Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/6911
Compartilhar:
Type: Dissertação
Issue Date: 2013
Authors: ALVES, Sandro Leonardo
First Advisor: LOPES, Maria Aparecida
Title: Efeitos do tipo de floresta e da estrutura de habitat em assembléias de primatas no sudoeste da Amazônia
Citation: ALVES, Sandro Leonardo. Efeitos do tipo de floresta e da estrutura de habitat em assembléias de primatas no sudoeste da Amazônia. 2013. 56 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Pará, Museu Paraense Emílio Goeldi, Belém, 2013. Programa de Pós-Graduação em Zoologia.
Resumo: A heterogeneidade ambiental expressa diferenças naturais entre áreas e é um fator determinante para a riqueza e abundância local de primatas. Neste estudo nós investigamos a composição e estrutura de assembléias de primatas em quatro tipos de floresta: floresta de terra firme, florestas de igapó sazonalmente inundáveis por rios de águas claras (aberta e densa) e cerradão na Reserva Biológica do Guaporé, sudoeste da Amazônia Brasileira. Além disso, avaliamos a associação entre a ocorrência e abundância dos primatas com diferenças estruturais das florestas. Realizamos 617,8 km de censos pelo método de transecção linear (~154 km por tipo de floresta) e avaliamos a estrutura da vegetação em 108 parcelas de 200 m2 (0,54 ha por tipo de floresta). Dez espécies de primatas foram registradas durante os 11 meses deste estudo. A floresta de terra firme apresentou o maior número de espécies e a maior densidade de primatas, principalmente devido à presença exclusiva de Callicebus moloch e a maior abundância de Sapajus apella. A elevada densidade de Ateles chamek na floresta aberta inundável foi preponderante para a maior biomassa de primatas neste tipo de floresta. Nas florestas inundáveis e na terra firme, Ateles chamek e Sapajus apella responderam juntas por mais de 70% da biomassa de primatas, e no cerradão apenas Sapajus apella foi responsável por 68% da biomassa. Diferenças entre tipos de floresta na composição específica e abundância relativa de primatas foram associadas com o regime de inundação e com algumas variáveis de estrutura de habitat (densidade de árvores no sub-bosque e no dossel, abertura do dossel, altura total do dossel e densidade de palmeiras e lianas). Nossos resultados reforçam a importância de paisagens heterogêneas na Amazônia, pois estas áreas tendem a contribuir para uma maior diversidade de espécies em uma escala de paisagem.
Abstract: Environmental heterogeneity of natural vegetation types is a key determinant of local primate species richness and abundance. In this study we investigate primate assemblages composition and structure in four types of forest: unflooded (terra firme) forest, open and dense igapó forests (those seasonally inundated by clear water rivers) and cerradão (dense savanna woodland) in the Guaporé Biological Reserve in southwestern Brazilian Amazonia. In addition, we evaluate associations between primate occurrence and abundance with structural differences between forests types. We carried out 617.8 km of line-transect census (~154 km per forest type) and evaluated vegetation structure in 108 200 m2 plots (0.54 ha per forest type). Ten primate species were recorded during the 11-month study. Terra firme forest presented the highest primate species richness and density, predominantly as it is the only habitat playing host to Callicebus moloch and has the highest abundance of Sapajus apella. The high density of Ateles chamek in open igapó forest led to this habitat recording the highest primate biomass of any forest type. In the open and dense igapós and terra firme forests, Ateles chamek and Sapajus apella together made up over 70% of primate biomass, whilst in cerradão Sapajus apella accounted for 68% of primate biomass. Differences across forest types in primate species composition and relative abundances were associated with flood regimes and with several habitat structure variables (such as understory and canopy tree densities, canopy openness, total canopy height, and palm and liana densities). Our results reinforce the importance of heterogeneous landscapes in Amazonia, since these areas tend to contribute to elevating species diversity on this spatial scale.
Keywords: Primata
Terra firme
Igapó
Cerrados
Riqueza de espécies
Reserva Biológica do Guaporé - RO
Rondônia - Estado
Amazônia brasileira
CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::ECOLOGIA::ECOLOGIA DE ECOSSISTEMAS
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
Museu Paraense Emílio Goeldi
Institution Acronym: UFPA
MPEG
Department: Instituto de Ciências Biológicas
Program: Programa de Pós-Graduação em Zoologia
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Dissertações em Zoologia (Mestrado) - PPGZOOL/ICB

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_EfeitosTipoFloresta.pdf3,43 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons