Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/5893
metadata.dc.type: Dissertação
Issue Date: 4-Jul-2013
metadata.dc.creator: SOUZA, Camilla da Silva
metadata.dc.contributor.advisor1: SILVEIRA, Flávio Leonel Abreu da
Title: Relações de gênero em Bacuriteua (PA): imaginário do homoerotismo masculino entre coletores de caranguejo
metadata.dc.description.sponsorship: CNPq - Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico
Citation: SOUZA, Camilla da Silva. Relações de gênero em Bacuriteua (PA): imaginário do homoerotismo masculino entre coletores de caranguejo. 2013. 110 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Pará, Campus Universitário de Bragança, Bragança, 2013. Programa de Pós-Graduação em Linguagens e Saberes na Amazônia.
metadata.dc.description.resumo: O presente trabalho evidencia as relações de gênero no que se refere ao homoerotismo masculino na comunidade de Bacuriteua, no interior de Bragança, Amazônia. Neste complexo universo, busca-se compreender as condições de produção do discurso de negação das práticas afetivo-sexuais entre pessoas do mesmo sexo, assim como, as práticas que problematizam esse discurso. A partir da observação participante realizada junto aos moradores, método da pesquisa de natureza etnográfica, foi possível apreender aspectos singulares do grupo que norteiam as interpretações, relativos ao imaginário mítico, ao trabalho na coleta de caranguejo e às formas de sociabilidade. Dessa forma, a abordagem da pesquisa desenvolve as noções de imaginário de Gilbert Durand (2010) e de socialidade de Michel Maffesoli (2001), destacando principalmente as construções das identidades de gênero a partir de Judith Butler (1990) e suas mobilidades. Os dados apontam para a existência de tensões sociais quanto às práticas homoeróticas por parte dos membros da comunidade, assim como, a não fixidez de uma “identidade gay” e a importância das narrativas ligadas ao ser mítico Ataíde, que operam de maneira ambígua, pois ao mesmo tempo em que as mascaram trazem à tona tais relações.
Abstract: This work highlights the gender relations in regard to masculine homoerotism in the community Bacuriteua in the interior of Bragança, Amazonia. In this complex universe, seek to understand the conditions of production of the discourse of negation of emotional-sexual practices between persons of the same sex, as well as practices that problematize this discourse. From the participant observation conducted with residents, method of ethnographic research, it was possible to apprehend the singular aspects of the group that guide interpretations on the mythic imaginary, the work in collecting crabs and forms of sociability. Thus, the research approach develops the notions of imaginary of Gilbert Durand (2010) and sociality of Michel Maffesoli (2001), highlighting especially the constructions of gender identities of Judith Butler (1990) and their mobility. The data indicate the existence of social tensions regarding homoerotic practices on the part of community members, as well as the non-fixity od a “gay identity” and the importance of narratives linked to mythical being Ataíde, wich operate in an ambiguous way, as the same time that masking bring up such relations.
Keywords: Homossexualismo masculino
Identidade de gênero
Bacuriteua (PA)
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::ANTROPOLOGIA
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
metadata.dc.publisher.initials: UFPA
metadata.dc.publisher.department: Campus Universitário de Bragança
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Linguagens e Saberes na Amazônia
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Dissertações em Linguagens e Saberes na Amazônia (Mestrado) - PPLSA/Bragança

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_RelacoesGeneroBacuriteua.pdf3,99 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons