Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/7143
metadata.dc.type: Artigo de Periódico
Issue Date: Jul-2001
metadata.dc.creator: SOUZA, Valmir da Silva
KOTSCHOUBEY, Basile
Title: Oscilações climáticas Plio-Pleistocênicas e sua influência na prospecção de ouro na área do garimpo do Manelão (PA)
Citation: SOUZA, Valmir da Silva; KOTSCHOUBEY, Basile. Oscilações climáticas Plio-Pleistocênicas e sua influência na prospecção de ouro na área do garimpo do Manelão (PA). Rem: Revista Escola de Minas, Ouro Preto, v. 54, n. 3, p. 185-190, jul. 2001. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0370-44672001000300004&lng=pt&nrm=iso>. Acesso em: 11 mar. 2016. <http://dx.doi.org/10.1590/S0370-44672001000300004>.
metadata.dc.description.resumo: No garimpo do Manelão, o ouro está associado a veios de quartzo encaixados na seqüência metavulcano-sedimentar São Manoel. No período Plio-Pleistoceno, sob um clima úmido, desenvolveu-se sobre a seqüência São Manoel uma cobertura laterítica autóctone e imatura. Essa cobertura residual contém partículas de ouro com elevada pureza, sugerindo processos de lixiviação da liga Au-Ag ou de remobilização e redeposição do Au em ambiente laterítico. Durante o Pleistoceno, o clima tornou-se árido a semi-árido, favorecendo a erosão parcial da cobertura laterítica, através dos processos coluviais associados a enxurradas periódicas. Esse depósito coluvial recobre o perfíl laterítico, destruindo um possível padrão de dispersão geoquímica do ouro supergênico e prejudicando a prospecção geoquímica de superfície. No final do Pleistoceno e início do Holoceno, o clima úmido retorna, juntamente com os processos de intemperismo, formando stone line e latossolos. As coberturas laterítica e coluvial serviram de área-fonte para os aluviões atuais a subatuais do igarapé São Manoel, onde o ouro ocorre livre nos estratos sedimentares mais basais, formando concentrações da ordem de 10 g/ton.
Abstract: In the Manelão deposit the gold is associated with quartz veins hosted in the São Manoel metavolcano-sedimentary sequence. At period Plio- Pleistocene, under a humid climate, an autochthonous and immature lateritic cover was developed on the São Manoel sequence. This lateritic cover contains gold particules of high purity suggesting lixiviation or remobilization and redeposition processes of Au-Ag in a lateritic enviroment. During Pleistocene the climate changed to arid or semi-arid favouring the erosion of the lateritic profile through colluvial processes associated with periodical floods. This colluvial deposit cover lateritic profile destroying a possible geochemical disperson of pattern of the supergenic gold and harming the geochemical exploration surface. At the end of Pleistocene and beginning of Holocene the humid climate condition returned and associated with the intemperic processes form stone line and latosols. The lateritic and colluvial cover were the source area for the current alluvial material of the São Manoel river, in which the gold occurs free in the lower sedimentary strata and forms concentrations around 10 g/ton.
Keywords: Prospecção
Ouro
Garimpo do Manelão - PA
Senador José Porfírio - PA
Pará - Estado
ISSN: 1807-0353
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Artigos Científicos - IG

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Artigo_OscilacoesClimaticasPlio.pdf370,59 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons