<0,01) na taxa de prenhez em relação ao Girolando com 62,15%, Simental com 61,91% e Holandesa com 59,45%. A taxa de prenhez encontrada na época seca de 75,77% mostrou diferença (p<0,01) na obtida para época menos chuvosa com 58,95%. As médias da idade a primeira cobertura (IPC) e ao primeiro parto (IPP) foram de 29,6±5,71 e 38,57±5,71 meses respectivamente, ocorrendo diferenças (p<0,05) do IPP em relação ao tipo de reprodução IATF e MN e estação mais chuvosa e menos chuvosa. O período de serviço (PS) foi de 110,97±70,87 dias, havendo diferença (p<0,05) entre a estação mais chuvosa e menos chuvosa, e também influencia (p<0,05) da variável ano de estudo, diminuindo de 2006 para 2008 respectivamente. As patologias encontradas foram Ovario hipoplásico 2,35%, Cervix sinuosa 1,52%, abortamento 1,76%, Endometrite 1,29%, Cervix fibrosada 0,7%, Cisto folicular 0,70% ,Aderência Tubovárica 0,12%, Cisto luteínico 0,12%, Pneumovagina 0,12% e Vulva infantil 0,12%.
Abstract: Cows reared in semi-intensive production systems of two farms, one in the city of Irituia and another in Mother River in northeastern Pará. We analyzed reproductive records collected during September 2006 to March 2009. We analyzed 851 females, 106 (12,45%) heifers and 745 (87,55%) cows with a total of 1,356 gynecological exams. The overall pregnancy rate was presented 87,74% to 63,35% for heifers and cows. In 1356 examinations of the animals had 66,41%, 33,59% are pregnant and not pregnant. The pregnancy rate in relation to the type of reproduction was 50,66%, 41,30% and 77,27% for insemination artificial conventional (IA), AI time-fixed (IATF) and mating natural (MN), respectively, with an average of semen doses per pregnancy of 2,01. The genetic groups Guzerá 87,03%, 71,74% and Gir 70,54% Brown Swiss showed differences (p <0,01) pregnancy rate compared to Girolando with 62,15% to 61,91% Simmental and Holstein with 59,45%. The pregnancy rate found in the dry season showed a 75,77% difference (p <0,01) obtained for the less rainy season with 58,95%. The mean age at first service (IPC) and the first calving (IPP) were 29,6 ± 5,71 and 38,57 ± 5,71 months respectively, occurring differences (p <0,05) in the IPP grating the type of reproduction IATF and MN and rainiest season and less rainy. The period of service (PS) was 110,97 ± 70,87 days, difference (p <0,05) between the rainiest season and less rainy, and also influences (p <0,05) the variable year study, decreasing from 2006 to 2008 respectively. The pathologies found were 2,35% ovary hypoplastic, cervix winding 1,52% 1,76% abortion, endometritis 1,29%, 0,7% Cervix fibrotic, follicular cyst 0,70%, 0,12% Adherence Tubovárica , cyst luteal 0,12%, Pneumovagina 0,12% and 0,12% Vulva child.
Keywords: Bovino
Vaca
Reprodução animal
Prenhez
Irituia - PA
Mãe do Rio - PA
Pará - Estado
Amazônia brasileira
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::MEDICINA VETERINARIA::REPRODUCAO ANIMAL::FISIOPATOLOGIA DA REPRODUCAO ANIMAL
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária
Universidade Federal Rural da Amazônia
metadata.dc.publisher.initials: UFPA
EMBRAPA
UFRA
metadata.dc.publisher.department: Campus Universitário de Castanhal
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Ciência Animal
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Dissertações em Ciência Animal (Mestrado) - PPGCAN/Castanhal

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_EficienciaReprodutivaVacas.pdf235,89 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons