Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufpa.br:8080/jspui/handle/2011/5909
Tipo: Artigo de Periódico
Data do documento: Dez-2001
Autor(es): BARROSO, Eduardo
HIDAKA, Alexandre Shigemi Vicente
SANTOS, Amanda Xavier dos
FRANÇA, Joana D'arc Matos
SOUSA, Adriana Maria Brito de
VALENTE, Jorgianne Rodrigues
MAGALHÃES, Andréa Franco Amoras
PARDAL, Pedro Pereira de Oliveira
Título: Acidentes por centopéia notificados pelo "Centro de Informações Toxicológicas de Belém", num período de dois anos
Título(s) alternativo(s): Centipede accidents notified by "Centro de Informações Toxicológicas de Belém", over a two-year period
Citar como: BARROSO, Eduardo et al. Acidentes por centopéia notificados pelo "Centro de Informações Toxicológicas de Belém", num período de dois anos. Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical, Uberaba, v. 34, n. 6, p. 527-530, nov./dez. 2001. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/rsbmt/v34n6/7439.pdf>. Acesso em: 15 jul. 2014. <http://dx.doi.org/10.1590/S0037-86822001000600005>.
Resumo: Centopéias são animais invertebrados do filo dos artrópodes e da classe Chilopoda . Este trabalho objetiva estudar o perfil dos acidentes por centopéias notificados pelo "Centro de Informações Toxicológicas de Belém" (CIT-Belém). Foram estudados 76 protocolos registrados no período de março de 1998 a março de 2000. Corresponderam a 16,7% dos acidentes por animais peçonhentos, superados apenas pelo ofidismo (44,4%) e escorpionismo (20,5%). O local do acidente foi a residência em 86,8% dos casos. A faixa etária 20 - 49 anos foi a mais acometida (64,4 %) e 61,8 % dos casos registrados pertenciam ao sexo feminino. Membros superiores foram a parte do corpo mais acidentada (47,4%). Dor local ocorreu em 95,8 % dos pacientes e edema local leve em 52,1%. O tratamento foi predominantemente sintomático; 94,7% evoluíram para a cura e ignora-se a evolução nos outros 5,3 %. Sugere-se que o acidente por centopéia é benigno e doméstico e que tratamentos analgésicos são suficientes.
Abstract: Centipedes are arthropods of the class Chilopoda. The objective of this work was to study the incidence of accidents involving centipedes at "Centro de Informações Toxicológicas de Belém" (CIT-Belém) over a two-year period. Seventy-six patients were studied from March 30, 1998 until March 30, 2000. Centipede accidents occurred in 16.8% of all accidents by venomous animals at Centro de Informações Toxicológicas de Belém; compared to snake accidents, 44.4 % and scorpion accidents, 20.5%. The majority of cases occurred in the residence (86.8%). The most important age group was 20-49 years old (64.4%). The part of human body mostly affected was the superior members (47.4 %). Local pain and edema were found in 95.8% and 52.1% of the patients, respectively. Treatment was symptomatic. Healing occurred in 94.7%, although the outcome of 5.3% of cases was unknown. Centipede accidents are a benign accident, occurring within the residence and treatment consists of measures to decrease the pain.
Palavras-chave: Artrópodes
Animais venenosos
Centopéia
Acidentes
Centro de Informações Toxicológicas de Belém
ISSN: 0037-8682
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
Aparece nas coleções:Artigos Científicos - HUJBB

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo_AcidentesCentopeiaNotificados.pdf53,27 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons