Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/5534
Compartilhar:
Type: Dissertação
Issue Date: 2007
Authors: SANTOS, Núbia de Fátima Alves dos
First Advisor: LOURENÇO JÚNIOR, José de Brito
First Co-Advisor: CAMARÃO, Ari Pinheiro
Title: Valor nutritivo de Cratylia argentea para suplementação de ruminantes na Amazônia
Sponsor: CAPES - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
Citation: SANTOS, Núbia de Fátima Alves dos. Valor nutritivo de Cratylia argentea para suplementação de ruminantes na Amazônia. 2007. 68 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Pará, Núcleo de Ciências Agrárias e Desenvolvimento Rural, Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, Universidade Federal Rural da Amazônia, Belém, 2007. Programa de Pós-Graduação em Ciência Animal.
Resumo: O trabalho foi realizado na Embrapa Amazônia Oriental, em Belém, Pará, (1º28´ S 48º27´ W de Greenwich), com o objetivo de avaliar a influência da adição de Cratylia argentea, como alternativa para suplementação alimentar de ruminantes, em períodos críticos de produção de forragem na Amazônia Oriental. Foram determinadas as características nutricionais da dieta, durante um período de 21 dias, com 16 ovinos, em gaiolas metabólicas individuais, distribuídas em delineamento inteiramente casualizado, em quatro tratamentos e quatro repetições. Os tratamentos continham quicuio-da-amazônia (Brachiaria humidicola) e níveis crescentes de 25%, 50%, 75% e 100% de inclusão de Cratylia argentea. Os consumos de matéria seca, em g/dia e percentagem do peso vivo, foram de 656,47 e 1,76; 743,50 e 1,96; 714,92 e 1,89; e 480,52 e 1,31 de matéria orgânica 619,64; 715,85; 665,36 e 535,85 g/dia, e de proteína bruta 68,01; 108,29; 187,67 e 170,61 g/dia. O consumo de FDN, em g/dia, foi de 567,44; 536,70; 486,51 e 382,25 g/dia. Os coeficientes de digestibilidade da matéria seca foram de 37,87; 24,01; 21,93 e 34,36%, da matéria orgânica de 42,66; 31,54; 27,02 e 36,05% e de proteína bruta de 56,04; 56,64; 68,66 e 71,44%, em 25%, 50%, 75% e 100% de inclusão de Cratylia argentea, respectivamente. A Cratylia argentea constitui alternativa no período de estiagem, quando ocorre redução na disponibilidade e qualidade das forrageiras, visando elevar a produtividade animal. Apresenta média digestibilidade da matéria seca, matéria orgânica, proteína bruta, energia bruta e frações fibrosas, mesmo em estádio de floração, embora tenha médio consumo, devido a menor palatabilidade, causada pelo tanino. Níveis em torno de 50% possibilitam maior consumo da matéria seca, matéria orgânica, proteína bruta, energia bruta e frações fibrosas.
Abstract: The study was carried out at the Embrapa Eastern Amazon, in Belem, Para State, Brazil (1º28'S 48º27'W of Greenwich), with the objective of evaluate the influence of the addition of the Cratylia argentea as alternative feed supplementation of ruminants, in the critical periods of forage production of in the Eastern Amazon. The nutritional characteristics of the leguminous was determined during twenty one days, using sixteen sheep, in individual metabolic cage, distributed in a completely randomized experimental design, with four treatments and four replications. The experimental rations (T1, T2, T3 and T4) contained Brachiaria humidicola and crescent levels of 25%, 50%, 75% and 100%, of inclusion of Cratylia argentea. The consumption of dry matter (g/day) and live weight percent were 656.47 and 1.76; 743.50 and 1.96; 714.92 and 1.89; and 480.52 and 1.31, of organic matter 619.64; 715.85; 665.36 and 535.85 g/day, and of crude protein 68.01; 108.29; 187.67 and 170.61 g/day. The fiber in neutral detergent consumption in g/day, were 567.44; 536.70; 486.51 and 382.25 g/day. The coefficients of digestibility were 37.87; 24.01; 21.93 and 34.36%, in dry matter basis, and 42.66; 31.54; 27.02 and 36.05%, in organic matter basis, and the crude protein contents were 56.04; 56.64; 68.66 and 71.44%, in 25%, 50%, 75% e 100% on inclusion of Cratylia argentea, respectively. The Cratylia argentea constitute alimentary alternative during the low rainy, with medium digestibility of dry matter, organic matter, crude protein and fibrous fractions, same in blooming, thus presented medium consumption due the tannins. At the level of 50%, possibility greater consumption of dry matter, organic matter, crude protein, grow energy and fibrous fractions.
Keywords: Ruminantes
Ovinos
Nutrição animal
Leguminosa
Cratylia argentea
Suplementação alimentar
Belém - PA
Pará - Estado
Amazônia Brasileira
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::ZOOTECNIA::NUTRICAO E ALIMENTACAO ANIMAL
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária
Universidade Federal Rural da Amazônia
Institution Acronym: UFPA
EMBRAPA
UFRA
Department: Campus Universitário de Castanhal
Program: Programa de Pós-Graduação em Ciência Animal
Appears in Collections:Dissertações em Ciência Animal (Mestrado) - PPGCAN/Castanhal

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_ValorNutritivoCratylia.pdf789.76 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons

Admin Tools