Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/4832
Compartilhar:
Type: Artigo de Periódico
Issue Date: Dec-2012
Authors: QUEIROZ, Jislene Brito Matos
SILVA, Nayra Iris Sozinho da
PEREIRA, Luci Cajueiro Carneiro
COSTA, Rauquírio André Albuquerque Marinho da
Title: Caracterização quali-quantitativa do fitoplâncton da zona de arrebentação de uma praia amazônica
Other Titles: Phytoplankton of the surf zone in Amazon beach
Citation: MATOS, Jislene Brito et al. Caracterização quali-quantitativa do fitoplâncton da zona de arrebentação de uma praia amazônica. Acta Botanica Brasilica, Feira de Santana, v. 26, n. 4, p. 979-990, out./dez. 2012. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/abb/v26n4/28.pdf>. Acesso em: 03 fev. 2014. <http://dx.doi.org/10.1590/S0102-33062012000400028>.
Resumo: A estrutura da comunidade fitoplanctônica da praia da Princesa (Ilha de Maiandeua) foi estudada durante um ciclo nictemeral nos meses de novembro/08, março/09, junho/09 e setembro/09, de modo a verificar os efeitos de algumas variáveis ambientais sobre esta comunidade. O microfitoplâncton da praia da Princesa esteve representado por 98 táxons, com predomínio das diatomáceas, seguidas dos dinoflagelados e cianofíceas. Nas amostras qualitativas, Coscinodiscus perforatus Ehrenberg se destacou como abundante nos meses de março (45,6%) e junho (45,1%), enquanto que a análise quantitativa revelou Dimeregramma minor (Gregory) Ralfs como dominante, principalmente, em novembro (82,0%) e setembro (83,0%). A biomassa fitoplanctônica (clorofila-a) foi significativamente mais elevada em março (U= 0,0; p<0,05). Os valores médios de densidade fitoplanctônica total foram significativamente mais elevados no período chuvoso (F= 6,2; p<0,05), principalmente em junho (1223 ± 110 x 103 céls L-1). As curvas de K-dominância revelaram um declínio gradual na diversidade ao longo do período seco. A análise de ordenação (MDS) evidenciou a formação de três grupos, enquanto que a análise de componentes principais (PCA) mostrou a salinidade e a turbidez como as principais variáveis que definiram os componentes. A praia da Princesa é um ambiente dinâmico, onde os processos de ressuspensão promovem o intercâmbio entre populações fitoplanctônicas e fitobênticas. A elevada precipitação e o maior aporte fluvial, carreando elevadas concentrações de nutrientes, favoreceram o maior desenvolvimento do fitoplâncton, principalmente, durante o período chuvoso.
Abstract: The structure of the phytoplankton community of Princesa beach (Maiandeua island) was investigated during a nyctemeral cycle in the months of November/08, March/09, June/09 and September/09 to verify the effects of certain environmental variables on this community. The microphytoplankton of Princesa beach was represented by 98 taxa with the dominance of the diatoms, which were followed by the dinoflagellates and cyanophytes. The qualitative study revealed that Coscinodiscus perforatus Ehrenberg was abundant in March (45.6%) and June (45.1%), whereas in the quantitative analysis Dimeregramma minor (Gregory) Ralfs was dominant, mainly in November/08 (82.0%) and September/09 (83.0%). Biomass (chlorophyll-a content) was significantly higher in March/08 (U= 0.0; p <0.05). The average total phytoplankton density was significantly higher during the rainy period (F= 6.2; p< 0.05), mainly in June (1,223 ±110 x 103 cell L-1). K-dominance curves showed a gradual decrease in diversity along the dry period. Non-Metric Multidimensional Scaling analysis (MDS) revealed the formation of three groups, whereas Principal Component Analysis (PCA) showed that salinity and turbidity were the main variables that defined the components. Princesa beach is a dynamic environment where ressuspension processes promote the shift between phytoplankton and phytobenthos populations. High rainfall and the increase in river runoff were responsible for an increase in nutrient availability contributing to the development of phytoplankton, mainly during the rainy period.
Keywords: Plâncton
Litoral
Fitoplâncton - Praia da Princesa (PA)
Fitoplâncton - Ilha de Maiandeua (PA)
Fitoplâncton - Algodoal (PA)
ISSN: 0102-3306
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Artigos Científicos - FBIO/IECOS

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Artigo_CaracterizacaoQualiquantitativaFitoplancton.pdf1,3 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons