Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/5024
Compartilhar:
Tipo: Dissertação
Data do documento: 15-Set-2008
Autor(es): LIMA, Marta Goreth Marinho
Primeiro Orientador: ARAGÓN VACA, Luis Eduardo
Título: Mobilidade geográfica como estratégia de sobrevivência de pescadores artesanais na Amazônia: o caso de Cubatão em Icoaraci, Pará
Citação: LIMA, Marta Goreth Marinho. Mobilidade geográfica como estratégia de sobrevivência de pescadores artesanais na Amazônia: o caso de Cubatão em Icoaraci, Pará. 2008. 120 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Pará, Instituto de Filosofia e Ciências Humanas, Belém, 2008. Programa de Pós-Graduação em Geografia.
Resumo: A mobilidade espacial é inerente à realização da pesca na Amazônia. Ela se realiza como estratégia de sobrevivência para a reprodução do pescador artesanal enquanto categoria social, como resposta à escassez do peixe, à poluição das águas e aos conflitos entre a pesca artesanal e o setor industrial. Neste estudo, busca-se identificar os diferentes tipos de mobilidade espacial realizada por pescadores artesanais da ocupação de Cubatão, localizada no distrito de Icoaraci. Os pescadores realizam a pesca em várias escalas. Como forma estratégica de manterem-se móveis, e garantir sua reprodução, o pescador utiliza a parceria para participar da composição da tripulação e na distribuição do produto da pesca. Por disporem de tecnologia simples efetivam uma jornada intensa de trabalho para escapar da competitividade com a pesca industrial. Como não conseguem acumular capital, permanecem com baixos níveis socioeconômicos. Se não mudar a condição do setor pesqueiro, a situação do pescador não se modifica, levando-o a realizar repetidas vezes a mobilidade, e mesmo a migração para outras localidades que permitam realizar a pesca, ou mudar de ocupação.
Abstract: The spatial mobility is inherent in the conduct of fishing in the Amazon. It takes place as a strategy of survival for the reproduction of the craft as a fisherman social category, in response to the shortage of fish, water pollution and the conflicts between artisanal fisheries and industry. In that study, seeks to identify the different types of mobility space held by artisanal fishermen community of Cubatão, located in the District Icoaraci. Fishermen carry out fishing in various scales. As strategic movable keep up, and ensure their reproduction, the fisherman uses the partnership to join the crew composition and distribution of fishery product. For simple efetivam technology have a day of intense work to escape the competitiveness with the fishing industry. How can not accumulate capital to remain low socio-economic levels. If you do not change the condition of the fisheries sector, the situation does not alter the fisherman, leading him to repeatedly perform the mobility, and even migration to other locations that can deliver the fishing, or change of occupancy.
Palavras-chave: Mobilidade espacial
Pesca artesanal
Pescador
Estratégia de sobrevivência
Comunidade de Cubatão - PA
Icoaraci - PA
Pará - Estado
Amazônia Brasileira
CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::GEOGRAFIA::GEOGRAFIA HUMANA::GEOGRAFIA DA POPULACAO
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Pará
Sigla da Instituição: UFPA
Instituto: Instituto de Filosofia e Ciências Humanas
Programa: Programa de Pós-Graduação em Geografia
Aparece nas coleções:Dissertações em Geografia (Mestrado) - PPGEO/IFCH

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertacao_MobilidadeGeograficaEstrategia.pdf2,04 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons