Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/5691
Tipo: masterThesis
Título: Massa de forragem e dieta selecionada por bovinos em pastagens cultivadas e consorciadas com leguminosas, estabelecidas com e sem queima da vegetação secundária
Autor(es): GUIMARÃES, Andréa Krystina Vinente
Resumo: Foi realizado um estudo no município de Igarapé-açú com o objetivo de avaliar a massa de forragem e a composição botânica da dieta de bovinos em pastagens de capim braquiarão e quicuio consorciadas com as leguminosas Arachis pintoi, Cratylia argentea e Leucaena leucocephala, submetidas a dois métodos de preparo de área: com mulch e com queima da vegetação secundária.A área foi dividida em parcelas, com três repetições. Foram realizados dois experimentos um com queima e outro onde a vegetação foi triturada - mulch. Foram testados três pastagens para cada experimento: 1. QB - B. humidicola + B. brizantha cv. Marandu. 2. QBAL - B. humidicola + B. brizantha consorciada com A. pintoi cv. Amarilo + L. leucocephala cv. Cunninghan . 3. QBAC - B. humidicola + B. brizantha consorciada com A. pintoi cv. Amarilo + C. argentea. A composição da dieta consumida pelos animais foi estimada através da análise microhistológica das fezes. As avaliações foram feitas no período experimental de 15/04/02 a 18/03/03. Para a determinação da composição botânica foi utilizada a técnica da análise microhistologica de fezes As coletas de fezes e de forragem foram realizadas a cada dezoito dias. As amostragens de forragem foram feitas ao acaso, nas parcelas somente com gramíneas foram amostrados seis locais, enquanto que nas parcelas consorciadas foram amostrados doze locais.Os dados da massa de forragem e composição botânica da dieta foram analisados estatisticamente pelo software SAS versão 8.2. Apresentaram diferenças entre épocas a massa total, a massa de folha de braquiarão, de araquis, de espécies da capoeira, e de material morto. Quanto ao método de preparo de área todas as variáveis de resposta apresentaram diferenças. As massas total, de folha e de colmo de braquiarão e de material morto foram superiores na pastagem composta por gramíneas (QB). A massa de folha e colmo de quicuio e de araquis foram superiores na pastagem QBAL e a massa de espécies da capoeira foi maior na pastagem QBAC. Todas as variáveis apresentaram diferenças significativas entre ciclo, sendo que, as massas totais mais elevadas foram alcançadas nos ciclos 3 e 4. O consumo de quicuio e de espécies da capoeira foram superiores na época seca, enquanto, a percentagem de braquiarão foi superior na época chuvosa. As percentagens de quicuio foram superiores no método com queima, enquanto as de braquiarão foram superiores no método mulch. Não houve diferenças significativas entre as pastagens para as percentagens de capim quicuio e de espécies da capoeira. As percentagens de braquiarão foram superiores nas pastagens de QB e QBAL e as de leguminosas foram superiores nas pastagens consorciadas com leguminosas QBAC e QBAL.Foram encontradas 14 famílias e 23 espécies. O método de preparo de área influenciou na massa de forragem e na composição botânica da dieta.A composição botânica da dieta foi influenciada pela massa de forragem. As espécies da capoeira tiveram pequena participação na composição botânica da dieta dos animais, devido a suficiente oferta de forragem na maior parte do ano.
Abstract: It was carried out a study in the city of Igarapé-açú, Pará State, Brazil, with the objective to evaluate the mass of forage and botanical composition of bovine diet on pasture of braquiarão grass and quicuio grass, with the association of legums Arachis pintoi, Cratylia argentea and Leucaena leucocephala with and without burning of the secondary vegetation. The area was divided into plots, with three repetitions. Two experiments were realized, one with burning and another with mulching. Three pastures were tested for each experiment: 1. QB - B. humidicola + B. brizantha cv. Marandu. 2. QBAL - B. humidicola + B. brizantha + A. pintoi cv. Amarilo + L. leucocephala cv. Cunninghan . 3. QBAC - B. humidicola + B. brizantha + A. pintoi cv. Amarilo + C. argentea. The diet composition consumed by the animals was estimated through microhistological analysis of feces. The experiments took place from April 15<sup>th</sup> of 2002 to the 18<sup>th</sup> of March of 2003. The feces and mass of forage collects were performed every eighteen days. The samples of forage were taken at random, in the plots of grasses six places were sampled, while in the consorted plots twelve places were sampled. The data of forage mass and botanical composition of the diet were evaluated through software SAS 8.0. There were seasonal differences in the total mass, braquiarão’s leaf mass, araquis’, capoeira’s species and dead material. As to the methodology of area preparation, all the response variables showed differences. The total mass, leaf and stem of braquiarão and dead material were greater in the pasture of grasses (QB). The mass of leaf and stem of quicuio and araquis’ were greater in the pasture of QBAL and the mass of capoeira’s species was greater in the pasture of QBAC. All the variables presented significant differences between cycles, and the greater total masses were obtained in cycles three and four. The consumption of quicuio and capoeira’s species were greater in the dry season, while, the percentage of braquiarão was greater in the rainy season. The percentages of quicuio were greater with the burning method, while the braquiarão’s were greater in the mulch method. There were not significant differences among the pastures as to the quicuio’s percentages and capoeira’s species. The braquiarão’s percentages were greater in the pastures of QB and QBAL and the legums’s were greater in the consorted pastures with legums of QBAC and QBAL. 14 families and 23 species were found. The methodology of area preparation influenced the forage’s mass and botanical composition of the animal’s diet. The botanical composition of the diet was influenced by the forage’s mass. Capoeira’s species had a little participation in the botanical composition of the animal’s diet due to sufficient availability of forage in most parts of the year.
Palavras-chave: Bovino
Dieta
Pastagem
Capim braquiária
Quicuio
Mulch
Queimada
Avaliação nutricional
Igarapé-Açu - PA
Pará - Estado
Amazônia Brasileira
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::ZOOTECNIA::PASTAGEM E FORRAGICULTURA::AVALIACAO, PRODUCAO E CONSERVACAO DE FORRAGENS
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Pará
Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária
Universidade Federal Rural da Amazônia
Sigla da Instituição: UFPA
EMBRAPA
UFRA
metadata.dc.publisher.department: Núcleo de Ciências Agrárias e Desenvolvimento Rural
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Ciência Animal
Citação: GUIMARÃES, Andréa Krystina Vinente. Massa de forragem e dieta selecionada por bovinos em pastagens cultivadas e consorciadas com leguminosas, estabelecidas com e sem queima da vegetação secundária. 2006. 111 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Pará, Núcleo de Ciências Agrárias e Desenvolvimento Rural, Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, Universidade Federal Rural da Amazônia, Belém, 2006. Programa de Pós-Graduação em Ciência Animal.
Tipo de Acesso: Open Access
URI: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/5691
Data do documento: 2006
Aparece nas coleções:Dissertações em Ciência Animal (Mestrado) - PPGCAN/NCADR

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertacao_MassaForragemDieta.pdf817,01 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons

Ferramentas do administrador