Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/7071
Compartilhar:
Type: Artigo de Periódico
Issue Date: Apr-2009
Authors: CARVALHO, Poliana Silva Beserra
SALES, Gustavo Aguiar
SANTANA, Expedito Junior de Matos
MIRANDA, Stefânia Araújo
BRITO, Adriel Behn de
NIKOLAK, Elizabete
DOMINGUES, Sheyla Farhayldes Souza
Title: Relação entre a biometria ultra-sonográfica em modo B do bulbo ocular e os diâmetros fronto occiptal e bizigomático em Canis familiaris
Other Titles: B-Mode Ultrasound biometry of the ocular globe related with fronto-occiptal and bizigomatic diameters in Canis familiaris
Citation: BESERRA, Poliana S. et al. Relação entre a biometria ultra-sonográfica em modo B do bulbo ocular e os diâmetros fronto occiptal e bizigomático em Canis familiaris. Pesquisa Veterinária Brasileira, Rio de Janeiro, v. 29, n. 4, p. 286-290, abr. 2009. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/pvb/v29n4/a02v29n4.pdf>. Acesso em: 26 jan. 2016. <http://dx.doi.org/10.1590/S0100-736X2009000400002>.
Resumo: Avaliou-se 31 cães saudáveis, sem raça definida, sendo 10 machos e 21 fêmeas, com 8 meses a 7 anos de idade e peso de1,5-28 kg. Inicialmente foram mensurados os diâmetros fronto-occiptal (DFO) e bizigomático (DBZ) do crânio com o auxílio de um paquímetro. A ultra-sonografia transpalpebral em modo-B foi realizada para mensurar as estruturas do bulbo ocular, conforme se segue: D1- espessura da córnea; D2- distância entre o ponto central da imagem da córnea e a da cápsula anterior do cristalino (câmara anterior); D3- distância entre o ponto central da imagem da córnea e a da cápsula posterior do cristalino; D4- espessura do cristalino, que corresponde a distância entre a imagem da cápsula anterior e a cápsula posterior do cristalino; D5- diâmetro do cristalino, distância entre as imagens dos pólos do cristalino; D6– área do cristalino; D7- câmara vítrea, distância entre a imagem da cápsula posterior do cristalino e a retina; D8- distância entre a cápsula anterior do cristalino e a retina; D9- distância entre a imagem da córnea e a retina. Com exceção da D4, houve efeito dos DFO e DBZ sobre as medidas das estruturas internas do BO. A análise de regressão linear entre as medidas das estruturas do bulbo ocular e os DFO e DBZ foram significativas para D1, D2, D3, D4, D5, D6, D7, D8 e D9.
Abstract: In the experiment 31 healthy mongrel dogs, 8 months to 7 years of age, were used, 10 males and 21 females, weighing 1.5-28 kg. Initially, fronto-occipetal (FOD) and bizigomatic (BZD) diameters were measured using a caliper. The ophthalmologic transpalpebral B-mode ultrasonography (US) was performed to measure the ocular bulbi structures, as follows: The cornea thickness (D1), distance between cornea and anterior lens capsule (D2), distance between cornea and posterior lens capsule (D3), lens thickness (D4), lens diameter (D5), lens area (D6), distance between posterior lens capsule and retina (D7), distance between anterior lens capsule and retina (D8), and the distance between cornea and retina (D9). Except for D4, there were effect of FOD and BZD on the measures of the internal structures of BO. The Lineal Regression Analysis between the measures of the internal oculars structures and DFO and DBZ were significant for D1, D2, D3, D4, D5, D6, D7, D8 and D9.
Keywords: Ultrassonografia
Diagnóstico por imagem
Oftalmologia
Biometria ocular
Cão
Canis familiaris
Castanhal - PA
Pará - Estado
ISSN: 1678-5150
Appears in Collections:Artigos Científicos - FAMEVE/CCAST

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Artigo_RelacaoBiometriaUltrasonografica.pdf488,8 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons