Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/6029
metadata.dc.type: masterThesis
Título: Práticas do UNICEF e governamentalidade de crianças de 0 a 6 anos: uma abordagem histórica da educação infantil brasileira de 1996 a 2012
metadata.dc.creator: FONSECA, Joyce Danielle Lima
Resumo: A presente pesquisa teve por objetivo historicizar a infância e políticas para educação infantil a partir de uma análise das práticas do UNICEF, e de outras instâncias da sociedade, que se empenharam em realizar uma objetivação da infância e educação infantil. Esta pesquisa se justifica pela necessidade de se desnaturalizar práticas de objetivação da infância e educação infantil e da livre intervenção de organismos multilaterais no cenário educacional brasileiro, desconfiando do argumento da dita neutralidade que permeia algumas práticas direcionadas a infância. Procurou-se traçar um mapa que demarque a arte de governar crianças, governamentalidade, e seus efeitos nos processos de formulação de políticas para a educação brasileira no período pós LDB. Para tal análise foi utilizado o referencial teórico-metodológico pautado na genealogia histórica de Michel Foucault. Foi feita uma pesquisa da literatura que utilizou autores como Foucault (1970/79), Veyne (1998), Ariès (1981), Kramer (1995/2006), Rosemberg (2002/2003), além de documentos do governo federal brasileiro. Concluiu-se que a educação infantil emergiu como mais um dos elementos que englobam as práticas de governamentalidade do UNICEF.
ABSTRACT: This research aimed to historicize childhood and policies for early childhood education as from an analysis of the practices of UNICEF, and other sectors of society, that made efforts to conduct an objectification of infancy and early childhood education. This research is justified by the need to denaturalize practices objectification of childhood and early childhood education and intervention free of multilateral organizations in Brazilian educational scene, suspecting about argument of neutrality that pervades some practices directed at children. Looking for to draw a map to demarcate the government art of children, governmentality, and its effects in the formulation of policies for the Brazilian education in the period after LDB. For this analysis we used the theoretical and methodological framework grounded in historical genealogy of Michel Foucault. Was made a literature search that used the authors as Foucault (1970/79), Veyne (1998), Aries (1979), Kramer (1995/2006), Rosemberg (2002/2003), as well as the Brazilian federal government documents. It was concluded that early childhood education has emerged as one of the elements that encompass the practices of governmentality UNICEF.
Palavras-chave: Educação e Estado
Educação de crianças
Governamentalidade
UNICEF
Brasil - País
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO::PLANEJAMENTO E AVALIACAO EDUCACIONAL::POLITICA EDUCACIONAL
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Editor: Universidade Federal do Pará
metadata.dc.publisher.initials: UFPA
metadata.dc.publisher.department: Instituto de Ciências da Educação
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Educação
Citação: FONSECA, Joyce Danielle Lima. Práticas do UNICEF e governamentalidade de crianças de 0 a 6 anos: uma abordagem histórica da educação infantil brasileira de 1996 a 2012. 2014. 117 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Pará, Instituto de Ciências da Educação, Belém, 2014. Programa de Pós-Graduação em Educação.
metadata.dc.rights: Open Access
URI: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/6029
Data do documento: 2014
Aparece nas coleções:Dissertações em Educação (Mestrado) - PPGED/ICED

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertacao_PraticasUnicefGovernamentalidade.pdf1,34 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons