Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/6499
metadata.dc.type: Artigo de Periódico
Issue Date: Dec-2013
metadata.dc.creator: SOUZA JÚNIOR, José Alves de
Title: Negros da terra e/ou negros da Guiné: Trabalho, resistência e repressão no Grão-Pará no período do Diretório
Citation: SOUZA JÚNIOR, José Alves de. Negros da terra e/ou negros da Guiné: Trabalho, resistência e repressão no Grão-Pará no período do Diretório. Afro-Ásia, Salvador, n. 48, p. 173-211, jul./dez. 2013. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/afro/n48/a05n48.pdf>. Acesso em: 27 mar. 2015. <http://dx.doi.org/10.1590/S0002-05912013000200005>.
metadata.dc.description.resumo: O presente artigo pretende analisar o mundo do trabalho no Grão-Pará colonial durante o período pombalino, onde a tenaz resistência dos índios à disciplina de tempo e de trabalho imposta pela colonização, associada às altas taxas de mortalidade entre eles causadas pelas epidemias, intensificaram o tráfico negreiro para a capitania no século XVIII, durante a vigência da Companhia Geral de Comércio do Grão-Pará e Maranhão. A experiência colonial vivenciada por índios e negros, marcada pela excessiva exploração e opressão, levou-os a construir uma identidade de interesses e a desenvolver formas de resistência coletivas, o que justificou a radicalização das medidas repressivas por parte das autoridades coloniais.
Abstract: This paper aims to analyze the labor world in the Colonial Grão Pará during the Pombaline period, when Indians showed tenacious resistance to time and work discipline. Such discipline was imposed in the colonization process, associated with high rates of mortality, due to epidemics, resulting in the enhancement of the African slave trade to the captaincy in the 18th century, during the control of the Grão Pará and Maranhão General Trading Company. The Indians' and slaves' colonial experience, which encompassed excessive exploitation and oppression, led these populations to form an identity of interests, and to develop forms of collective resistance, which, thus, justified for a more severe repression by colonial authorities.
Keywords: Amazônia brasileira
Trabalho
Trabalho escravo
Índio
Negro (Raça)
Companhia Geral de Comércio do Grão-Pará e Maranhão
Província do Grão-Pará e Maranhão
História, 1750-1777
ISSN: 0002-0591
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Artigos Científicos - FAHIS/IFCH

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Artigo_NegrosTerraNegros.pdf150,51 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons