Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/6945
metadata.dc.type: Artigo de Periódico
Issue Date: Sep-2011
metadata.dc.creator: NOGUEIRA, Denis Silva
CABETTE, Helena Soares Ramos
JUEN, Leandro
Title: Estrutura e composição da comunidade de Trichoptera (Insecta) de rios e áreas alagadas da bacia do rio Suiá-Miçú, Mato Grosso, Brasil
Other Titles: Structure and composition of Trichoptera (Insecta) community in streams and wetlands of Suiá-Miçú river Basin, Mato Grosso, Brazil
Citation: NOGUEIRA, Denis Silva; CABETTE, Helena Soares Ramos; JUEN, Leandro. Estrutura e composição da comunidade de Trichoptera (Insecta) de rios e áreas alagadas da bacia do rio Suiá-Miçú, Mato Grosso, Brasil. Iheringia, Série Zoologia, Porto Alegre, v. 101, n. 3, p. 173-180, set. 2011. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0073-47212011000200004&lng=pt&nrm=iso>. Acesso em: 5 out. 2015. <http://dx.doi.org/10.1590/S0073-47212011000200004>.
metadata.dc.description.resumo: A composição, abundância e riqueza de Trichoptera imaturos foram estudadas em 12 tributários da bacia do rio Suiá-Miçú, afluente do rio Xingu, um mosaico de áreas alagadas, córregos e rios na área de transição Cerrado - Floresta Amazônica na região leste de Mato Grosso, Brasil. Larvas de insetos aquáticos foram amostradas em transectos nas margens de tributários lênticos e lóticos com tamanho e níveis de conservação variáveis, em três períodos entre 2007 e 2008. Foram coligidas 867 larvas (sete famílias, 17 gêneros, 45 morfoespécies), sendo Hydropsychidae e Leptoceridae as famílias mais abundantes e ricas, e Leptonema sparsum a espécie mais abundante (n=370). Houve perda de riqueza de espécies em ambientes impactados e naqueles de maior porte ou de fluxo lêntico. Foi possível detectar variações na composição relacionadas ao fluxo, tipo de vegetação e na interação entre o nível de conservação e fluxo. O nível de conservação, a largura e o índice quantitativo de integridade de hábitat (IIH) não influenciaram a composição de Trichoptera isoladamente. Estes resultados podem fomentar novas investigações dos efeitos dos impactos sobre a composição da entomofauna aquática na transição entre o Cerrado e a Floresta Amazônica.
Abstract: The composition, abundance and species diversity of Trichoptera immatures was studied in 12 tributaries of Suiá-Miçú River Basin, a mosaic of wetlands, streams and rivers tributary of the Xingu River in the Cerrado-Amazonian Forest transition zone in Mato Grosso, Brazil. The varying sizes, flow types and conservation levels of the tributaries were sampled through three periods between 2007 and 2008 by the use of fixed transects along the environments margins. A total of 867 larvae was collected (divided in seven families, 17 genera, 49 species/morphospecies) with the most abundant and rich families being Hydropsychidae and Leptoceridae and the most abundant species Leptonema sparsum (n = 370). There has been loss of species richness in impacted, large and lentic environments. Composition variations related to the flow, the vegetation type and the interaction between conservation levels and flow was detected. Conservation levels, width and the quantitative habitat integrity index (HII) did not influence the Trichoptera composition. These results may encourage further investigation of impact effects on aquatic insect compositions and pattern of distribution in the transition area between the Cerrado and the Amazonian Forest.
Keywords: Insetos
Insetos aquáticos
Trichoptera imaturos
Diversidade
Biomonitoramento
Larvas
Ecologia de riachos
Rio Suiá-Miçú
Transição Cerrado/Floresta Amazônica
Mato Grosso - Estado
Amazônia brasileira
ISSN: 0073-4721
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Artigos Científicos - ICB

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Artigo_EstruturaComposicaoComunidade.pdf1,12 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons