Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/6379
Compartilhar:
Type: Dissertação
Issue Date: 28-Aug-2014
Authors: MACHADO, Sauri Moreira
First Advisor: COSTA, Marcondes Lima da
First Co-Advisor: SILVA, José Francisco Berrêdo Reis da
Title: Contribuição dos sedimentos e ictiólitos para a identificação do ambiente de formação do Sambaqui do Moa (Saquarema-RJ)
Sponsor: CAPES - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
Citation: MACHADO, Sauri Moreira. Contribuição dos sedimentos e ictiólitos para a identificação do ambiente de formação do Sambaqui do Moa (Saquarema-RJ). 2014. 42 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Pará, Instituto de Geociências, Belém, 2014. Programa de Pós-Graduação em Geologia e Geoquímica.
Resumo: O Sambaqui do Moa é um sítio arqueológico localizado em Itaúna, Saquarema, litoral do Estado do Rio de Janeiro. Três momentos de ocupação foram reconhecidos neste sítio: o estrato 3 na base correspondente ao início da ocupação deste sítio; o 2, intermediário, aponta para uma ocupação mais intensa, com grande concentração de carapaças de moluscos, ossos de peixes e sepultamentos humanos; e o 1, o mais superficial, relacionado à última ocupação. Para identificar as condições ambientais de desenvolvimento do Sambaqui do Moa foram coletadas amostras de sedimentos e material zooarqueológico nestes três estratos. O material zooarqueológico está representado por restos microscópicos de peixes (ictiólitos), compostos por microdentes com diferentes morfologias: caninos, incisivos e molares. Os sedimentos segundo análises por DRX são constituídos além de quartzo e caulinita, calcita, aragonita e por fluorapatita. Este último é o principal mineral do material zooarqueológico, enquanto calcita e aragonita refletem os restos de conchas contidos neles, abundantes no sítio. As análises mineralógicas foram confirmadas pelas análises químicas, em que os teores elevados de P2O5, CaO e PF (H2O, CO2), respondem pela fluorapatita, calcita e aragonita. Modificações químicas representadas pelas variações nos conteúdos de C e P nos microdentes sugerem que estes experimentaram mineralização, num processo inicial de fossilização, pósdeposição. Os dados de isótopos estáveis 13C e 15N permitiram definir a fonte de matéria orgânica do sambaqui do Moa como marinha/salobra, em que a vegetação representava-se, predominantemente, por plantas do tipo C3 de floresta tropical. As razões 87Sr/86Sr nos ictiólitos confirmam que o ambiente no entorno do sambaqui tenha sido estuarino. A morfologia dentária permitiu reconhecer cinco famílias até então não registradas para o sítio, como Labridae, Serranidae, Ariidae, Erythrinidae e Characidae, que confirmam o ambiente estuarino. A idade do sambaqui do Moa por datação radiocarbono a partir dos sedimentos mostrou perturbação no estrato 2, ocasionando a inversão das idades entre os estratos o que pode ser justificado por processos de formação e/ou mudanças dos rios que modificaram as configurações geológico-geomorfológicas da área. Outra explicação poderia ser a interferência humana, devido ao grande número de enterramentos (mais de 30), tenha perturbado a ordem dos momentos de ocupação do sambaqui do Moa, além de possíveis processos erosivos. O sambaqui do Moa se instalou, portanto, em uma área de transição marinho-estuarina.
Abstract: The Moa’s shellmound is an archaeological site located in Itaúna, Saquarema coastline from the State of Rio de Janeiro. Three moments of occupation were recognized this site: stratum 3 corresponding to the beginning of the occupation of this site basis; 2, intermediate, points to a more intense occupation with great concentration of mollusks, fish bones and human burials; and 1, the most superficial, related to the last occupation. To identify the environmental conditions of development from Moa’s shellmound, sediment samples and zooarchaeological material were collected in these three strata. The zooarchaeological material is represented by microscopic fish remains (ichthyoliths), composed by microteeth with different morphologies: canines, incisors and molars. The sediments according to XRD analyzes are composed by quartz and kaolinite, calcite, aragonite and fluorapatite. The latter is the main mineral of zooarchaeological material, while calcite and aragonite reflect the remains of shells contained there, abundant in this site. The mineralogical analyses were confirmed by chemical analysis, in which high levels of P2O5, CaO and FB (H2O, CO2), account for the fluorapatite, calcite and aragonite. Chemical modifications variations of the C and P in microteeth suggest that these experienced mineralization, an initial fossilization process, post-deposition. The data of stable isotopes 13C and 15N allowed defining the source of organic matter from Moa’s shellmound as marine/brackish, where the vegetation is represented, predominantly, for C3 plants by type of rainforest. The 87Sr/86Sr ratios in ichthyoliths confirm that the environment surrounding the shellmound as estuary. The tooth morphology allowed us to recognize five families previously not recorded for the site, as Labridae, Serranidae, Ariidae, Erythrinidae and Characidae, which confirm the estuarine environment. The age of the Moa’s shellmound by radiocarbon from the sediments showed disruption of stratum 2, causing a reversal of aged strata which can be explained by processes of formation and/or changes in the rivers changed the geological and geomorphological settings area. Another explanation could be human interference, due to the large number of burials (over 30), has upset the order of the moments of occupation from Moa’s shellmound, and possible erosion. The Moa’s shellmound is therefore installed in an area of marine-estuarine transition.
Keywords: Ictiólitos
Sítio arqueológico
Sambaqui do Moa
Arqueologia
Saquarema - RJ
Rio de Janeiro - Estado
CNPq: CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::GEOCIENCIAS::GEOLOGIA::PALEONTOLOGIA ESTRATIGRAFICA
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
Institution Acronym: UFPA
Department: Instituto de Geociências
Program: Programa de Pós-Graduação em Geologia e Geoquímica
Appears in Collections:Dissertações em Geologia e Geoquímica (Mestrado) - PPGG/IG

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_ContribuicaoSedimentosIctiolitos.pdf1,91 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons