Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/5536
Compartilhar:
Type: Artigo de Periódico
Issue Date: Jun-1996
Authors: CARDOSO, Bernardo da Silva
DOURADO, Heitor Vieira
PINHEIRO, Maria da Conceição Nascimento
CRESCENTE, Jose Angelo Barletta
AMORAS, Walter Wanderley
BAENA, Jorge
SARATY, Sandra
Title: Estudo da eficácia e tolerância do artesunato oral isolado e em associação com mefloquina, no tratamento da malária falciparum não complicada em área endêmica do Pará, Brasil
Citation: CARDOSO, Bernardo da Silva et al. Estudo da eficácia e tolerância do artesunato oral isolado e em associação com mefloquina, no tratamento da malária falciparum não complicada em área endêmica do Pará, Brasil. Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical, Uberaba, v. 29, n. 3, p. 251-257, maio/jun. 1996. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/rsbmt/v29n3/06.pdf>. Acesso em: 12 mar. 2014. <http://dx.doi.org/10.1590/S0037-86821996000300006>.
Resumo: Com o objetivo de avaliar a eficácia e tolerância do artesunato no tratamento da malária falciparum não complicada em área endêmica do Estado do Pará, 153 pacientes foram randomizados e estudados em três grupos, distribuídos por esquema terapêutico (I recebeu mefloquina lOOOmg; II utilizou artesunato lOOOmg; III usou a combinação de 600mg de artesunato seguida de 500 de mefloquina). A avaliação constou de exame clínico e parasitológico diariamente nos primeiros 7 dias e semanalmente até o 35o dia do acompanhamento e de análise bioquímica e hematológica realizada antes e no 7o dia, visando o controle de ema e a identificação de possíveis efeitos associados á administração das drogas. Os grupos estudados foram homogêneos quanto ao sexo, parasitemia e presença de febre. O tempo para desaparecimento da parasitemia foi mais curto nos grupos II e III, respectivamente, cujos esquemas terapêuticos empregaram artesunato. O desaparecimento da febre foi mais rápido no grupo tratado com a combinação das drogas. Alterações clínicas e bioquímicas associadas a administração das drogas não mostraram diferenças significativas entre os grupos estudados. O desaparecimento precoce da febre e parasitemia, e a ausência de importantes efeitos indesejáveis, sugerem que artesunato administrado isoladamente ou em combinação com mefloquina constituem medidas terapêuticas capazes de contribuir para o controle da doença na região.
Abstract: With the objective to evaluate the efficacy and tolerance of artesunate in the treatment of non-complicatedfalciparum malaria in endemic area of the State of Pará, 153 patients were randomized and studied in three groups, distributed by therapeutical scheme (I received mefloquine lOOOmg, II used artesunate 600mg followed by mefloquine 500mg). Evaluation was made by daily clinical and parasithological examination, in the first 7 days, and weekly until the 35th day of the follow up. Biochemical and hematological analysis previously done and on the 7th day, targetting cure control and identification of possible effects related to drugs administration. As to sex, parasitemy and fever, studied groups were homogeneous. Time for parasitemy disappearence was shorter in the groups II and III respectively, whose therapeutical schemes had artesunate. Fever disappereance was quicker in the group treated with the combination of drugs. Clinical and biochemical alterations associated with drugs administration did not show significant differences among the studied groups. Early disappearence of fever and parasitemy, and absence of important side effects suggest that artesunate, isolated or administrated in combination with mefloquine, constitutes an able therapeutical procedure to contribute for disease control in that region.
Keywords: Doenças transmissíveis
Malária
Plasmodium falciparum
Mefloquina
Antimaláricos
Pará - Estado
Amazônia brasileira
Artesunato
ISSN: 0037-8682
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Artigos Científicos - NMT

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Artigo_EstudoEficaciaTolerancia.pdf460,51 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons