Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufpa.br:8080/jspui/handle/2011/6222
Tipo: Dissertação
Data do documento: 14-Jun-2014
Autor(es): FONSECA, Susanne Suely Santos da
Primeiro(a) Orientador(a): PEREIRA JÚNIOR, Antônio
Primeiro(a) coorientador(a): BAHIA, Carlomagno Pacheco
Título: Efeito protetor da flavana extraída da espécie Brosimum acutifolium contra danos causados por hipóxia em células retinianas: um estudo in vitro
Agência de fomento: CAPES - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
Citar como: FONSECA, Susanne Suely Santos da. Efeito protetor da flavana extraída da espécie Brosimum acutifolium contra danos causados por hipóxia em células retinianas: um estudo in vitro. 2014. 66 f. Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal do Pará, Instituto de Ciências Biológicas, Belém, 2014. Programa de Pós-Graduação em Neurociências e Biologia Celular.
Resumo: O acidente vascular cerebral isquêmico (AVCi) causa danos celulares por provocar intensa excitotoxicidade e estresse oxidativo após privação de oxigênio e glicose para uma região do encéfalo. Neste trabalho, investigamos o potencial neuroprotetor da planta amazônica Brosimum acutifolium que é rica em flavanas como a 4',7-diidroxi-8-(3,3-dimetilalil)flavana (brosimina b, aqui abreviada como Bb) que apresenta elevado potencial antioxidante. Utilizamos cultura de células retinianas de embrião de galinha submetidas a hipóxia experimental, por privação de oxigênio e glicose, para avaliarmos o potencial antioxidante da Bb através da análise do sequestro do radical 2,2-difenil-1-picril-hidrazil (DPPH). Além disso, avaliamos a viabilidade celular (VC) e o perfil oxidativo e antioxidativo após 3, 6 e 24 horas de hipóxia, pela produção de oxigênio reativo (O2-) e atividade antioxidante endógena pela enzima catalase, respectivamente. Nossos resultados demonstram que nosso modelo experimental de hipóxia in vitro provoca redução tempo-dependente da VC, acompanhada por intenso estrese oxidativo, devido à excessiva produção de oxigênio reativo (O2-). O tratamento com Bb (10μM) protegeu significativamente a viabilidade celular durante 3 e 6 h de hipóxia experimental em células retiniana cultivadas in vitro, além de favorecer o aumento da atividade da enzima catalase em todos os tempos testados. Desta forma, concluímos que a Bb possui ação antioxidante e neuroprotetor por contribuir na defesa contra o estresse oxidativo induzido em condições de hipóxia, tornando-se como uma droga com potencial uso em tratamentos em casos de AVCi in vivo.
Abstract: Ischemic stroke causes neuronal death due to excitotocity and oxidative stress. In this work, we investigate the neuroprotective effect of an amazon plant Brosimum acutifolium which is rich in flavanas with antioxidant potential, such as 4',7-dihydroxy-8-(3,3-dimethylallyl) flavana (brosimin b) (Bb), in a experimental model hypoxia in vitro. Neuroprotective effect of Bb was evaluated using cell cultures obtained from chick embryo retinas submitted to hypoxy by deprivation of oxygen and glucose. The antioxidant power of Bb was evaluated by kidnapping of 2,2-diphenyl-1-picryl-hydrazyl (DPPH) molecules. The neuroprotective activity was evaluated through the effects under cell viability, oxidative and antioxidative profile after 3, 6 and 24 hours after hypoxia trough oxygen reactive elements (O2-) analysis and endogenous antioxidant activity power of the catalase enzyme, respectively. We demonstrate that in vitro hypoxia causes time-dependent decreasing of cell viability due to the excessive production of O2-. On the other hands, the Bb treatment (10 μM) significantly preserved the cellular viability after 3 and 6 hours of in vitro hypoxia. This effect contributed to decrease the oxidative stress generated by productions of O2- during the 3 initial hours of hypoxia and also induced the increasing in the power activity of catalase enzyme in all the tested times. Thus, we show that Bb treatment has an antioxidant and neuroprotector effects due to contribute with antioxidant response during the neural hypoxia-induced oxidative stresse in vitro. These results suggest the use of Bb as a potential drug for Ischemic stroke treatment in vivo.
Palavras-chave: Estresse oxidativo
Isquemia
Hipóxia
Brosimum acutifolium
Brosimina b
CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::FISIOLOGIA
CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::BIOQUIMICA
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Pará
Sigla da Instituição: UFPA
Instituto: Instituto de Ciências Biológicas
Programa: Programa de Pós-Graduação em Neurociências e Biologia Celular
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
Aparece nas coleções:Dissertações em Neurociências e Biologia Celular (Mestrado) - PPGNBC/ICB

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertacao_EfeitoProtetorFlavana.pdf882,99 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons