Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/6088
metadata.dc.type: Artigo de Periódico
Issue Date: Dec-2011
metadata.dc.creator: PAZ, Simone Patrícia Aranha da
NEVES, Roberto de Freitas
NEUMANN, Reiner
COSTA, Geraldo Magela da
Title: Ocorrência de uma nova bentonita brasileira nos basaltos intemperizados da formação Mosquito, bacia do Parnaíba, sul do Maranhão
Other Titles: Occurrence of a new brazilian bentonite in the weathered basalts of the Mosquito formation, Parnaíba basin, southern Maranhão, Brazil
Citation: PAZ, S. P. A. et al. Ocorrência de uma nova bentonita brasileira nos basaltos intemperizados da formação Mosquito, bacia do Parnaíba, sul do Maranhão. Cerâmica, São Paulo, v. 57, n. 344, p. 444-452, out./dez. 2011. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/ce/v57n344/12.pdf>. Acesso em: 31 jul. 2014. <http://dx.doi.org/10.1590/S0366-69132011000400012>.
metadata.dc.description.resumo: No município de Formosa da Serra Negra, sul do Maranhão, às margens da rodovia MA006, encontram-se afloramentos de basaltos intemperizados da Formação Mosquito, apresentando textura bastante argilosa e potencial de ser um material bentonítico. Neste trabalho, esse material que vem sendo considerado uma nova ocorrência de bentonita no Brasil e, batizado de Formosa, foi caracterizado por difração de raios X, fluorescência de raios X, microscopia eletrônica de varredura, espectroscopia Mössbauer e capacidade de troca catiônica, em amostra total e após separação granulométrica, e ainda, comparada com duas das principais bentonitas brasileiras, Chocolate e Bofe. Apesar das variações químicas e mineralógicas encontradas, muito comuns nesse tipo de argila, as semelhanças observadas convencem o promissor uso da argila Formosa como bentonita, uma vez que o ponto principal da caracterização está na presença dominante de montmorillonita e baixa concentração de outras fases minerais, mostrando que esse material apresenta mineralogia importante do ponto de vista tecnológico.
Abstract: Extensive weathered basalt outcrops can be found in the vicinities of the Formosa da Serra Negra town, southern of Maranhão state, northern Brazil. They exhibit typical clay texture and an enormous potential to be used and explored as bentonite. This work deals with the chemical and mineralogical characterization of this material that has been named as Formosa Bentonite. The main following methods and analytical techniques were used: XRD, XRF, SEM, Mössbauer spectroscopy and CEC in total sample and after grain size separation. Two samples from the main Brazilian "Paraíba bentonites" (Chocolate and Bofe types) were used for comparison purposes. The results show that the Formosa bentonite exhibit some chemical and mineralogical differences in comparison with the two reference samples, although the main and most important feature is the presence of montmorillonite as the major mineral phase.
Keywords: Bentonita
Intemperismo
Argila
Montmorillonita
Esmectita
Beneficiamento de minério
Formosa da Serra Negra - MA
Maranhão - Estado
ISSN: 0366-6913
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Artigos Científicos - IG

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Artigo_OcorrenciaNovaBentonita.pdf2,21 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons