Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufpa.br:8080/jspui/handle/2011/6900
Tipo: Artigo de Periódico
Data do documento: Dez-2009
Autor(es): HENRIQUE, Márcio Couto
Título: Folclore e medicina popular na Amazônia
Título(s) alternativo(s): Folklore and popular medicine in the Amazon
Citar como: HENRIQUE, Márcio Couto. Folclore e medicina popular na Amazônia. História, Ciências, Saúde-Manguinhos, Rio de Janeiro, v. 16, n. 4, p. 981-998, dez. 2009. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-59702009000400008&lng=pt&nrm=iso>. Acesso em: 22 set. 2015. <http://dx.doi.org/10.1590/S0104-59702009000400008>.
Resumo: Discute as relações entre folclore e medicina popular na Amazônia, tendo como referencial de análise o conto "Filhos do boto", de Canuto Azevedo. Aponta que os contos folclóricos estão saturados de elementos da realidade cultural e podem ser utilizados como testemunhos históricos que expressam embates entre diferentes tradições. Os registros folclóricos são fruto do diálogo muitas vezes conflituoso entre folcloristas, cientistas sociais, médicos, pajés e seus seguidores, e sua análise deve ser acompanhada de reflexão sobre as condições de sua produção. Neste caso específico, trata-se de refletir, com base no imaginário de sedução e cura em torno do boto, sobre a possibilidade de ampliar o conhecimento sobre a medicina popular praticada na Amazônia, região de forte presença da pajelança cabocla.
Abstract: This discussion of the relations between folklore and popular medicine in the Amazon takes Canuto Azevedo's story "Filhos do boto" (Children of the porpoise) as an analytical reference point. Replete with elements of cultural reality, folk tales can serve as historical testimonies expressing clashes between different traditions. Folk records are fruit of what is often a quarrelsome dialogue between folklorists, social scientists, physicians, and pajés and their followers, and their analysis should take into account the conditions under which they were produced. Based on the imaginary attached to the figure of the porpoise - a seductive creature with healing powers - the article explores how we might expand knowledge of popular medicine as practiced in the Amazon, where the shamanistic rite known as pajelança cabocla has a strong presence.
Palavras-chave: Folclore
Medicina popular
Azevedo, Canuto da Costa, 1889-1979 . Filhos do boto
Boto
Amazônia brasileira
ISSN: 0104-5970
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
Aparece nas coleções:Artigos Científicos - FAHIS/IFCH

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo_FolcloreMedicinaPopular.pdf115,98 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons